A maior rede de estudos do Brasil

A competição interespecífica pode ser resultado da exploração de recursos ou da interferência direta. Dê um exemplo de cada e compare suas conseqüênci

EcologiaUFMS

5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Competição interespecífica é a que ocorre entre espécies distintas, e pode ser ocasionada por diversos fatores.


Situações de competição interespecífica acontecem quando indivíduos de uma espécie sofrem reduções na reprodução e sobrevivência, como resultado da exploração de recursos ou da interferência dos indivíduos da outra espécie. Competição por recursos é um conceito mais abrangente, que envolve muitos fatores, enquanto que a competição por interferência ocorre quando espécies estão em contato diretamente umas com as outras, muitas vezes pelo simples fato de haver sobreposição de nichos. Já na competição por recursos há a limitação significativa de algum parâmetro, sejam eles crescimento, sobrevivência ou reprodução de ambas as espécies.

A competição interespecífica por interferência direta pode ser exemplificada no caso de duas espécies de peixes bem semelhantes abrigando um riacho. Embora elas ocupem o mesmo nicho, elas se alimentam de recursos diferentes, como por exemplo, uma se alimenta de larvas e pequenos invertebrados, enquanto a outra espécie se alimenta de invertebrados adultos. Neste caso, podemos aplicar o princípio da exclusão competitiva, sendo que as espécies coexistem no mesmo local, competindo pelo mesmo habitat, porém não se utilizam dos mesmos recursos. Neste caso, não há alterações na dinâmica e número de indivíduos das populações. Já uma reprodução por recursos pode ser exemplificada no caso de duas espécies diferentes de plantas de uma região árida, onde os volumes de chuva e os nutrientes do solo são escassos. Neste caso, a competição pelos poucos recursos disponíveis faz com que o número de indivíduos de cada espécie seja limitado, e a distribuição entre as espécies é espaçada. Assim, se houver extinção local de uma das espécies por algum motivo, a outra dominará o nicho e usufruirá de todo o recurso disponível.


Portanto, espécies competem em um determinado ambiente de maneiras distintas. Algumas competições ocorrem apenas pela sobreposição de nichos, porém os recursos utilizados pelas espécies não se sobrepõem, como no caso da competição por interferência. A competição interespecífica por recursos já é algo mais complexo, envolvendo não apenas sobreposição de nicho, mas provocando alterações significativas no número de indivíduos de cada espécie, na reprodução, crescimento e até sobrevivência.

Competição interespecífica é a que ocorre entre espécies distintas, e pode ser ocasionada por diversos fatores.


Situações de competição interespecífica acontecem quando indivíduos de uma espécie sofrem reduções na reprodução e sobrevivência, como resultado da exploração de recursos ou da interferência dos indivíduos da outra espécie. Competição por recursos é um conceito mais abrangente, que envolve muitos fatores, enquanto que a competição por interferência ocorre quando espécies estão em contato diretamente umas com as outras, muitas vezes pelo simples fato de haver sobreposição de nichos. Já na competição por recursos há a limitação significativa de algum parâmetro, sejam eles crescimento, sobrevivência ou reprodução de ambas as espécies.

A competição interespecífica por interferência direta pode ser exemplificada no caso de duas espécies de peixes bem semelhantes abrigando um riacho. Embora elas ocupem o mesmo nicho, elas se alimentam de recursos diferentes, como por exemplo, uma se alimenta de larvas e pequenos invertebrados, enquanto a outra espécie se alimenta de invertebrados adultos. Neste caso, podemos aplicar o princípio da exclusão competitiva, sendo que as espécies coexistem no mesmo local, competindo pelo mesmo habitat, porém não se utilizam dos mesmos recursos. Neste caso, não há alterações na dinâmica e número de indivíduos das populações. Já uma reprodução por recursos pode ser exemplificada no caso de duas espécies diferentes de plantas de uma região árida, onde os volumes de chuva e os nutrientes do solo são escassos. Neste caso, a competição pelos poucos recursos disponíveis faz com que o número de indivíduos de cada espécie seja limitado, e a distribuição entre as espécies é espaçada. Assim, se houver extinção local de uma das espécies por algum motivo, a outra dominará o nicho e usufruirá de todo o recurso disponível.


Portanto, espécies competem em um determinado ambiente de maneiras distintas. Algumas competições ocorrem apenas pela sobreposição de nichos, porém os recursos utilizados pelas espécies não se sobrepõem, como no caso da competição por interferência. A competição interespecífica por recursos já é algo mais complexo, envolvendo não apenas sobreposição de nicho, mas provocando alterações significativas no número de indivíduos de cada espécie, na reprodução, crescimento e até sobrevivência.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Competição interespecífica é a que ocorre entre espécies distintas, e pode ser ocasionada por diversos fatores.


Situações de competição interespecífica acontecem quando indivíduos de uma espécie sofrem reduções na reprodução e sobrevivência, como resultado da exploração de recursos ou da interferência dos indivíduos da outra espécie. Competição por recursos é um conceito mais abrangente, que envolve muitos fatores, enquanto que a competição por interferência ocorre quando espécies estão em contato diretamente umas com as outras, muitas vezes pelo simples fato de haver sobreposição de nichos. Já na competição por recursos há a limitação significativa de algum parâmetro, sejam eles crescimento, sobrevivência ou reprodução de ambas as espécies.

A competição interespecífica por interferência direta pode ser exemplificada no caso de duas espécies de peixes bem semelhantes abrigando um riacho. Embora elas ocupem o mesmo nicho, elas se alimentam de recursos diferentes, como por exemplo, uma se alimenta de larvas e pequenos invertebrados, enquanto a outra espécie se alimenta de invertebrados adultos. Neste caso, podemos aplicar o princípio da exclusão competitiva, sendo que as espécies coexistem no mesmo local, competindo pelo mesmo habitat, porém não se utilizam dos mesmos recursos. Neste caso, não há alterações na dinâmica e número de indivíduos das populações. Já uma reprodução por recursos pode ser exemplificada no caso de duas espécies diferentes de plantas de uma região árida, onde os volumes de chuva e os nutrientes do solo são escassos. Neste caso, a competição pelos poucos recursos disponíveis faz com que o número de indivíduos de cada espécie seja limitado, e a distribuição entre as espécies é espaçada. Assim, se houver extinção local de uma das espécies por algum motivo, a outra dominará o nicho e usufruirá de todo o recurso disponível.


Portanto, espécies competem em um determinado ambiente de maneiras distintas. Algumas competições ocorrem apenas pela sobreposição de nichos, porém os recursos utilizados pelas espécies não se sobrepõem, como no caso da competição por interferência. A competição interespecífica por recursos já é algo mais complexo, envolvendo não apenas sobreposição de nicho, mas provocando alterações significativas no número de indivíduos de cada espécie, na reprodução, crescimento e até sobrevivência.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Competição interespecífica é a que ocorre entre espécies distintas, e pode ser ocasionada por diversos fatores.


Situações de competição interespecífica acontecem quando indivíduos de uma espécie sofrem reduções na reprodução e sobrevivência, como resultado da exploração de recursos ou da interferência dos indivíduos da outra espécie. Competição por recursos é um conceito mais abrangente, que envolve muitos fatores, enquanto que a competição por interferência ocorre quando espécies estão em contato diretamente umas com as outras, muitas vezes pelo simples fato de haver sobreposição de nichos. Já na competição por recursos há a limitação significativa de algum parâmetro, sejam eles crescimento, sobrevivência ou reprodução de ambas as espécies.

A competição interespecífica por interferência direta pode ser exemplificada no caso de duas espécies de peixes bem semelhantes abrigando um riacho. Embora elas ocupem o mesmo nicho, elas se alimentam de recursos diferentes, como por exemplo, uma se alimenta de larvas e pequenos invertebrados, enquanto a outra espécie se alimenta de invertebrados adultos. Neste caso, podemos aplicar o princípio da exclusão competitiva, sendo que as espécies coexistem no mesmo local, competindo pelo mesmo habitat, porém não se utilizam dos mesmos recursos. Neste caso, não há alterações na dinâmica e número de indivíduos das populações. Já uma reprodução por recursos pode ser exemplificada no caso de duas espécies diferentes de plantas de uma região árida, onde os volumes de chuva e os nutrientes do solo são escassos. Neste caso, a competição pelos poucos recursos disponíveis faz com que o número de indivíduos de cada espécie seja limitado, e a distribuição entre as espécies é espaçada. Assim, se houver extinção local de uma das espécies por algum motivo, a outra dominará o nicho e usufruirá de todo o recurso disponível.


Portanto, espécies competem em um determinado ambiente de maneiras distintas. Algumas competições ocorrem apenas pela sobreposição de nichos, porém os recursos utilizados pelas espécies não se sobrepõem, como no caso da competição por interferência. A competição interespecífica por recursos já é algo mais complexo, envolvendo não apenas sobreposição de nicho, mas provocando alterações significativas no número de indivíduos de cada espécie, na reprodução, crescimento e até sobrevivência.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas