A maior rede de estudos do Brasil

bIOETICA

Maria está com problemas de saúde e precisa amputar o seu pé. Ela acha que as pessoas são donas de seus corpos e não acredita que uma pessoa pode dispor de seus membros corporais ou funções somente até o ponto que isto é saudavelmente requerido. Os médicos não concordam com Maria e disseram-lhe que vão amputar-lhe o pé, mesmo que ela não concorde, pois caso contrário, ela poderá falecer. Isto é feito quando é necessário para o próprio bem da pessoa como um todo, assegurar a própria existência, ou remover áreas danificadas que não podem ser evitadas ou consertadas. Esta situação está dentro do princípio da totalidade na bioética. Isto é representativo de que:
 
  o princípio da totalidade na bioética estabelece simplesmente que a parte não existe em função do todo. Portanto, não podemos legitimamente sacrificar a parte do corpo se for necessário preservar a saúde de todo o corpo.
  o princípio da totalidade na bioética estabelece que os médicos são donos dos corpos dos pacientes e podem fazer com eles o que bem entenderem.
  o princípio da totalidade na bioética estabelece que todos são donos de seus corpo e podem fazer com ele o que bem entenderem.
  o princípio da totalidade na bioética estabelece que se a pessoa desejar pode sacrificar seu corpo e morrer.
  o princípio da totalidade na bioética estabelece simplesmente que a parte existe em função do todo. Portanto, podemos legitimamente sacrificar a parte do corpo se for necessário preservar a saúde de todo o corpo.

 

Ética IESTÁCIO

1 resposta(s)

User badge image

Barbara

Há mais de um mês

o princípio da totalidade na bioética estabelece simplesmente que a parte não existe em função do todo. Portanto, não podemos legitimamente sacrificar a parte do corpo se for necessário preservar a saúde de todo o corpo.

o princípio da totalidade na bioética estabelece simplesmente que a parte não existe em função do todo. Portanto, não podemos legitimamente sacrificar a parte do corpo se for necessário preservar a saúde de todo o corpo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes