A maior rede de estudos do Brasil

Porque o poder regulamentar de que dispõem os chefes do Executivo, no que tange às leis, é exercitavel, mesmo relativamente?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

É que o poder regulamentar é aquele detido pelos chefes do Poder Executivo, que o exercem por meio de decretos e regulamentos, mas que não podem inovar no ordenamento jurídico, se limitando a estabelecer normas que visem ao fiel cumprimento da lei.

Assim, apesar de seu caráter normativo, o poder regulamentar é vinculado a lei anterior, não podendo criar direitos e obrigações diversos daqueles trazidos pela lei anterior que se está regulamentando.

É que o poder regulamentar é aquele detido pelos chefes do Poder Executivo, que o exercem por meio de decretos e regulamentos, mas que não podem inovar no ordenamento jurídico, se limitando a estabelecer normas que visem ao fiel cumprimento da lei.

Assim, apesar de seu caráter normativo, o poder regulamentar é vinculado a lei anterior, não podendo criar direitos e obrigações diversos daqueles trazidos pela lei anterior que se está regulamentando.

User badge image

Heitor

Há mais de um mês

Por que ainda que referido poder seja constitucionalmente garantido trata-se de poder derivado, ou relativo,  sendo restrito a mera complementação do texto legal, ou seja, é uma forma de expressar a função normativa do poder Executivo, com a restição de não podendo gerar inovação jurídica, o que é competência do poder legislativo.

Resumindo, é exercitável pois é previsto contitucionalmente, mas é relativo pois fica restrito a mera complementação de lei já existente na norma jurídico-formal vigente.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas