A maior rede de estudos do Brasil

Como faço para utilizar o netstat?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O comando netstat é um comando do Prompt de Comando usado para exibir informações muito detalhadas sobre como o seu computador está se comunicando com outros computadores ou dispositivos de rede.


Especificamente, o comando netstat pode mostrar detalhes sobre conexões de rede individuais, estatísticas de rede gerais e específicas de protocolo, e muito mais, tudo o que poderia ajudar a solucionar certos tipos de problemas de rede.


Para usar esse comando, execute o comando netstat sozinho para mostrar uma lista relativamente simples de todas as conexões TCP ativas que, para cada uma, mostrará o endereço IP local (seu computador), o endereço IP externo (o outro computador ou dispositivo de rede), juntamente com suas respectivas conexões. números de porta, bem como o estado do TCP. A lista mostrada abaixo, mostra algumas das opções disponíveis ao executar o comando:

  • -a = Este comutador exibe conexões TCP ativas, conexões TCP com o estado de escuta, bem como portas UDP que estão sendo ouvidas.

  • -b = Este comutador netstat é muito semelhante ao comutador -o listado abaixo, mas em vez de exibir o PID, exibirá o nome real do arquivo do processo. Usar -b over -o pode parecer que está economizando um ou dois passos, mas usá-lo pode, às vezes, estender bastante o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -e = Use este comutador com o comando netstat para mostrar estatísticas sobre sua conexão de rede. Esses dados incluem bytes, pacotes unicast, pacotes não unicast, descartes, erros e protocolos desconhecidos recebidos e enviados desde que a conexão foi estabelecida.

  • -f = A opção -f forçará o comando netstat a exibir o FQDN (Nome de Domínio Totalmente Qualificado) para cada endereço IP externo, quando possível.

  • -n = Use a opção -n para evitar que o netstat tente determinar nomes de host para endereços IP externos. Dependendo de suas conexões de rede atuais, o uso dessa opção poderá reduzir consideravelmente o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -o = Uma opção útil para muitas tarefas de solução de problemas, a opção -o exibe o identificador de processo (PID) associado a cada conexão exibida. Veja o exemplo abaixo para mais informações sobre o uso do netstat -o.

  • -p = Use a opção -p para mostrar conexões ou estatísticas apenas para um protocolo específico. Você não pode definir mais de um protocolo de uma só vez, nem pode executar o netstat com -p sem definir um protocolo.

  • Fonte: https://pt.tigersoftwaresolutions.com/windows/how-to-use-netstat-command-11275

O comando netstat é um comando do Prompt de Comando usado para exibir informações muito detalhadas sobre como o seu computador está se comunicando com outros computadores ou dispositivos de rede.


Especificamente, o comando netstat pode mostrar detalhes sobre conexões de rede individuais, estatísticas de rede gerais e específicas de protocolo, e muito mais, tudo o que poderia ajudar a solucionar certos tipos de problemas de rede.


Para usar esse comando, execute o comando netstat sozinho para mostrar uma lista relativamente simples de todas as conexões TCP ativas que, para cada uma, mostrará o endereço IP local (seu computador), o endereço IP externo (o outro computador ou dispositivo de rede), juntamente com suas respectivas conexões. números de porta, bem como o estado do TCP. A lista mostrada abaixo, mostra algumas das opções disponíveis ao executar o comando:

  • -a = Este comutador exibe conexões TCP ativas, conexões TCP com o estado de escuta, bem como portas UDP que estão sendo ouvidas.

  • -b = Este comutador netstat é muito semelhante ao comutador -o listado abaixo, mas em vez de exibir o PID, exibirá o nome real do arquivo do processo. Usar -b over -o pode parecer que está economizando um ou dois passos, mas usá-lo pode, às vezes, estender bastante o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -e = Use este comutador com o comando netstat para mostrar estatísticas sobre sua conexão de rede. Esses dados incluem bytes, pacotes unicast, pacotes não unicast, descartes, erros e protocolos desconhecidos recebidos e enviados desde que a conexão foi estabelecida.

  • -f = A opção -f forçará o comando netstat a exibir o FQDN (Nome de Domínio Totalmente Qualificado) para cada endereço IP externo, quando possível.

  • -n = Use a opção -n para evitar que o netstat tente determinar nomes de host para endereços IP externos. Dependendo de suas conexões de rede atuais, o uso dessa opção poderá reduzir consideravelmente o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -o = Uma opção útil para muitas tarefas de solução de problemas, a opção -o exibe o identificador de processo (PID) associado a cada conexão exibida. Veja o exemplo abaixo para mais informações sobre o uso do netstat -o.

  • -p = Use a opção -p para mostrar conexões ou estatísticas apenas para um protocolo específico. Você não pode definir mais de um protocolo de uma só vez, nem pode executar o netstat com -p sem definir um protocolo.

  • Fonte: https://pt.tigersoftwaresolutions.com/windows/how-to-use-netstat-command-11275

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O comando netstat é um comando do Prompt de Comando usado para exibir informações muito detalhadas sobre como o seu computador está se comunicando com outros computadores ou dispositivos de rede.


Especificamente, o comando netstat pode mostrar detalhes sobre conexões de rede individuais, estatísticas de rede gerais e específicas de protocolo, e muito mais, tudo o que poderia ajudar a solucionar certos tipos de problemas de rede.


Para usar esse comando, execute o comando netstat sozinho para mostrar uma lista relativamente simples de todas as conexões TCP ativas que, para cada uma, mostrará o endereço IP local (seu computador), o endereço IP externo (o outro computador ou dispositivo de rede), juntamente com suas respectivas conexões. números de porta, bem como o estado do TCP. A lista mostrada abaixo, mostra algumas das opções disponíveis ao executar o comando:

  • -a = Este comutador exibe conexões TCP ativas, conexões TCP com o estado de escuta, bem como portas UDP que estão sendo ouvidas.

  • -b = Este comutador netstat é muito semelhante ao comutador -o listado abaixo, mas em vez de exibir o PID, exibirá o nome real do arquivo do processo. Usar -b over -o pode parecer que está economizando um ou dois passos, mas usá-lo pode, às vezes, estender bastante o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -e = Use este comutador com o comando netstat para mostrar estatísticas sobre sua conexão de rede. Esses dados incluem bytes, pacotes unicast, pacotes não unicast, descartes, erros e protocolos desconhecidos recebidos e enviados desde que a conexão foi estabelecida.

  • -f = A opção -f forçará o comando netstat a exibir o FQDN (Nome de Domínio Totalmente Qualificado) para cada endereço IP externo, quando possível.

  • -n = Use a opção -n para evitar que o netstat tente determinar nomes de host para endereços IP externos. Dependendo de suas conexões de rede atuais, o uso dessa opção poderá reduzir consideravelmente o tempo que o netstat leva para executar totalmente.

  • -o = Uma opção útil para muitas tarefas de solução de problemas, a opção -o exibe o identificador de processo (PID) associado a cada conexão exibida. Veja o exemplo abaixo para mais informações sobre o uso do netstat -o.

  • -p = Use a opção -p para mostrar conexões ou estatísticas apenas para um protocolo específico. Você não pode definir mais de um protocolo de uma só vez, nem pode executar o netstat com -p sem definir um protocolo.

  • Fonte: https://pt.tigersoftwaresolutions.com/windows/how-to-use-netstat-command-11275

User badge image

Pablob mm

Há mais de um mês

O comando netstat somente está disponível se o protocolo TCP/IP estiver instalado

netstat –a: O comando netstat com a opção –a exibe todas as portas de conexões e de escuta (listening). Conexões de servidor normalmente não são mostradas. Ou seja, o comando mostra as portas de comunicação que estão na escuta, isto é, que estão aptas a se comunicar.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

 

O comando netstat é um comando do Prompt de Comando usado para exibir informações muito detalhadas sobre como o seu computador está se comunicando com outros computadores ou dispositivos de rede. 


Especificamente, o comando netstat pode mostrar detalhes sobre conexões de rede individuais, estatísticas de rede gerais e específicas de protocolo, e muito mais, tudo o que poderia ajudar a solucionar certos tipos de problemas de rede.


Para usar esse comando, execute o comando netstat sozinho para mostrar uma lista relativamente simples de todas as conexões TCP ativas que, para cada uma, mostrará o endereço IP local (seu computador), o endereço IP externo (o outro computador ou dispositivo de rede), juntamente com suas respectivas conexões. números de porta, bem como o estado do TCP. A lista mostrada abaixo, mostra algumas das opções disponíveis ao executar o comando:

  • -a = Este comutador exibe conexões TCP ativas, conexões TCP com o estado de escuta, bem como portas UDP que estão sendo ouvidas.
  • -b = Este comutador netstat é muito semelhante ao comutador -o listado abaixo, mas em vez de exibir o PID, exibirá o nome real do arquivo do processo. Usar -b over -o pode parecer que está economizando um ou dois passos, mas usá-lo pode, às vezes, estender bastante o tempo que o netstat leva para executar totalmente.
  • -e = Use este comutador com o comando netstat para mostrar estatísticas sobre sua conexão de rede. Esses dados incluem bytes, pacotes unicast, pacotes não unicast, descartes, erros e protocolos desconhecidos recebidos e enviados desde que a conexão foi estabelecida.
  • -f = A opção -f forçará o comando netstat a exibir o FQDN (Nome de Domínio Totalmente Qualificado) para cada endereço IP externo, quando possível.
  • -n = Use a opção -n para evitar que o netstat tente determinar nomes de host para endereços IP externos. Dependendo de suas conexões de rede atuais, o uso dessa opção poderá reduzir consideravelmente o tempo que o netstat leva para executar totalmente.
  • -o = Uma opção útil para muitas tarefas de solução de problemas, a opção -o exibe o identificador de processo (PID) associado a cada conexão exibida. Veja o exemplo abaixo para mais informações sobre o uso do netstat -o.
  • -p = Use a opção -p para mostrar conexões ou estatísticas apenas para um protocolo específico. Você não pode definir mais de um protocolo de uma só vez, nem pode executar o netstat com -p sem definir um protocolo.

Fonte: https://pt.tigersoftwaresolutions.com/windows/how-to-use-netstat-command-11275

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas