A maior rede de estudos do Brasil

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas de um povo heroico o brado retumbante.

Colocar a frase na ordem direta em concordância

Português

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Antes de colocarmos a frase na ordem direta, iremos fazer uma breve revisão sobre concordância verbal e nominal.

A concordância verbal "cuida" da relação entre sujeito e verbo, já a concordância nominal "cuida" da relação entre as classes de palavras.

Vamos pontuar as principais regras de concordância verbal:

- Sujeito composto antes do verbo: O verbo deve estar sempre no plural,se o sujeito for composto e vier antes do verbo.

Exemplo:

Rodolfo e Adolfo jogaram até de madrugada.

-Sujeito composto depois do verbo: Caso o sujeito composto vier depois do verbo, o verbo tanto poderá ficar no plural como poderá concordar com o sujeito mais próximo.

Exemplo:

Brigaram mãe e filhas.

Brigou mãe e filhas.

- Sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes: Se o sujeito for composto, mas as pessoas gramaticais forem diferentes, o verbo também deverá ficar no plural. No entanto, ele concordará com a pessoa que tem prioridade.

Exemplo:

Nós, vós e elas vamos ao parque.

Iremos pontuar as principais regras de concordância nominal:

-Adjetivos e um substantivo: Se há mais do que um adjetivo para um substantivo, os adjetivos devem concordar em gênero e número com o substantivo.

Exemplo:

Adorava comida gelada e salgada.

- Substantivos e um adjetivo: Quando há mais do que um substantivo e apenas um adjetivo, há duas formas de concordar:

Quando o adjetivo vier antes dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo.

Quando o adjetivo vier depois dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo ou com todos os substantivos.

Agora iremos colocar a frase na ordem direta (SUJEITO + VERBO + COMPLEMENTO) em concordância:

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.

Antes de colocarmos a frase na ordem direta, iremos fazer uma breve revisão sobre concordância verbal e nominal.

A concordância verbal "cuida" da relação entre sujeito e verbo, já a concordância nominal "cuida" da relação entre as classes de palavras.

Vamos pontuar as principais regras de concordância verbal:

- Sujeito composto antes do verbo: O verbo deve estar sempre no plural,se o sujeito for composto e vier antes do verbo.

Exemplo:

Rodolfo e Adolfo jogaram até de madrugada.

-Sujeito composto depois do verbo: Caso o sujeito composto vier depois do verbo, o verbo tanto poderá ficar no plural como poderá concordar com o sujeito mais próximo.

Exemplo:

Brigaram mãe e filhas.

Brigou mãe e filhas.

- Sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes: Se o sujeito for composto, mas as pessoas gramaticais forem diferentes, o verbo também deverá ficar no plural. No entanto, ele concordará com a pessoa que tem prioridade.

Exemplo:

Nós, vós e elas vamos ao parque.

Iremos pontuar as principais regras de concordância nominal:

-Adjetivos e um substantivo: Se há mais do que um adjetivo para um substantivo, os adjetivos devem concordar em gênero e número com o substantivo.

Exemplo:

Adorava comida gelada e salgada.

- Substantivos e um adjetivo: Quando há mais do que um substantivo e apenas um adjetivo, há duas formas de concordar:

Quando o adjetivo vier antes dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo.

Quando o adjetivo vier depois dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo ou com todos os substantivos.

Agora iremos colocar a frase na ordem direta (SUJEITO + VERBO + COMPLEMENTO) em concordância:

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas de um povo heroico o brado retumbante.

Colocar a frase na ordem direta em concordância


Antes de colocarmos a frase na ordem direta, iremos fazer uma breve revisão sobre concordância verbal e nominal.

A concordância verbal "cuida" da relação entre sujeito e verbo, já a concordância nominal "cuida" da relação entre as classes de palavras.

Vamos pontuar as principais regras de concordância verbal:

- Sujeito composto antes do verbo: O verbo deve estar sempre no plural,se o sujeito for composto e vier antes do verbo.

Exemplo:

Rodolfo e Adolfo jogaram até de madrugada.

-Sujeito composto depois do verbo: Caso o sujeito composto vier depois do verbo, o verbo tanto poderá ficar no plural como poderá concordar com o sujeito mais próximo.

Exemplo:

Brigaram mãe e filhas.

Brigou mãe e filhas.

- Sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes: Se o sujeito for composto, mas as pessoas gramaticais forem diferentes, o verbo também deverá ficar no plural. No entanto, ele concordará com a pessoa que tem prioridade.

Exemplo:

Nós, vós e elas vamos ao parque.

Iremos pontuar as principais regras de concordância nominal:

-Adjetivos e um substantivo: Se há mais do que um adjetivo para um substantivo, os adjetivos devem concordar em gênero e número com o substantivo.

Exemplo:

Adorava comida gelada e salgada.

- Substantivos e um adjetivo: Quando há mais do que um substantivo e apenas um adjetivo, há duas formas de concordar:

Quando o adjetivo vier antes dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo.

Quando o adjetivo vier depois dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo ou com todos os substantivos.

Agora iremos colocar a frase na ordem direta (SUJEITO + VERBO + COMPLEMENTO) em concordância:

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.

User badge image

Leticia

Há mais de um mês

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.

(sujeito)+(verbo transitivo direto e indireto)+(objeto direto)+(objeto indireto).

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Antes de colocarmos a frase na ordem direta, iremos fazer uma breve revisão sobre concordância verbal e nominal.

A concordância verbal "cuida" da relação entre sujeito e verbo, já a concordância nominal "cuida" da relação entre as classes de palavras.

Vamos pontuar as principais regras de concordância verbal:

- Sujeito composto antes do verbo: O verbo deve estar sempre no plural,se o sujeito for composto e vier antes do verbo.

Exemplo:

Rodolfo e Adolfo jogaram até de madrugada.

-Sujeito composto depois do verbo: Caso o sujeito composto vier depois do verbo, o verbo tanto poderá ficar no plural como poderá concordar com o sujeito mais próximo.

Exemplo:

Brigaram mãe e filhas.

Brigou mãe e filhas.

- Sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes: Se o sujeito for composto, mas as pessoas gramaticais forem diferentes, o verbo também deverá ficar no plural. No entanto, ele concordará com a pessoa que tem prioridade.

Exemplo:

Nós, vós e elas vamos ao parque.

Iremos pontuar as principais regras de concordância nominal:

-Adjetivos e um substantivo: Se há mais do que um adjetivo para um substantivo, os adjetivos devem concordar em gênero e número com o substantivo.

Exemplo:

Adorava comida gelada e salgada.

- Substantivos e um adjetivo: Quando há mais do que um substantivo e apenas um adjetivo, há duas formas de concordar:

Quando o adjetivo vier antes dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo.

Quando o adjetivo vier depois dos substantivos, o adjetivo deverá concordar com o substantivo mais próximo ou com todos os substantivos.

Agora iremos colocar a frase na ordem direta (SUJEITO + VERBO + COMPLEMENTO) em concordância:

As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heroico.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas