A maior rede de estudos do Brasil

Dúvida sobre diminuição do salário

Exemplo meramente explicativo: Trabalho, com carteira assinada, na empresa X há 12 anos, no cargo Y, recebendo o valor de 1.500 reais mensais. Devido a certas necessidades da empresa, passo a exercer o cargo W, recebendo, todavia, o valor de 1.000 reais mensais. Sabe-se que é vedada a redução salarial, salvo se por acordo ou convenção coletiva; no entanto, como houve essa troca de cargos dentro da empresa, pode ocorrer a dita redução salarial (por se tratar de cargos com remunerações diferentes), ou, ainda assim, a redução salarial não é possível? Obrigado.

5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder esta questão vamos analisar o caso dado e apontar o que a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) aponta acerca da irredutibilidade salarial.
Sabe-se que é possível que uma empresa reduza o salário de um trabalho em até 25% caso for comprovado um motivo de força maior e também se esta redução se estende a todos os trabalhadores desta empresa. Deste mesmo modo, a empresa também pode diminuir a jornada de trabalho em até 25% e, assim, reduzir o salário, mas esta também é uma decisão que só pode ser tomada caso for comprovado que a empresa passa por problemas financeiros. Ou seja, o salário pode ser reduzido em caso de convenção ou acordo coletivo.
Entretanto, se tratando de uma troca de cargos dentro da empresa, as regras são um pouco diferentes. A CLT não permite que um contrato seja modificado por parte do empregador sem que o empregado saiba desta alteração, ou mesmo se haja prejuízos direta ou indiretamente ao empregado.
Assim, como a questão nos dá um exemplo de que o empregado estaria sendo transferido para outro cargo que possui um valor salarial inferior ao seu cargo anterior, podemos perceber que existe aqui um prejuízo financeiro que caíra sobre este empregado, fazendo com que esta transferência seja ilícita.
Portanto, temos que a CLT determina que depois que um contrato trabalhista esteja posto, nenhuma mudança pode ser feita neste contrato que cause prejuízo ao empregado, financeiro ou não. Neste sentido, o exemplo acima cai nos termos da irredutibilidade salarial e é um procedimento ilícito.
Para responder esta questão vamos analisar o caso dado e apontar o que a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) aponta acerca da irredutibilidade salarial.
Sabe-se que é possível que uma empresa reduza o salário de um trabalho em até 25% caso for comprovado um motivo de força maior e também se esta redução se estende a todos os trabalhadores desta empresa. Deste mesmo modo, a empresa também pode diminuir a jornada de trabalho em até 25% e, assim, reduzir o salário, mas esta também é uma decisão que só pode ser tomada caso for comprovado que a empresa passa por problemas financeiros. Ou seja, o salário pode ser reduzido em caso de convenção ou acordo coletivo.
Entretanto, se tratando de uma troca de cargos dentro da empresa, as regras são um pouco diferentes. A CLT não permite que um contrato seja modificado por parte do empregador sem que o empregado saiba desta alteração, ou mesmo se haja prejuízos direta ou indiretamente ao empregado.
Assim, como a questão nos dá um exemplo de que o empregado estaria sendo transferido para outro cargo que possui um valor salarial inferior ao seu cargo anterior, podemos perceber que existe aqui um prejuízo financeiro que caíra sobre este empregado, fazendo com que esta transferência seja ilícita.
Portanto, temos que a CLT determina que depois que um contrato trabalhista esteja posto, nenhuma mudança pode ser feita neste contrato que cause prejuízo ao empregado, financeiro ou não. Neste sentido, o exemplo acima cai nos termos da irredutibilidade salarial e é um procedimento ilícito.
User badge image

Luíza

Há mais de um mês

A mudança de cargo não autoriza a redução salarial. A CLT, em seu artigo 468, veda expressamente a alteração contratual, de forma unilateral pelo empregador, é considerada lícita somente quando por mútuo acordo e desde que não resulte em prejuízos para o empregado, de forma direta ou indireta. Então, no caso em questão, o empregado exerce outra função com salário inferior, mas mantém seu salário anterior.

User badge image

Ramão

Há mais de um mês

Dito e apoiado.Closed...

User badge image

camila

Há mais de um mês

Nossa bem interessante esse caso e a explicação também foi bem elucidativa ????????

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas