A maior rede de estudos do Brasil

Hospitalar

O quadro a seguir, mostra as atribuições dos estabelecimentos assistenciais de saúde criada por Matia (2017, p. 141) baseado na RDC 50/2002, estes dividem em duas tipologias de atribuições à saúde, as atribuições-meio e as atribuições-fim.  Figura - Atribuições de Estabelecimentos Assistenciais.  Fonte: MATIA, Graciele de. Ambiente e arquitetura hospitalar. [livro eletrônico]. Curitiba: InterSaberes, 2017.  Sabendo que 1, 2, 3 e 4 são atribuições-meio e são compostas pelos atendimentos diretos ao usuário e, 5, 6, 7 e 8 são atribuições-fim que consistem no apoio e gestão das 4 primeiras. Tendo ainda como base a RDC 50/2002 que discorre de forma mais enfática sob esse conceito. Assinale a alternativa que enumera de forma correta as características das atribuições do sistema de saúde de acordo com a RDC 50. Dentro do Sistema Único de Saúde a UBS é a base e porta de entrada, e cabe a equipe de Saúde da Família a prática de ações paliativas no tratamento de doenças e o encaminhamento do paciente para o próximo nível de atendimento. Cabe as atribuições-meio, realizarem ações de prevenção, promoção, tratamento e reabilitação dos indivíduos e da comunidade em que estão inseridos, de acordo com seu nível de complexidade. Cabe as atribuições-fim, realizarem ações de prevenção, promoção, tratamento e reabilitação dos usuários do sistema de saúde, visto que são a base da Rede de Atenção a Saúde e cabe a elas a prática da Atenção primária, secundária e terciária. As atribuições-fim são responsáveis, exclusivamente, pela gestão das atribuições-meio, deste modo, não há contato direto da comunidade com os equipamentos destas e são responsáveis pelas propostas de ações e políticas de saúde.

Ainda não temos resposta. Você sabe responder?