A maior rede de estudos do Brasil

Quais fatores afetam a passagem de moléculas e íons através da membrana


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A capacidade de uma membrana de ser atravessada por algumas substâncias e não por outras define sua permeabilidade.

Em uma solução, encontram-se o solvente (meio líquido dispersante) e o soluto (partícula dissolvida). Classificam-se as membranas, de acordo com a permeabilidade, em 4 tipos:

  1. Permeável: permite a passagem do solvente e do soluto;

  2. Impermeável: não permite a passagem do solvente nem do soluto;

  3. Semipermeável: permite a passagem do solvente, mas não do soluto;

  4. Seletivamente permeável: permite a passagem do solvente e de alguns tipos de soluto.


A passagem de substâncias através das membranas celulares envolve vários mecanismos, entre os quais podemos citar:

Transporte passivo:

  • Osmose

  • Difusão simples

  • Difusão facilitada

  • Transporte ativo:

  • Bomba de sódio e potássio

  • Endocitose e exocitose

  • Pinocitose

  • Fagocitose


A passagem aleatória de partículas sempre ocorre de um local de maior concentração para outro de concentração menor (a favor do gradiente de concentração). Isso se dá até que a distribuição das partículas seja uniforme. A partir do momento em que o equilíbrio for atingido, as trocas de substâncias entre dois meios tornam-se proporcionais.

Fonte: https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Citologia/cito7.php

Acessado em 03/10/18

A capacidade de uma membrana de ser atravessada por algumas substâncias e não por outras define sua permeabilidade.

Em uma solução, encontram-se o solvente (meio líquido dispersante) e o soluto (partícula dissolvida). Classificam-se as membranas, de acordo com a permeabilidade, em 4 tipos:

  1. Permeável: permite a passagem do solvente e do soluto;

  2. Impermeável: não permite a passagem do solvente nem do soluto;

  3. Semipermeável: permite a passagem do solvente, mas não do soluto;

  4. Seletivamente permeável: permite a passagem do solvente e de alguns tipos de soluto.


A passagem de substâncias através das membranas celulares envolve vários mecanismos, entre os quais podemos citar:

Transporte passivo:

  • Osmose

  • Difusão simples

  • Difusão facilitada

  • Transporte ativo:

  • Bomba de sódio e potássio

  • Endocitose e exocitose

  • Pinocitose

  • Fagocitose


A passagem aleatória de partículas sempre ocorre de um local de maior concentração para outro de concentração menor (a favor do gradiente de concentração). Isso se dá até que a distribuição das partículas seja uniforme. A partir do momento em que o equilíbrio for atingido, as trocas de substâncias entre dois meios tornam-se proporcionais.

Fonte: https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Citologia/cito7.php

Acessado em 03/10/18

User badge image

Andre

Há mais de um mês

A capacidade de uma membrana de ser atravessada por algumas substâncias e não por outras define sua permeabilidade.

Em uma solução, encontram-se o solvente (meio líquido dispersante) e o soluto (partícula dissolvida). Classificam-se as membranas, de acordo com a permeabilidade, em 4 tipos:

  1. Permeável: permite a passagem do solvente e do soluto;

  2. Impermeável: não permite a passagem do solvente nem do soluto;

  3. Semipermeável: permite a passagem do solvente, mas não do soluto;

  4. Seletivamente permeável: permite a passagem do solvente e de alguns tipos de soluto.


A passagem de substâncias através das membranas celulares envolve vários mecanismos, entre os quais podemos citar:

Transporte passivo:

  • Osmose

  • Difusão simples

  • Difusão facilitada

  • Transporte ativo:

  • Bomba de sódio e potássio

  • Endocitose e exocitose

  • Pinocitose

  • Fagocitose


A passagem aleatória de partículas sempre ocorre de um local de maior concentração para outro de concentração menor (a favor do gradiente de concentração). Isso se dá até que a distribuição das partículas seja uniforme. A partir do momento em que o equilíbrio for atingido, as trocas de substâncias entre dois meios tornam-se proporcionais.

Fonte: https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Citologia/cito7.php

Acessado em 03/10/18

User badge image

Andre

Há mais de um mês

A capacidade de uma membrana de ser atravessada por algumas substâncias e não por outras define sua permeabilidade.

Em uma solução, encontram-se o solvente (meio líquido dispersante) e o soluto (partícula dissolvida). Classificam-se as membranas, de acordo com a permeabilidade, em 4 tipos:

  1. Permeável: permite a passagem do solvente e do soluto;
  2. Impermeável: não permite a passagem do solvente nem do soluto;
  3. Semipermeável: permite a passagem do solvente, mas não do soluto;
  4. Seletivamente permeável: permite a passagem do solvente e de alguns tipos de soluto.

A passagem de substâncias através das membranas celulares envolve vários mecanismos, entre os quais podemos citar:

Transporte passivo:

  • Osmose
  • Difusão simples
  • Difusão facilitada

Transporte ativo:

  • Bomba de sódio e potássio
  • Endocitose e exocitose
  • Pinocitose
  • Fagocitose

A passagem aleatória de partículas sempre ocorre de um local de maior concentração para outro de concentração menor (a favor do gradiente de concentração). Isso se dá até que a distribuição das partículas seja uniforme. A partir do momento em que o equilíbrio for atingido, as trocas de substâncias entre dois meios tornam-se proporcionais.

Fonte: https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Citologia/cito7.php

Acessado em 03/10/18

User badge image

Katia

Há mais de um mês

Todas as células do organismo, para sobreviver e praticar suas atividades orgânicas, têm que construir um ambiente favorável e apto. Isto é, ela deve construir um meio individualizado com características próprias que darão suporte a sua funcionalidade e sobrevivência. Diante desse fato, é razoável supor a existência de mecanismos intrínsecos capazes de controlar o ambiente interno das células em relação ao meio externo (plasma).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas