A maior rede de estudos do Brasil

O que é imunidade inata e imunidade adquirida e quais suas diferenças?

Imunologia


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Introdução:

O sistema imune é o responsável pelo reconhecimento, adaptação e memória de organismos invasores do organismo. Essa resposta pode ainda ser considerada inata ou adaptativa.


Resolução:

A imunidade Inata é considerada a primeira linha de defesa do organismo, e os seus mecanismos compreendem as barreiras químicas, físicas e biológicas, os componentes celulares e as moléculas que estão solúveis que estão presentes em todos os indivíduos desde o nascimento e não há necessidade de contato prévio com os agentes invasores para seu aparecimento. A imunidade adaptativa ou adquirida, em contraposição a resposta imune inata, depende da ativação das células especializadas, e a principal característica desse tipo de defesa é a especificidade do reconhecimento e outros fatores componentes desse tipo de mecanismo.


Conclusão:

O sistema imune apresenta dois tipos de mecanismo importantes para a defesa do organismo, e a ativação destas estão relacionadas um a outra.


Introdução:

O sistema imune é o responsável pelo reconhecimento, adaptação e memória de organismos invasores do organismo. Essa resposta pode ainda ser considerada inata ou adaptativa.


Resolução:

A imunidade Inata é considerada a primeira linha de defesa do organismo, e os seus mecanismos compreendem as barreiras químicas, físicas e biológicas, os componentes celulares e as moléculas que estão solúveis que estão presentes em todos os indivíduos desde o nascimento e não há necessidade de contato prévio com os agentes invasores para seu aparecimento. A imunidade adaptativa ou adquirida, em contraposição a resposta imune inata, depende da ativação das células especializadas, e a principal característica desse tipo de defesa é a especificidade do reconhecimento e outros fatores componentes desse tipo de mecanismo.


Conclusão:

O sistema imune apresenta dois tipos de mecanismo importantes para a defesa do organismo, e a ativação destas estão relacionadas um a outra.


User badge image

Matheus Leonardo

Há mais de um mês

 IMUNIDADE INATA nasce com o indivíduo e protege o organismo contra agentes patogênicos específicos e toxinas, desde o nascimento. Esta imunidade inclui a capacidade de fagocitar bactérias e outros agentes invasores, pelos leucócitos e macrófagos dos tecidos; inclui a capacidade das secreções ácidas do estômago e enzimas digestivas de destruir germes; inclui a resistência da pele e das membranas mucosas à penetração dos germes; inclui as lisozimas, a properdina e certos polissacarídeos que neutralizam certas bactérias gram-positivas e gram-negativas frequentes na natureza. A imunidade inata protege o organismo humano contra agentes capazes de provocar doenças em outras espécies animais. 

A imunidade mais importante, entretanto, é a IMUNIDADE ADQUIRIDA. Esta se deve à capacidade do sistema imunitário produzir defesas contra invasores e destruí-los, impedindo-os de causar danos ao funcionamento do organismo. O sistema imunológico desenvolve imunidade específica e altamente eficaz contra bactérias, vírus, toxinas e tecidos de outros indivíduos ou animais. A imunidade adquirida é também conhecida como IMUNIDADE ADAPTATIVA; é capaz de proteger um organismo contra doses de toxinas que seriam letais a um organismo não imune. 
A imunidade adquirida depende de dois mecanismos intimamente relacionados entre sí: 
1. Produção de proteínas chamadas anticorpos, que tem a capacidade de atacar e neutralizar o agente invasor. Esta forma de imunidade é conhecida como IMUNIDADE HUMORAL; 
2. Sensibilização de determinados tipos de linfócitos, contra um agente específico. Estes linfócitos tornam-se capazes de se fixar ao agente estranho e destruí-lo. Esta forma de imunidade é conhecida como IMUNIDADE CELULAR

User badge image

Mayara Justus

Há mais de um mês

Características de cada Sistema Imune

  1. Inato: resposta imediata, tolerância a si próprio, ausência de memória imunológica

  2. Adaptativo: alta especificidade, tempo de resposta mais longo, presença de memória imunológica.

 

Imunidade Humoral X Imunidade Celular

A Imunidade Humoral e mediada por anticorpos, produzidos pelos linfócitos B. É o principal mecanismo de defesas contra micro-organismos extracelulares e suas toxinas.

Imunidade Celular é mediada por linfócitos T, que destroem micro-organismos fagocitados ou células infectadas por micro-organismos intracelulares.

 

Imunidade Humoral Ativa X Imunidade Humoral Passiva

Passiva é aquela concedida através das vacinas.

 

User badge image

Ana Carolina Cavalcante

Há mais de um mês

Resposta inespecífica (Imunidade Inata)
1° linda de combate: barreiras naturais, mucosa, secreções, peristaltismo e flora normal.
2° linha de combate: inflamação- células fagocitárias, substância antimicrobiana (impede a proliferação da bactéria e ate mata a bactéria), febre (tentativa do organismo de não deixar a bactéria proliferar).

 

 

 

Resposta específica (Imunidade Adaptativa/Adquirida)
3° linha de combate: Anticorpos (imunidade humoral) ecitotóxicas (imunidade celular). Altamente específica e lisa as células hospedeiras.
Resposta Imune específica:
↗Anticorpos (imunidade humoral)- Linfócitos B- Especificidade
↗Células da Imunidade celular- Linfócito T- Memória

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas