A maior rede de estudos do Brasil

Com relação à chamada manifestação compulsória é possível afirmar que?

Ética I

ESTÁCIO


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Existe uma legislação que procura estabelecer e regulamentar como pode ser feito o transplante de órgãos, tecidos e outras partes do corpo que podem ser necessárias para outras pessoas e que podem ser retiradas de um corpo que não tem mais vida e que indicou que poderiam ser doados.

A manifestação compulsória, dentro deste contexto, indica que qualquer cidadão depois de uma certa idade que consiga tomar decisões por si mesmos possam fazer uma escolha formal sobre a doação ou não de seus órgãos, o que faz com que seja imprescindível que a pessoa possa decidir por si e deixar claro se quer ou não doar seus órgãos. Este sistema ainda não está em vigência em nenhum país.

Existe uma legislação que procura estabelecer e regulamentar como pode ser feito o transplante de órgãos, tecidos e outras partes do corpo que podem ser necessárias para outras pessoas e que podem ser retiradas de um corpo que não tem mais vida e que indicou que poderiam ser doados.

A manifestação compulsória, dentro deste contexto, indica que qualquer cidadão depois de uma certa idade que consiga tomar decisões por si mesmos possam fazer uma escolha formal sobre a doação ou não de seus órgãos, o que faz com que seja imprescindível que a pessoa possa decidir por si e deixar claro se quer ou não doar seus órgãos. Este sistema ainda não está em vigência em nenhum país.

User badge image

kelly .

Há mais de um mês

 

Defende o conceito de que todo cidadão deve fazer informalmente a opção entre ser um doador e a abordagem de mercado defende a possibilidade de incentivos financeiros à família do doador como forma de estimular as doações voluntárias.

     
     
     
     
User badge image

bruno peres

Há mais de um mês

Defende o conceito de que todo cidadão deve fazer formalmente a opção em ser um doador e defende a possibilidade de incentivos financeiros à família do doador como forma de estimular as doações voluntárias

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas