A maior rede de estudos do Brasil

Imunolgia

alguem poderia me explicar a diferença de coombs direto e indireto??

ImunologiaUNIP

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Na formação do bebê, a interação com o sangue da mãe é totalmente interativa. O coombs direto e indireto tem um papel muito importante na saúde de bebês de casais de fator RH (sanguíneo positivo ou negativo), pois, pode detectar anticorpos no organismo materno e é vital para o crescimento saudável desta criança intra útero antes mesmo da sua concepção.


No teste de Coombs direto, anticorpos maternos que atravessaram a placenta podem ser detectados ligados nas hemácias Rh positivas do bebê. Para isso as hemácias do bebê são coletadas, lavadas para remoção de anticorpos não ligados, e simplesmente incubadas com anti-imunoglobulina humana. O teste é denominado de Coombs Direto pois a aglutinação presente vai indicar a presença dos anticorpos anti-Rh ligados nas hemácias do bebê.


O teste de Coombs indireto é usado para se detectar a presença de anticorpos anti-Rh não aglutinantes no soro dos indivíduos Rh negativos. Neste teste o soro é inicialmente incubado com hemácias do tipo “O Rh positivas”, que se ligarão caso os anticorpos anti-D estejam presentes. Utiliza-se hemácias do tipo O para evitar a ligação cruzada de antígenos A ou B cujos anticorpos também podem estar presentes no soro testado (por exemplo se o indivíduo Rh negativo for do tipo sangüíneo O). Depois deste passo, as hemácias são lavadas para retirar os anticorpos não ligantes e, em seguida incubadas com anti-imunoglobulina. Este passo levará à aglutinação das hemácias indicando a positividade do ensaio. Este mesmo ensaio é feito para determinar a presença do antígeno Du.

Na formação do bebê, a interação com o sangue da mãe é totalmente interativa. O coombs direto e indireto tem um papel muito importante na saúde de bebês de casais de fator RH (sanguíneo positivo ou negativo), pois, pode detectar anticorpos no organismo materno e é vital para o crescimento saudável desta criança intra útero antes mesmo da sua concepção.


No teste de Coombs direto, anticorpos maternos que atravessaram a placenta podem ser detectados ligados nas hemácias Rh positivas do bebê. Para isso as hemácias do bebê são coletadas, lavadas para remoção de anticorpos não ligados, e simplesmente incubadas com anti-imunoglobulina humana. O teste é denominado de Coombs Direto pois a aglutinação presente vai indicar a presença dos anticorpos anti-Rh ligados nas hemácias do bebê.


O teste de Coombs indireto é usado para se detectar a presença de anticorpos anti-Rh não aglutinantes no soro dos indivíduos Rh negativos. Neste teste o soro é inicialmente incubado com hemácias do tipo “O Rh positivas”, que se ligarão caso os anticorpos anti-D estejam presentes. Utiliza-se hemácias do tipo O para evitar a ligação cruzada de antígenos A ou B cujos anticorpos também podem estar presentes no soro testado (por exemplo se o indivíduo Rh negativo for do tipo sangüíneo O). Depois deste passo, as hemácias são lavadas para retirar os anticorpos não ligantes e, em seguida incubadas com anti-imunoglobulina. Este passo levará à aglutinação das hemácias indicando a positividade do ensaio. Este mesmo ensaio é feito para determinar a presença do antígeno Du.

User badge image

Ricardo

Há mais de um mês

Coombs Direto: Também chamado de teste de antiglobulina direto (TAD). Este exame pesquisa a presença de anticorpos (auto-anticorpos) ou de fração de complemento adsorvidos nas hemácias  do paciente (estão ligados aos eritrócitos). É utilizado na investigação das anemias hemolíticas auto-imunes, por isoimunização materno-fetal ou pós transfusional. O teste detecta os anticorpos que atuam contra os eritrócitos no organismo

Coombs Indireto: A pesquisa de anticorpos irregulares ou Coombs indireto detectam imunoglobulinas IgG ou frações do complemento ligadas as hemácias, o que pode ocorrer em situações patológicas levando principalmente à hemólise. Este teste faz parte da rotina de exames no pré-natal de gestantes Rh negativo, triagem de anemias hemolíticas e provas pré-transfusionais. O teste detecta os anticorpos que estão no soro (não estão ligados ao eritrócito).

User badge image

Miriã

Há mais de um mês

Teste de Coombs direito detecta anticorpos ligados aos eritrócitos, produzidos pelo própio organismo ou por tranfusão de sangue, é utilizado para dectar anemia hemolítica. É aplicado no recém-nascido com sague RH-positivo cuja a mãe com RH-negativo, serve para indicar se a mãe produziu anticorpos contra o antígeno e se estes deslocaram-se pela placenta para o Bebê. 

Tesde de Coombs indireto detecta anticorpos que estão no soro, estes anticorpos podem atacar os eritrócitos, mas não estão ligados a ele. é usado para alertar a presença de anticorpos na presença de um receptor ou doador, antes de uma transfusão.

Ou seja, a diferença está na ligação com o eritrócitos, onde o teste de coombs direto dectecta anticorpos ligados aos eritrócitos, mas o teste de Coombs indireto não.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas