A maior rede de estudos do Brasil

res

Sobre a vigência do novo CPC (Lei n. 13.105/15), assinale a alternativa correta:

 

O NCPC entra em vigor no dia 17 de março de 2016 e revoga integralmente o CPC/73.

 

O NCPC entra em vigor no dia 18 de março de 2016 e se aplica aos processos já em curso, salvo as exceções previstas no texto do próprio Código.

O NCPC entra em vigor no dia 18 de março de 2016 e só se aplica aos processos instaurados a partir dessa data.

O NCPC entra em vigor no dia 16 de março de 2016 e revoga integralmente o CPC/73.

o NCPC entra em vigor no dia 17 de março de 2016 e revoga grande parte do CPC/73.

   

 


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Gabarito: Letra B.

"O NCPC entra em vigor no dia 18 de março de 2016 e se aplica aos processos já em curso, salvo as exceções previstas no texto do próprio Código."

É o que decidiu o STJ, ao interpretar o diposto no art. 1.045, do CPC: "Este Código entra em vigor após decorrido 1 (um) ano da data de sua publicação oficial.”.

Como a publicação oficial se deu em 17/03/2015, um ano após essa data seria 17/03/2016, razão pela qual o Novo CPC passaria a vigorar no dia seguinte, ou seja, 18/03/2016.

Existem, contudo, exceções trazidas pelo próprio CPC, como é o caso, por exemplo, das ações de procedimento sumário ou especiais não sentenciadas na data de entrada em vigor do Novo CPC. É que esses procedimentos foram extintos, mas continuam seguindo o regime antigo, em razão do art. 1.046, §1º, do CPC/15:

"Art. 1.046. [...]

§ 1º As disposições da Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 , relativas ao procedimento sumário e aos procedimentos especiais que forem revogadas aplicar-se-ão às ações propostas e não sentenciadas até o início da vigência deste Código."

Gabarito: Letra B.

"O NCPC entra em vigor no dia 18 de março de 2016 e se aplica aos processos já em curso, salvo as exceções previstas no texto do próprio Código."

É o que decidiu o STJ, ao interpretar o diposto no art. 1.045, do CPC: "Este Código entra em vigor após decorrido 1 (um) ano da data de sua publicação oficial.”.

Como a publicação oficial se deu em 17/03/2015, um ano após essa data seria 17/03/2016, razão pela qual o Novo CPC passaria a vigorar no dia seguinte, ou seja, 18/03/2016.

Existem, contudo, exceções trazidas pelo próprio CPC, como é o caso, por exemplo, das ações de procedimento sumário ou especiais não sentenciadas na data de entrada em vigor do Novo CPC. É que esses procedimentos foram extintos, mas continuam seguindo o regime antigo, em razão do art. 1.046, §1º, do CPC/15:

"Art. 1.046. [...]

§ 1º As disposições da Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 , relativas ao procedimento sumário e aos procedimentos especiais que forem revogadas aplicar-se-ão às ações propostas e não sentenciadas até o início da vigência deste Código."

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas