A maior rede de estudos do Brasil

Avaliando Aprendizado - Português Instrumental

Em uma propaganda de tempero líquido, em março de 1998, da Cica, marca cujo símbolo é um elefante, constava a seguinte expressão: "Quem colocou o Elefante nesta garrafa é um gênio." O sujeito semântico dos dois verbos da expressão entre aspas é:

( ) Gênio
( ) Garrafa
( ) Quem
( ) Inexistente
( ) Elefante


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder a esta questão adequadamente vamos, primeiramente, analisar a expressão contida na propaganda a que se refere a pergunta e, depois, verificar qual das opções oferecidas é a correta. A frase diz que “Quem colocou o Elefante nesta garrafa é um gênio.” E pede-se o sujeito semântico dos verbos “colocou” e “é”. Pode-se perceber que o sujeito semântico se refere a um sujeito que prática uma ação.


Podemos perceber também que “gênio” não é um sujeito, já que ocupa a função de adjetivo do sujeito. Do mesmo modo, “garrafa” não é sujeito, já que assim como “gênio” faz parte do predicado da sentença, que é o mesmo caso de “elefante”, que ocupa a posição de objeto direto.


Portanto, o que se sabe é que alguém colocou o elefante dentro da garrafa, ou seja, alguém realizou esta ação, mas não se pode determinar o sujeito, já que temos no lugar do sujeito a palavra “quem”, o que mostra que não se pode especificar o sujeito, mas o sujeito não é inexistente, ele existe e praticou a ação, ele é indeterminado. Então, a resposta é (x) quem.

Para responder a esta questão adequadamente vamos, primeiramente, analisar a expressão contida na propaganda a que se refere a pergunta e, depois, verificar qual das opções oferecidas é a correta. A frase diz que “Quem colocou o Elefante nesta garrafa é um gênio.” E pede-se o sujeito semântico dos verbos “colocou” e “é”. Pode-se perceber que o sujeito semântico se refere a um sujeito que prática uma ação.


Podemos perceber também que “gênio” não é um sujeito, já que ocupa a função de adjetivo do sujeito. Do mesmo modo, “garrafa” não é sujeito, já que assim como “gênio” faz parte do predicado da sentença, que é o mesmo caso de “elefante”, que ocupa a posição de objeto direto.


Portanto, o que se sabe é que alguém colocou o elefante dentro da garrafa, ou seja, alguém realizou esta ação, mas não se pode determinar o sujeito, já que temos no lugar do sujeito a palavra “quem”, o que mostra que não se pode especificar o sujeito, mas o sujeito não é inexistente, ele existe e praticou a ação, ele é indeterminado. Então, a resposta é (x) quem.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas