A maior rede de estudos do Brasil

quais são as principais características da administração no Brasil ?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração.


Os seguintes traços são observados na análise da gestão estratégica das organizações brasileiras:

  1. A concentração de poder: as organizações estabelecem a estratégia no nível superior e aquelas que a formulam mais informalmente têm a intuição do presidente ou de mais alguém próximo a ele como a fonte do pensamento estratégico.

  2. O personalismo: é um traço que visa a manutenção do poder, seja pela preservação das informações, seja pelo ritual do "pedir a bênção", para que todos saibam quem manda na organização. Isso deixa os liderados em uma condição de incerteza e insegurança, estimulando a busca de informação através da rede de relações mais próxima.

  3. O formalismo: utilizado para a busca do controle, da incerteza, no sentido de dar estabilidade à relação dos líderes com os liderados.

  4. Postura de espectador: é a relação cautelosa e às vezes passiva dos líderes brasileiros com seu ambiente de negócio. É a atitude de aceitar com passividade a condição externa e reagir defensivamente.

  5. Flexibilidade: as empresas conseguem reagir rapidamente às novas regras impostas durante os vários planos econômicos, buscando soluções pouco inovadoras, porém eficientes, para sua sobrevivência.


Além disso, o planejamento estratégico no Brasil apresenta dificuldades culturais para se fixar de forma mais natural e nos moldes como é tratado nos outros países. Nosso pragmatismo e nossa rapidez de adaptação dificultam uma posição para resultados de longo prazo. Tudo sempre recomeça, pois as premissas em que se baseou o planejamento não têm a visão de longo prazo. Para não se correr riscos, somente se faz o planejamento a curto prazo, e este deve ser constantemente revisto.


Portanto, as principais características da administração no Brasil são: a concentração de poder; o personalismo; o formalismo; a postura de espectador; e a flexibilidade.

Fonte: http://www.institutojetro.com/artigos/administracao-geral/o-estilo-brasileiro-de-administrar.html. Acesso em 15 de outubro de 2018.

Para responder essa pergunta, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração.


Os seguintes traços são observados na análise da gestão estratégica das organizações brasileiras:

  1. A concentração de poder: as organizações estabelecem a estratégia no nível superior e aquelas que a formulam mais informalmente têm a intuição do presidente ou de mais alguém próximo a ele como a fonte do pensamento estratégico.

  2. O personalismo: é um traço que visa a manutenção do poder, seja pela preservação das informações, seja pelo ritual do "pedir a bênção", para que todos saibam quem manda na organização. Isso deixa os liderados em uma condição de incerteza e insegurança, estimulando a busca de informação através da rede de relações mais próxima.

  3. O formalismo: utilizado para a busca do controle, da incerteza, no sentido de dar estabilidade à relação dos líderes com os liderados.

  4. Postura de espectador: é a relação cautelosa e às vezes passiva dos líderes brasileiros com seu ambiente de negócio. É a atitude de aceitar com passividade a condição externa e reagir defensivamente.

  5. Flexibilidade: as empresas conseguem reagir rapidamente às novas regras impostas durante os vários planos econômicos, buscando soluções pouco inovadoras, porém eficientes, para sua sobrevivência.


Além disso, o planejamento estratégico no Brasil apresenta dificuldades culturais para se fixar de forma mais natural e nos moldes como é tratado nos outros países. Nosso pragmatismo e nossa rapidez de adaptação dificultam uma posição para resultados de longo prazo. Tudo sempre recomeça, pois as premissas em que se baseou o planejamento não têm a visão de longo prazo. Para não se correr riscos, somente se faz o planejamento a curto prazo, e este deve ser constantemente revisto.


Portanto, as principais características da administração no Brasil são: a concentração de poder; o personalismo; o formalismo; a postura de espectador; e a flexibilidade.

Fonte: http://www.institutojetro.com/artigos/administracao-geral/o-estilo-brasileiro-de-administrar.html. Acesso em 15 de outubro de 2018.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração.


Os seguintes traços são observados na análise da gestão estratégica das organizações brasileiras:

  1. A concentração de poder: as organizações estabelecem a estratégia no nível superior e aquelas que a formulam mais informalmente têm a intuição do presidente ou de mais alguém próximo a ele como a fonte do pensamento estratégico.

  2. O personalismo: é um traço que visa a manutenção do poder, seja pela preservação das informações, seja pelo ritual do "pedir a bênção", para que todos saibam quem manda na organização. Isso deixa os liderados em uma condição de incerteza e insegurança, estimulando a busca de informação através da rede de relações mais próxima.

  3. O formalismo: utilizado para a busca do controle, da incerteza, no sentido de dar estabilidade à relação dos líderes com os liderados.

  4. Postura de espectador: é a relação cautelosa e às vezes passiva dos líderes brasileiros com seu ambiente de negócio. É a atitude de aceitar com passividade a condição externa e reagir defensivamente.

  5. Flexibilidade: as empresas conseguem reagir rapidamente às novas regras impostas durante os vários planos econômicos, buscando soluções pouco inovadoras, porém eficientes, para sua sobrevivência.


Além disso, o planejamento estratégico no Brasil apresenta dificuldades culturais para se fixar de forma mais natural e nos moldes como é tratado nos outros países. Nosso pragmatismo e nossa rapidez de adaptação dificultam uma posição para resultados de longo prazo. Tudo sempre recomeça, pois as premissas em que se baseou o planejamento não têm a visão de longo prazo. Para não se correr riscos, somente se faz o planejamento a curto prazo, e este deve ser constantemente revisto.


Portanto, as principais características da administração no Brasil são: a concentração de poder; o personalismo; o formalismo; a postura de espectador; e a flexibilidade.

Fonte: http://www.institutojetro.com/artigos/administracao-geral/o-estilo-brasileiro-de-administrar.html. Acesso em 15 de outubro de 2018.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

quais são as principais características da administração no Brasil ?

#administração#brasil


Para responder essa pergunta, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Administração.


Os seguintes traços são observados na análise da gestão estratégica das organizações brasileiras:

  1. A concentração de poder: as organizações estabelecem a estratégia no nível superior e aquelas que a formulam mais informalmente têm a intuição do presidente ou de mais alguém próximo a ele como a fonte do pensamento estratégico.

  2. O personalismo: é um traço que visa a manutenção do poder, seja pela preservação das informações, seja pelo ritual do "pedir a bênção", para que todos saibam quem manda na organização. Isso deixa os liderados em uma condição de incerteza e insegurança, estimulando a busca de informação através da rede de relações mais próxima.

  3. O formalismo: utilizado para a busca do controle, da incerteza, no sentido de dar estabilidade à relação dos líderes com os liderados.

  4. Postura de espectador: é a relação cautelosa e às vezes passiva dos líderes brasileiros com seu ambiente de negócio. É a atitude de aceitar com passividade a condição externa e reagir defensivamente.

  5. Flexibilidade: as empresas conseguem reagir rapidamente às novas regras impostas durante os vários planos econômicos, buscando soluções pouco inovadoras, porém eficientes, para sua sobrevivência.


Além disso, o planejamento estratégico no Brasil apresenta dificuldades culturais para se fixar de forma mais natural e nos moldes como é tratado nos outros países. Nosso pragmatismo e nossa rapidez de adaptação dificultam uma posição para resultados de longo prazo. Tudo sempre recomeça, pois as premissas em que se baseou o planejamento não têm a visão de longo prazo. Para não se correr riscos, somente se faz o planejamento a curto prazo, e este deve ser constantemente revisto.


Portanto, as principais características da administração no Brasil são: a concentração de poder; o personalismo; o formalismo; a postura de espectador; e a flexibilidade.

Fonte: http://www.institutojetro.com/artigos/administracao-geral/o-estilo-brasileiro-de-administrar.html. Acesso em 15 de outubro de 2018.

User badge image

evellyn

Há mais de um mês

Boa Comunicação, Liderança, Trabalho em Equipe, Saber Argumentar "defender sua idéias", Organização, Empreendedor, Inovação e Criatividade.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas