A maior rede de estudos do Brasil

o que é o processo de conhecimento, e quais as alterações trazidas pelo novo CPC


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

O NCPC extinguiu a divisão entre procedimentos ordinário e sumário. Agora, todas as causas tramitarão através das regras do procedimento comum, salvo disposição em contrário do Código ou outra lei (como no caso do procedimento regulado pela Lei dos Juizados Especiais). O procedimento comum será aplicado subsidiariamente aos demais procedimentos especiais e ao processo de execução.

Na fase de conhecimento, o juiz aufere os fatos e os fundamentos jurídicos das partes da causa para agrupar as informações indispensáveis à apreciação. É nela também que as provas são produzidas e/ou apresentadas, quando realizam-se audiências para oitiva das partes e de eventuais testemunhas. O desígnio é que, com todos os subsídios em mãos, o julgador possa proferir a sentença e deliberar sobre o conflito.

O NCPC extinguiu a divisão entre procedimentos ordinário e sumário. Agora, todas as causas tramitarão através das regras do procedimento comum, salvo disposição em contrário do Código ou outra lei (como no caso do procedimento regulado pela Lei dos Juizados Especiais). O procedimento comum será aplicado subsidiariamente aos demais procedimentos especiais e ao processo de execução.

Na fase de conhecimento, o juiz aufere os fatos e os fundamentos jurídicos das partes da causa para agrupar as informações indispensáveis à apreciação. É nela também que as provas são produzidas e/ou apresentadas, quando realizam-se audiências para oitiva das partes e de eventuais testemunhas. O desígnio é que, com todos os subsídios em mãos, o julgador possa proferir a sentença e deliberar sobre o conflito.

User badge image

Gabriela

Há mais de um mês

O processo de conhecimento é a fase em que ocorre toda a produção de provas, a oitiva das partes e testemunhas, dando conhecimento dos fatos ao juiz responsável, a fim de que este possa aplicar corretamente o direito ao caso concreto, com o proferimento da sentença. O procedimento comum aplica-se subsidiariamente aos demais procedimentos especiais e ao processo de execução.
No procedimento comum no NCPC é constituído por 4 fases, sendo: Postulatória, Sanatória, Instrutória e Decisória.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas