A maior rede de estudos do Brasil

o que tem no período refratário??


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O período refratário absoluto é aquele em que os canais de Na + sensíveis à tensão são inativos, portanto o transporte de íons sódio é inibido. Em vez disso, o período refratário relativo ocorre em algum lugar da fase de repolarização, onde os canais de Na + começam gradualmente a se reativar.

Dessa forma, adicionar um estímulo excitatório muito intenso pode fazer com que os canais (que estão fechados naquele momento) se abram e gerem um novo potencial de ação cuja amplitude depende de quanto o potencial de membrana se aproxima naquele momento. potencial de repouso. O período refratário relativo termina após a fase de hiperpolarização (ou pós-potencial) em que todos os canais de Na+ sensíveis à tensão estão fechados e disponíveis para um novo estímulo.

O período refratário absoluto é aquele em que os canais de Na + sensíveis à tensão são inativos, portanto o transporte de íons sódio é inibido. Em vez disso, o período refratário relativo ocorre em algum lugar da fase de repolarização, onde os canais de Na + começam gradualmente a se reativar.

Dessa forma, adicionar um estímulo excitatório muito intenso pode fazer com que os canais (que estão fechados naquele momento) se abram e gerem um novo potencial de ação cuja amplitude depende de quanto o potencial de membrana se aproxima naquele momento. potencial de repouso. O período refratário relativo termina após a fase de hiperpolarização (ou pós-potencial) em que todos os canais de Na+ sensíveis à tensão estão fechados e disponíveis para um novo estímulo.

User badge image

Jose Siva

Há mais de um mês

Refere-se à um período de latencia em que não consegue-se iniciar um novo potencial de ação.

User badge image

Ingrid Xavier

Há mais de um mês

O Período Refratário é dividido em: Período Refratário Absoluto e Período Refratário Relativo. É denominado Período Refratário Absoluto quando não é possível de gerar um segundo potencial de ação, mesmo sendo o estímulo forte, ou seja, enquanto a membrana ainda estiver despolarizada pelo potencial de ação precedente, um novo potencial não poderá ocorrer em uma fibra elástica.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas