A maior rede de estudos do Brasil

Qual a importância de uma reação ser reversível ou irreversível no meio farmacêutico?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Físico-Química.


Nas reações reversíveis os reagentes podem ser transformar no produto e, por sua vez, os produtos podem se tornar os reagentes novamente.


Por outro lado, nas reações irreversíveis isso não pode ocorrer. Um exemplo é o comprimido de aspirina se dissolvendo em água. Não é possível transformar o líquido em comprimido novamente.

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Físico-Química.


Nas reações reversíveis os reagentes podem ser transformar no produto e, por sua vez, os produtos podem se tornar os reagentes novamente.


Por outro lado, nas reações irreversíveis isso não pode ocorrer. Um exemplo é o comprimido de aspirina se dissolvendo em água. Não é possível transformar o líquido em comprimido novamente.

User badge image

Julia

Há mais de um mês

A possibilidade da ação de um fármaco ser reversível ou não, está relacionada aos problemas que esse fármaco pode levar como a alergia, reações exacerbadas e intoxicação.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Físico-Química.


Nas reações reversíveis os reagentes podem ser transformar no produto e, por sua vez, os produtos podem se tornar os reagentes novamente.


Por outro lado, nas reações irreversíveis isso não pode ocorrer. Um exemplo é o comprimido de aspirina se dissolvendo em água. Não é possível transformar o líquido em comprimido novamente.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Físico-química I


Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Físico-Química.


Nas reações reversíveis os reagentes podem ser transformar no produto e, por sua vez, os produtos podem se tornar os reagentes novamente.


Por outro lado, nas reações irreversíveis isso não pode ocorrer. Um exemplo é o comprimido de aspirina se dissolvendo em água. Não é possível transformar o líquido em comprimido novamente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas