A maior rede de estudos do Brasil

Além da função estrutural, que outros papéis desempenham as proteoglicanas e GAGs?

Fisiologia VegetalEscola Educar

2 resposta(s)

User badge image

Allan

Há mais de um mês

https://www.infoescola.com/histologia/substancia-fundamental/


substância fundamental é o elemento incolor, transparente e homogêneo que compõe o meio extracelular do tecido conjuntivo. Dentre os locais onde este elemento é encontrado, estão: humor vítreo (olho), cartilagem e geléia de Wharton (cordão umbilical).

Quimicamente falando, a substância fundamental intercelular é formada especialmente por glicosaminoglicanos (GAGs), também denominados mucopolissacarídeos ácidos, e compõe a porção principal dos proteoglicanos. A maioria dos GAGs presentes no tecido conjuntivo apresentam uma unidade repetitiva de dissacarídeo característica, que consiste em ácido urônico (ácido glicurônico) e hexosamina (glicosamina e galactosamina). Essas moleculas são precursoras de moléculas consideravelmente maiores, conhecidas como preteoglicanos, através de posterior ligação a eixos protéicos. Mais detalhadamente, os GAGs distribuem-se como cerdas ao redor de um filamento de proteína, associando-se a ela de forma covalente. Neste arranjo, os GAGs restringem-se em sua localização, unindo-se uns de acordo com os outros. As moléculas de grandes dimensões de proteolicanos também se associam de modo covalente a cadeias longas de ácido hialurônico, que consiste no glicosaminoglicano não-sulfatado.


https://www.infoescola.com/histologia/substancia-fundamental/


substância fundamental é o elemento incolor, transparente e homogêneo que compõe o meio extracelular do tecido conjuntivo. Dentre os locais onde este elemento é encontrado, estão: humor vítreo (olho), cartilagem e geléia de Wharton (cordão umbilical).

Quimicamente falando, a substância fundamental intercelular é formada especialmente por glicosaminoglicanos (GAGs), também denominados mucopolissacarídeos ácidos, e compõe a porção principal dos proteoglicanos. A maioria dos GAGs presentes no tecido conjuntivo apresentam uma unidade repetitiva de dissacarídeo característica, que consiste em ácido urônico (ácido glicurônico) e hexosamina (glicosamina e galactosamina). Essas moleculas são precursoras de moléculas consideravelmente maiores, conhecidas como preteoglicanos, através de posterior ligação a eixos protéicos. Mais detalhadamente, os GAGs distribuem-se como cerdas ao redor de um filamento de proteína, associando-se a ela de forma covalente. Neste arranjo, os GAGs restringem-se em sua localização, unindo-se uns de acordo com os outros. As moléculas de grandes dimensões de proteolicanos também se associam de modo covalente a cadeias longas de ácido hialurônico, que consiste no glicosaminoglicano não-sulfatado.


User badge image

Romildo

Há mais de um mês

Sim .. com certeza

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes