A maior rede de estudos do Brasil

Quais os tipos de crimes comuns encontrados na legislação brasileira?

Direito Penal I

ESTÁCIO


3 resposta(s)

User badge image

Gabriel

Há mais de um mês

Crimes comuns e especiais
Crimes comuns e próprios
Crime de mão própria ou de atuação pessoal
Crime de dano e de perigo
Crimes materiais, formais e de mera conduta
Crimes comissivos e omissivos
Crimes instantâneos, permanentes e instantâneos de efeitos permanentes
Crime continuado
Crimes principais e acessórios
Crimes condicionados e incondicionados
Crimes simples e complexos
Crime Progressivo
Delito putativo
Crime Provocado
Crime impossível
Crime Consumado e tentado
Crime Falho
Crime unissubsistentes e plurissubsistentes
Crime de dupla subjetividade passiva
Crime exaurido
Crime de concurso necessário
Crime doloso, culposo e preterdoloso
Crimes simples, privilegiados e qualificados
Crime subsidiário
Crimes vagos
Crimes comuns e políticos
Crime multitudinário
Crime de opinião
Crimes de ação única e de ação múltipla ou de conteúdo variado
Crime de forma livre e de forma vinculada
Crimes de ação penal publica e de ação penal privada
Crime habitual e profissional
Crimes conexos
Crime de ímpeto
Crimes funcionais
Crimes a distância e plurilocais
Delitos de tendência
Crimes de simples desobediência
Crimes pluriofensivos .
Crime a prazo
Crime gratuito
Delito de circulação
Delito transeunte e não transeunte
Crime atentado ou empreendimento
Crime de transito
Crime internacional Quase crime
Crime de tipo fechado e de tipo aberto
Tentativa branca
Crime conjunto e consultivo
Crimes de responsabilidade
Crimes hediondos
Crime organizado

Crimes comuns e especiais
Crimes comuns e próprios
Crime de mão própria ou de atuação pessoal
Crime de dano e de perigo
Crimes materiais, formais e de mera conduta
Crimes comissivos e omissivos
Crimes instantâneos, permanentes e instantâneos de efeitos permanentes
Crime continuado
Crimes principais e acessórios
Crimes condicionados e incondicionados
Crimes simples e complexos
Crime Progressivo
Delito putativo
Crime Provocado
Crime impossível
Crime Consumado e tentado
Crime Falho
Crime unissubsistentes e plurissubsistentes
Crime de dupla subjetividade passiva
Crime exaurido
Crime de concurso necessário
Crime doloso, culposo e preterdoloso
Crimes simples, privilegiados e qualificados
Crime subsidiário
Crimes vagos
Crimes comuns e políticos
Crime multitudinário
Crime de opinião
Crimes de ação única e de ação múltipla ou de conteúdo variado
Crime de forma livre e de forma vinculada
Crimes de ação penal publica e de ação penal privada
Crime habitual e profissional
Crimes conexos
Crime de ímpeto
Crimes funcionais
Crimes a distância e plurilocais
Delitos de tendência
Crimes de simples desobediência
Crimes pluriofensivos .
Crime a prazo
Crime gratuito
Delito de circulação
Delito transeunte e não transeunte
Crime atentado ou empreendimento
Crime de transito
Crime internacional Quase crime
Crime de tipo fechado e de tipo aberto
Tentativa branca
Crime conjunto e consultivo
Crimes de responsabilidade
Crimes hediondos
Crime organizado

User badge image

Gabriel

Há mais de um mês

02. CRIMES COMUNS E PRÓPRIOS

“Crime comum é o que pode ser praticado por qualquer pessoa. Crime próprio é o que só pode ser cometido por uma determinada categoria de pessoas, pois pressupõe no agente uma particular condição ou qualidade pessoal” (Damásio E. de Jesus)

Como ensina Mirabete, o tipo penal dos crimes próprios “limita o círculo do autor, que deve encontrar-se em uma posição jurídica, como os funcionários públicos, médicos.”

Esta classificação é feita por Magalhães Noronha como crimes comuns e especiais.

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Os crimes comuns são aqueles que podem ser praticados por qualquer pessoa. No código Penal o exemplo de crimes comuns são, entre outros: homicídio, lesão corporal, furto, roubo, extorsão, estelionato como pode ser visto com a leitura dos artigos a seguir: 

Homicídio simples

        Art. 121. Matar alguem:

        Pena - reclusão, de seis a vinte anos.

 Lesão corporal

        Art. 129. Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem:

        Pena - detenção, de três meses a um ano.

 Furto

        Art. 155 - Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:

        Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.

 

   Roubo

        Art. 157 - Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

        Pena - reclusão, de quatro a dez anos, e multa.

 Extorsão

        Art. 158 - Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar de fazer alguma coisa:

        Pena - reclusão, de quatro a dez anos, e multa.

 Estelionato

        Art. 171 - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:

       Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes