A maior rede de estudos do Brasil

Qual o papel do Enfermeiro em Saúde da Familia?

Enfermagem

UNIP


2 resposta(s)

User badge image

Vitoria Ximenes Verified user icon

Há mais de um mês

Dentre muitas das competências atribuídas ao enfermeiro há planejar, gerenciar e executar ações no âmbito da saúde individual e coletiva, além de supervisionar a assistência direta à população, realizar ações de promoção e prevenção de saúde, entre outros.
Dentre muitas das competências atribuídas ao enfermeiro há planejar, gerenciar e executar ações no âmbito da saúde individual e coletiva, além de supervisionar a assistência direta à população, realizar ações de promoção e prevenção de saúde, entre outros.
User badge image

Pastora Rodrigues

Há mais de um mês

Segundo a Portaria no 648, de 28 de março de 2006, do Ministério da Saúde, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica para o Programa Saúde da Família (PSF) e o Programa Agentes Comunitários de Saúde (PACS), as atribuições mínimas específicas de cada categoria profissional dentro do Programa Saúde da Família são as descritas a seguir. Cabe ao gestor municipal ampliá-las, de acordo com as especificidades locais.Do Enfermeiro:I – realizar assistência integral (promoção e proteção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde) aos indivíduos e famílias na USF e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demais espaços comunitários (escolas, associações etc), em todas as fases do desenvolvimento humano: infância, adolescência, idade adulta e terceira idade;II – conforme protocolos ou outras normativas técnicas estabelecidas pelo gestor municipal ou do Distrito Federal, observadas as disposições legais da profissão, realizar consulta de enfermagem, solicitar exames complementares e prescrever medicações;III – planejar, gerenciar, coordenar e avaliar as ações desenvolvidas pelos ACS;IV – supervisionar, coordenar e realizar atividades de educação permanente dos ACS e da equipe de enfermagem;V – contribuir e participar das atividades de Educação Permanente do Auxiliar de Enfermagem, ACD e THD; eVI – participar do gerenciamento dos insumos necessários para o adequado funcionamento da USF.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes