A maior rede de estudos do Brasil

estequiometria

  1. As soluções de ácido sulfúrico e acetato de chumbo (II) reagem para formar sulfato de chumbo (II) sólido e uma solução de ácido acético. Se 7,5 g de ácido sulfúrico e 7,5 g de acetato de chumbo (II) são misturados, calcule o número de gramas de ácido sulfúrico, acetato de chumbo (II), sulfato de chumbo (II) e acido acético presentes na mistura no final da reação.

 


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Camila Assis Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolvermos esse cálculo estequiométrico o primeiro passo é montarmos e balancearmos a reação do processo descrito no enunciado:

H2SO4 + Pb(CH3COO)2 → PbSO4 + 2 CH3COOH

Massas molares dos reagentes e produtos:

H2SO4 = 98 g/mol

Pb(CH3COO)2 = 325 g/mol

PbSO4 = 303 g/mol

CH3COOH = 60 g/mol

Nos foi dado no enunciado a massa dos dois reagentes, então vamos ver qual é o reagente limitante e qual está em excesso, já que o limitante (o que está em menor quantidade de matéria) dita o final da reação!

n H2SO4 = m / MM = 7,5 / 98 = 0,077 mol

n Pb(CH3COO)2 = 7,5 / 325 = 0,023 mol (LIMITANTE!)

Usando o reagente limitante, vamos encontrar as massas dos produtos que foram obtidas:

325 g de Pb(CH3COO)2 ---------- 303 g de PbSO4

                7,5 g              -----------             x

x = 7 g de PbSO4

 

325 g de Pb(CH3COO)2 ---------- 2 . 60 g de CH3COOH

                7,5 g              -----------             y

y = 2,8 g de CH3COOH

 

A proporção entre os reagentes é de 1:1, então 0,023 mol de Pb(CH3COO)2 reagiram com 0,023 mol de H2SO4 (reagente em excesso). Então temos 0,054 mol de H2SO4 em excesso, que não reagiram e sobram ao final da reação! Isso corresponde a 5,3 gramas de H2SO4.

excesso = 0,077 - 0,023 = 0,054 mol de H2SO

Então ao final da reação temos: zero gramas de Pb(CH3COO)2, já que ele reagiu completamente! 5,3 gramas de H2SO4, o reagente em excesso. 7 g de PbSO4 e 2,8 g de CH3COOH de produtos formados.

Para resolvermos esse cálculo estequiométrico o primeiro passo é montarmos e balancearmos a reação do processo descrito no enunciado:

H2SO4 + Pb(CH3COO)2 → PbSO4 + 2 CH3COOH

Massas molares dos reagentes e produtos:

H2SO4 = 98 g/mol

Pb(CH3COO)2 = 325 g/mol

PbSO4 = 303 g/mol

CH3COOH = 60 g/mol

Nos foi dado no enunciado a massa dos dois reagentes, então vamos ver qual é o reagente limitante e qual está em excesso, já que o limitante (o que está em menor quantidade de matéria) dita o final da reação!

n H2SO4 = m / MM = 7,5 / 98 = 0,077 mol

n Pb(CH3COO)2 = 7,5 / 325 = 0,023 mol (LIMITANTE!)

Usando o reagente limitante, vamos encontrar as massas dos produtos que foram obtidas:

325 g de Pb(CH3COO)2 ---------- 303 g de PbSO4

                7,5 g              -----------             x

x = 7 g de PbSO4

 

325 g de Pb(CH3COO)2 ---------- 2 . 60 g de CH3COOH

                7,5 g              -----------             y

y = 2,8 g de CH3COOH

 

A proporção entre os reagentes é de 1:1, então 0,023 mol de Pb(CH3COO)2 reagiram com 0,023 mol de H2SO4 (reagente em excesso). Então temos 0,054 mol de H2SO4 em excesso, que não reagiram e sobram ao final da reação! Isso corresponde a 5,3 gramas de H2SO4.

excesso = 0,077 - 0,023 = 0,054 mol de H2SO

Então ao final da reação temos: zero gramas de Pb(CH3COO)2, já que ele reagiu completamente! 5,3 gramas de H2SO4, o reagente em excesso. 7 g de PbSO4 e 2,8 g de CH3COOH de produtos formados.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas