A maior rede de estudos do Brasil

QUANDO O PRECO AUMENTA A RECEITA TOTAL AUMENTA SE A DEMANDA FOR ELASTICA


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A elasticidade de preço é usada pelos economistas para entender como a oferta ou a demanda muda, dadas as mudanças de preço, para entender o funcionamento da economia real.

Por exemplo, alguns bens são muito inelásticos , ou seja, seus preços não mudam muito devido a mudanças na oferta ou demanda, por exemplo, as pessoas precisam comprar gasolina para ir trabalhar ou viajar pelo mundo, e se os preços do petróleo aumentarem, as pessoas provavelmente ainda comprarão a mesma quantidade de gás. Por outro lado, certos bens são muito elásticos, seus movimentos de preço causam mudanças substanciais em sua demanda ou sua oferta.

Se a quantidade demandada de um produto exibe uma grande mudança em resposta a mudanças em seu preço, ele é denominado "elástico", isto é, quantidade esticada longe de seu ponto anterior. Se a quantidade comprada tiver uma pequena alteração em resposta ao seu preço, ela será denominada "inelástica". ou quantidade não se expandiu muito do ponto anterior.

Quanto mais discricionária for uma compra, mais sua quantidade cairá em resposta aos aumentos de preços, ou seja, quanto maior a elasticidade.

Por outro lado, quanto menos discricionário for um bem, menor será sua quantidade demandada. Exemplos inelásticos incluem itens de luxo em que os compradores "pagam pelo privilégio" de comprar uma marca, produtos viciantes e produtos complementares necessários.

A elasticidade de preço é usada pelos economistas para entender como a oferta ou a demanda muda, dadas as mudanças de preço, para entender o funcionamento da economia real.

Por exemplo, alguns bens são muito inelásticos , ou seja, seus preços não mudam muito devido a mudanças na oferta ou demanda, por exemplo, as pessoas precisam comprar gasolina para ir trabalhar ou viajar pelo mundo, e se os preços do petróleo aumentarem, as pessoas provavelmente ainda comprarão a mesma quantidade de gás. Por outro lado, certos bens são muito elásticos, seus movimentos de preço causam mudanças substanciais em sua demanda ou sua oferta.

Se a quantidade demandada de um produto exibe uma grande mudança em resposta a mudanças em seu preço, ele é denominado "elástico", isto é, quantidade esticada longe de seu ponto anterior. Se a quantidade comprada tiver uma pequena alteração em resposta ao seu preço, ela será denominada "inelástica". ou quantidade não se expandiu muito do ponto anterior.

Quanto mais discricionária for uma compra, mais sua quantidade cairá em resposta aos aumentos de preços, ou seja, quanto maior a elasticidade.

Por outro lado, quanto menos discricionário for um bem, menor será sua quantidade demandada. Exemplos inelásticos incluem itens de luxo em que os compradores "pagam pelo privilégio" de comprar uma marca, produtos viciantes e produtos complementares necessários.

User badge image

Lizza

Há mais de um mês

A receita total cresce quando há aumento do preço, ceteris paribus, se a demanda for INELÁSTICA.
User badge image

Andre

Há mais de um mês

A elasticidade de preço é usada pelos economistas para entender como a oferta ou a demanda muda, dadas as mudanças de preço, para entender o funcionamento da economia real.

Por exemplo, alguns bens são muito inelásticos , ou seja, seus preços não mudam muito devido a mudanças na oferta ou demanda, por exemplo, as pessoas precisam comprar gasolina para ir trabalhar ou viajar pelo mundo, e se os preços do petróleo aumentarem, as pessoas provavelmente ainda comprarão a mesma quantidade de gás. Por outro lado, certos bens são muito elásticos, seus movimentos de preço causam mudanças substanciais em sua demanda ou sua oferta.

Se a quantidade demandada de um produto exibe uma grande mudança em resposta a mudanças em seu preço, ele é denominado "elástico", isto é, quantidade esticada longe de seu ponto anterior. Se a quantidade comprada tiver uma pequena alteração em resposta ao seu preço, ela será denominada "inelástica". ou quantidade não se expandiu muito do ponto anterior.

Quanto mais discricionária for uma compra, mais sua quantidade cairá em resposta aos aumentos de preços, ou seja, quanto maior a elasticidade.

Por outro lado, quanto menos discricionário for um bem, menor será sua quantidade demandada. Exemplos inelásticos incluem itens de luxo em que os compradores "pagam pelo privilégio" de comprar uma marca, produtos viciantes e produtos complementares necessários.

User badge image

Lizza

Há mais de um mês

Sendo a demanda elástica ela reage mais que proporcionalmente a elevações no preço, logo: Quando o preço aumenta, a receita total diminui, ceteris paribus, se a demanda for elástica.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas