A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre os tributos de homologação e os de ofício?

como diferenciar


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Paduan Seta Advocacia Verified user icon

Há mais de um mês

A diferença entre os tributos de ofício e de homologação se dá em relação ao lançamento do tributo.

Assim, os tributos de ofício, o lançamento é efetivado pelo ente administrativo,ou seja, a autoridade adminsitrativa. A própria autoridade administrativa que verifica a existência de fato gerador e calcula, sobe a matéria tributável, o valor do tributo a ser pago. São exemplos desse tipo de tributo: o IPTU, o IPVA, as taxas, as contribuições de melhoria, etc...

Já os tributos por homologação, seu lançamento está previsto no art. 150 do CTN. Assim, o próprio sujeito passivo, ou seja, aquele que paga pelo tributo, que verifica a existência do fato gerador, ele mesmo calcula o valor do tributo e realiza o pagamento. Assim, nessa modalidade de tributo, o lançamento independe da autoridade administrativa. A atuação desta se dá posteriormente, depois do pagamento: ou seja, a autoridade somente vai avalisar se o pagamento foi realizado de maneira correta. São exemplos de tributos por homologação: ICMS, IPI, IR,  PIS e COFINS.

A diferença entre os tributos de ofício e de homologação se dá em relação ao lançamento do tributo.

Assim, os tributos de ofício, o lançamento é efetivado pelo ente administrativo,ou seja, a autoridade adminsitrativa. A própria autoridade administrativa que verifica a existência de fato gerador e calcula, sobe a matéria tributável, o valor do tributo a ser pago. São exemplos desse tipo de tributo: o IPTU, o IPVA, as taxas, as contribuições de melhoria, etc...

Já os tributos por homologação, seu lançamento está previsto no art. 150 do CTN. Assim, o próprio sujeito passivo, ou seja, aquele que paga pelo tributo, que verifica a existência do fato gerador, ele mesmo calcula o valor do tributo e realiza o pagamento. Assim, nessa modalidade de tributo, o lançamento independe da autoridade administrativa. A atuação desta se dá posteriormente, depois do pagamento: ou seja, a autoridade somente vai avalisar se o pagamento foi realizado de maneira correta. São exemplos de tributos por homologação: ICMS, IPI, IR,  PIS e COFINS.

User badge image

Rodrigo

Há mais de um mês

Homologação, de Ofício e por declaração são espécies de lançamento dos tributos.

De ofício, ou direto (art 149 do CTN), são aqueles tributos que são lançados sem nenhuma colaboração do contribuinte. Dentre os tributos lançados de ofício estão o IPVA e o IPTU. Em regra essa espécie de lançamento tem como fato gerador uma situação permanete, como nos exemplos acima, a propriedade de um dado bem.

 

Homologação, também conhecido como auto-lançamento é aquele em que a legislação atribui ao sujeito passivo a obrigação de calcular o valor e antecipar o seu pagamento sem prévia análise da autoridade administrativa competente.

 

Por declaração, previsto no artigo 147, é o lançamento em que o contribuinte declara os dados fáticos para a autoridade administrativa, que por sua vez, com base em tais dados, realizará o lançamento do tributo.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas