ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A teoria de Durkheim mostra que este autor defendia uma visão otimista da nascente sociedade industrial e, para descrever esta nova sociedade, lança mão do conceito de solidariedade. (BALIEIRO, Fernando de Figueiredo. Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação. Rio de Janeiro: UniSEB, 2014.) Sobre a concepção de solidariedade de Durkheim, está correto o que se lê abaixo, com exceção de:
 
  O encontro entre diferentes culturas propicia a humanização das relações sociais, a partir do aprendizado sobre as diferentes visões de mundo.
  As tribos indígenas são exemplo de solidariedade mecânica, já que se observa pouca divisão social do trabalho, os mecanismos de coerção são exercidos de forma imediata, violenta e punitiva e se observa nos indivíduos muita semelhança entre si.
  Nas sociedades em estado de solidariedade, se observa a interdependência dos órgãos sociais.
  A solidariedade positiva se caracteriza pela cooperação dos indivíduos, quando há na sociedade uma significativa divisão do trabalho, levando a sociedade ao estado de anomia, que é capaz de garantir a harmonia social.
  A solidariedade orgânica é características de sociedades com alto grau de divisão de trabalho.
Disciplina:Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação1.519 materiais