A maior rede de estudos do Brasil

Discorra sobre os 3 pilares do Processo Civil

Por favor estou buscando conceitos para o tema.


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

O processo é um conjunto de atos processualmente ordenados que buscam alcançar um determinado resultado jurídico, qualificado pelo contraditório.

A jurisdição é o poder estatal de dizer o direito, ou seja, aplicar a vontade do direito no caso concreto, fazendo com que a vontade do Direito atue, ganhando corpo.

Ação é o direito subjetivo de pedir ao Estado-juiz  exercício da atividade jurisdicional. É o que move a atividad jurisdicional, pois temos que a jurisdição é inerte, dependendo de provocação para se iniciar, a partir de quando passará a agir por impulso oficial.

 

O processo é um conjunto de atos processualmente ordenados que buscam alcançar um determinado resultado jurídico, qualificado pelo contraditório.

A jurisdição é o poder estatal de dizer o direito, ou seja, aplicar a vontade do direito no caso concreto, fazendo com que a vontade do Direito atue, ganhando corpo.

Ação é o direito subjetivo de pedir ao Estado-juiz  exercício da atividade jurisdicional. É o que move a atividad jurisdicional, pois temos que a jurisdição é inerte, dependendo de provocação para se iniciar, a partir de quando passará a agir por impulso oficial.

 

User badge image

Amanda

Há mais de um mês

Os três pilares do direito processual civil:

1- JURISDIÇÃO: A jurisdição é função exclusiva do Estado que por meio de provocação (concebida pela ação) faz com que todo o sistema atue e o Direito produza resultados.

2- AÇÃO: A ação é o direito de pedir em juízo o que se entende devido, ou seja, é um direito público subjetivo de pleitear algo que, em tese, se tem direito perante à tutela jurisdicional. Para que a ação seja proposta, ela deve provocar a jurisdição que por sua vez se exerce através daquele complexo de atos que é o processo.
 
3- PROCESSO: O Estado estabelece a ordem jurídica, através do devido processo legislativo, construindo normas para o controlar a sociedade, afim de nortear as relações da sociedade.
Com a finalidade de pacificar conflitos e estabelecer a ordem social, surgem os processos como meio para obtenção de acesso a jurisdição.
Sendo assim, o processo é iniciado através de uma lide, ou seja, as partes estão tendo um conflito de interesses, desta forma, é dado o instrumento hábil que é o processo, para que os agentes, no caso o lesado em seu direito, tenha reconhecido pelo pronunciamento judicial em força da lei.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas