A maior rede de estudos do Brasil

Como calcular numero de Reynolds para uma temperatura de 23,8ºC, considerando Vazão = 100m³/h?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Fenômenos do Transporte”, mais especificamente “Mecânica dos Fluidos”


O número de Reynolds é um adimensional que relaciona as forças viscosas com as forças de inércia de um determinado escoamento. O resultado do cálculo deste parâmetro fornece uma ideia do regime do escoamento, se o mesmo é laminar, transitório ou turbulento.

As literaturas da área divergem entre os valores exatos para os limites que caracterizam os regimes de escoamento. Utilizando a definição encontrada no livro “Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”, de Bruce Munson, para Reynolds menor ou igual a 2100 o escoamento é laminar; Para Reynolds maior ou igual a 4000 o escoamento é turbulento e qualquer valor intermediário entre estes dois limites caracteriza um escoamento transitório.

Abaixo foi ilustrado um esquema da visualização de um jato de tinta presente em cada um dos regimes de escoamento, apenas para se ter uma ideia:

A expressão para o cálculo do número de Reynolds é dada por:


Onde -> Massa específica


-> Velocidade do escoamento

D -> Diâmetro do conduto (Tubo)


-> Viscosidade dinâmica

A temperatura não é contemplada na equação do número de Reynolds, porém ela exerce influência indireta sobre ele, pois a viscosidade dinâmica e a massa específica em fluidos variam com a temperatura. (Em líquidos, a viscosidade diminui com o aumento da temperatura, em gases aumenta a viscosidade com o aumento da temperatura).

Sabendo que a vazão volumétrica é dada por Q = V.A, podemos reescrever a expressão para o número de Reynolds em função dela.


Como não foi informado o tipo de fluido do escoamento nem o diâmetro da tubulação, assumiremos que se trata de água e o resultado do cálculo do número de Reynolds ficará em função do diâmetro.

Utilizando parte da tabela que nos interessa das propriedades da água em função da temperatura do livro de Munson, podemos interpolar a partir destes valores e achar as propriedades da água para uma temperatura de 23,8 º C.

w:tbl>Temperatura (ºC)Massa específica (kg/m³)Viscosidade dinâmica (N.s/m²)20998,223,830995,7

Interpolando linearmente da tabela:


Chegamos aos resultados de e

Da vazão volumétrica:

Utilizando :



Portanto, , com D em metros.


Fonte:“Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”

Autores: Bruce R. Munson

Donald F. Young

Theodore H. Okiishi

Tradução da 4ª edição americana

Ed. Edgard Blücher

Para esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Fenômenos do Transporte”, mais especificamente “Mecânica dos Fluidos”


O número de Reynolds é um adimensional que relaciona as forças viscosas com as forças de inércia de um determinado escoamento. O resultado do cálculo deste parâmetro fornece uma ideia do regime do escoamento, se o mesmo é laminar, transitório ou turbulento.

As literaturas da área divergem entre os valores exatos para os limites que caracterizam os regimes de escoamento. Utilizando a definição encontrada no livro “Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”, de Bruce Munson, para Reynolds menor ou igual a 2100 o escoamento é laminar; Para Reynolds maior ou igual a 4000 o escoamento é turbulento e qualquer valor intermediário entre estes dois limites caracteriza um escoamento transitório.

Abaixo foi ilustrado um esquema da visualização de um jato de tinta presente em cada um dos regimes de escoamento, apenas para se ter uma ideia:

A expressão para o cálculo do número de Reynolds é dada por:


Onde -> Massa específica


-> Velocidade do escoamento

D -> Diâmetro do conduto (Tubo)


-> Viscosidade dinâmica

A temperatura não é contemplada na equação do número de Reynolds, porém ela exerce influência indireta sobre ele, pois a viscosidade dinâmica e a massa específica em fluidos variam com a temperatura. (Em líquidos, a viscosidade diminui com o aumento da temperatura, em gases aumenta a viscosidade com o aumento da temperatura).

Sabendo que a vazão volumétrica é dada por Q = V.A, podemos reescrever a expressão para o número de Reynolds em função dela.


Como não foi informado o tipo de fluido do escoamento nem o diâmetro da tubulação, assumiremos que se trata de água e o resultado do cálculo do número de Reynolds ficará em função do diâmetro.

Utilizando parte da tabela que nos interessa das propriedades da água em função da temperatura do livro de Munson, podemos interpolar a partir destes valores e achar as propriedades da água para uma temperatura de 23,8 º C.

w:tbl>Temperatura (ºC)Massa específica (kg/m³)Viscosidade dinâmica (N.s/m²)20998,223,830995,7

Interpolando linearmente da tabela:


Chegamos aos resultados de e

Da vazão volumétrica:

Utilizando :



Portanto, , com D em metros.


Fonte:“Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”

Autores: Bruce R. Munson

Donald F. Young

Theodore H. Okiishi

Tradução da 4ª edição americana

Ed. Edgard Blücher

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Como calcular numero de Reynolds para uma temperatura de 23,8ºC, considerando Vazão = 100m³/h?


Para esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Fenômenos do Transporte”, mais especificamente “Mecânica dos Fluidos”


O número de Reynolds é um adimensional que relaciona as forças viscosas com as forças de inércia de um determinado escoamento. O resultado do cálculo deste parâmetro fornece uma ideia do regime do escoamento, se o mesmo é laminar, transitório ou turbulento.

As literaturas da área divergem entre os valores exatos para os limites que caracterizam os regimes de escoamento. Utilizando a definição encontrada no livro “Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”, de Bruce Munson, para Reynolds menor ou igual a 2100 o escoamento é laminar; Para Reynolds maior ou igual a 4000 o escoamento é turbulento e qualquer valor intermediário entre estes dois limites caracteriza um escoamento transitório.

Abaixo foi ilustrado um esquema da visualização de um jato de tinta presente em cada um dos regimes de escoamento, apenas para se ter uma ideia:

A expressão para o cálculo do número de Reynolds é dada por:


Onde -> Massa específica


-> Velocidade do escoamento

D -> Diâmetro do conduto (Tubo)


-> Viscosidade dinâmica

A temperatura não é contemplada na equação do número de Reynolds, porém ela exerce influência indireta sobre ele, pois a viscosidade dinâmica e a massa específica em fluidos variam com a temperatura. (Em líquidos, a viscosidade diminui com o aumento da temperatura, em gases aumenta a viscosidade com o aumento da temperatura).

Sabendo que a vazão volumétrica é dada por Q = V.A, podemos reescrever a expressão para o número de Reynolds em função dela.


Como não foi informado o tipo de fluido do escoamento nem o diâmetro da tubulação, assumiremos que se trata de água e o resultado do cálculo do número de Reynolds ficará em função do diâmetro.

Utilizando parte da tabela que nos interessa das propriedades da água em função da temperatura do livro de Munson, podemos interpolar a partir destes valores e achar as propriedades da água para uma temperatura de 23,8 º C.

w:tbl>Temperatura (ºC)Massa específica (kg/m³)Viscosidade dinâmica (N.s/m²)20998,223,830995,7

Interpolando linearmente da tabela:


Chegamos aos resultados de e

Da vazão volumétrica:

Utilizando :



Portanto, , com D em metros.


Fonte:“Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”

Autores: Bruce R. Munson

Donald F. Young

Theodore H. Okiishi

Tradução da 4ª edição americana

Ed. Edgard Blücher

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Fenômenos do Transporte”, mais especificamente “Mecânica dos Fluidos”


O número de Reynolds é um adimensional que relaciona as forças viscosas com as forças de inércia de um determinado escoamento. O resultado do cálculo deste parâmetro fornece uma ideia do regime do escoamento, se o mesmo é laminar, transitório ou turbulento.

As literaturas da área divergem entre os valores exatos para os limites que caracterizam os regimes de escoamento. Utilizando a definição encontrada no livro “Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”, de Bruce Munson, para Reynolds menor ou igual a 2100 o escoamento é laminar; Para Reynolds maior ou igual a 4000 o escoamento é turbulento e qualquer valor intermediário entre estes dois limites caracteriza um escoamento transitório.

Abaixo foi ilustrado um esquema da visualização de um jato de tinta presente em cada um dos regimes de escoamento, apenas para se ter uma ideia:

A expressão para o cálculo do número de Reynolds é dada por:


Onde -> Massa específica


-> Velocidade do escoamento

D -> Diâmetro do conduto (Tubo)


-> Viscosidade dinâmica

A temperatura não é contemplada na equação do número de Reynolds, porém ela exerce influência indireta sobre ele, pois a viscosidade dinâmica e a massa específica em fluidos variam com a temperatura. (Em líquidos, a viscosidade diminui com o aumento da temperatura, em gases aumenta a viscosidade com o aumento da temperatura).

Sabendo que a vazão volumétrica é dada por Q = V.A, podemos reescrever a expressão para o número de Reynolds em função dela.


Como não foi informado o tipo de fluido do escoamento nem o diâmetro da tubulação, assumiremos que se trata de água e o resultado do cálculo do número de Reynolds ficará em função do diâmetro.

Utilizando parte da tabela que nos interessa das propriedades da água em função da temperatura do livro de Munson, podemos interpolar a partir destes valores e achar as propriedades da água para uma temperatura de 23,8 º C.

w:tbl>Temperatura (ºC)Massa específica (kg/m³)Viscosidade dinâmica (N.s/m²)20998,223,830995,7

Interpolando linearmente da tabela:


Chegamos aos resultados de e

Da vazão volumétrica:

Utilizando :



Portanto, , com D em metros.


Fonte:“Fundamentos da Mecânica dos Fluidos”

Autores: Bruce R. Munson

Donald F. Young

Theodore H. Okiishi

Tradução da 4ª edição americana

Ed. Edgard Blücher

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas