Aula 05 - conteudo on-line
6 pág.

Aula 05 - conteudo on-line


DisciplinaAnálise Organizacional3.093 materiais52.463 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Aula 05 \u2013 Análise organizacional.
Desenho departamental I.
Introdução.
A partir deste texto introdutório, você será capaz de entender melhor os conceitos estudados nesta aula, estando apto a relacionar o conteúdo que será aprendido com o contexto em que está inserido.
Para operar e trabalhar, a empresa precisa de departamentos. Desenho departamental refere-se à estrutura organizacional dos departamentos ou divisões da empresa, ou seja, ao esquema de diferenciação e de integração existente no nível intermediário da empresa.
Departamentalização.
Para Chiavenato (2000), \u201cé o nome dado à especialização horizontal na organização, por meio da criação de departamentalização, pela criação de departamentos para cuidar das atividades organizacionais\u201d. É decorrente da divisão do trabalho e da homogeneização das atividades.
Segundo Oliveira (1990), \u201cdepartamentalização é o agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondentes recursos (humanos, materiais e equipamentos) em unidades organizacionais\u201d.
Montana e Charnov (1998, p. 159), consideram departamentalização como sendo: \u201cum agrupamento de funções relacionadas em unidades gerenciáveis para atingir os objetivos organizacionais de maneira eficiente e eficaz\u201d.
O que é um departamento?
Departamento designa uma área, divisão ou um segmento distinto de uma empresa sobre o qual um administrador (seja diretor, chefe, supervisor, entre outros) tem autoridade para o desempenho de atividades específicas.
Departamentalização por funções.
Para Chiavenato (2000), departamentalização por funções consiste no agrupamento das atividades e tarefas de acordo com as funções principais desenvolvidas dentro da empresa. Se partirmos do ponto de vista de que qualquer empreendimento, compreende a criação de alguma utilidade dentro de uma economia de troca e as funções fundamentais de qualquer empresa consistem em produção, venda.
Produção - Criação de utilidade ou acréscimo de utilidade de um produto ou serviço.
Venda \u2013 Procura de fregueses, pacientes, clientes, estudantes ou membros que concordem em aceitar o produto ou serviço a um determinado preço.
Segundo Oliveira (1990), a departamentalização de função ou funcional terá desempenho desde que a empresa esteja numa situação de padrão adequado à departamentalização funcional. É um tipo bastante racional e interessante para a empresa. Mas podem surgir atritos provenientes de formação de problemas de comunicação e de entendimento. O excesso de burocracia na execução das atividades é um exemplo disso. A alta direção deve usar mecanismos adequados na resolução de possíveis atritos, e não os que estiverem mais acessíveis.  
Vantagens e desvantagens da departamentalização funcional.
Vantagens:
. Permite agrupar os especialistas sob uma única chefia comum, quando há uma tarefa especializada.
. Garante o máximo de utilização das habilidades técnicas das pessoas porque se baseia no princípio da especialização ocupacional.
. Permite economia pela utilização máxima de máquinas e de produção em massa.
. Orienta pessoas para uma específica atividade, concentrando sua competência de maneira eficaz. 
. Permite distinguir e manter o prestígio das funções principais da empresa, bem como realçar os objetivos primários e fundamentais da organização. 
. Indicada para circunstâncias estáveis e de pouca mudança que requeiram desempenho continuado de tarefas rotineiras. 
. Esta estrutura é indicada para empresas que tenham poucas linhas de produtos ou serviços, os quais permaneçam inalterados por longo tempo.
Desvantagens:
. A cooperação e comunicação interdepartamental, que é o contado e a comunicação entre diferentes departamentos, é reduzida, em decorrência do isolamento em relação aos outros departamentos, pois cada departamento funcional possui seus próprios objetivos e prioridades. 
. Com isso, sob pressão, criam-se diversas barreiras e conflitos entre os outros departamentos. Também geram limitações de autoridade e tomadas de decisões dos administradores.
. A estrutura funcional tende a ser muito burocratizada, o que requer uma estrutura administrativa mais elaborada, com um número maior de níveis hierárquicos.
. Dificulta a adaptação e a flexibilidade com relação a mudanças externas, pois a abordagem é interna e não visualiza o que acontece no ambiente externo da organização ou de outro departamento. É inadequada quando a tecnologia e as circunstâncias externas são mutáveis ou imprevisíveis.
. Devido à focalização interna de cada departamento e não nos objetivos globais da organização, existe uma carência de estruturas próprias de coordenação do andamento do trabalho, levando os problemas de coordenação para os níveis mais elevados da organização.
Aplicações da departamentalização funcional.
1ª) É indicada para ambientes estáveis e de pouca mudança, que requeiram desempenho constante e repetitivo de tarefas rotineiras.
2ª) É recomendada para empresas que tenham poucas linhas de produtos ou serviços e permaneçam inalteradas por longo tempo.
3ª) Ela reflete um dos mais altos níveis de auto-orientação e de introversão administrativa, demonstrando a preocupação da empresa com a própria estrutura interna e com a eficiência nas suas atividades.
Vantagens da departamentalização funcional.
Diferentes denominações para as principais funções da empresa.
DIRETORIA
DEPTO. DEPTO. DEPTO.
PRODUÇÃO VENDAS FINANÇAS
 SEÇÃO SEÇÃO DE SEÇÃO SEÇÃO SEÇÃO DE SEÇÃO DE SEÇÃO DE 
FABRICAÇÃO COMPRAS MANUTENÇÃO VENDAS FATURAMENTO CONTABILIDADE TESOURARIA
DIRETORIA
EMPRESA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO
INDUSTRIAL DE PRODUÇÃO DE VENDAS FINANCEIRO
EMPRESA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO
ATACADISTA DE PRODUÇÃO DE VENDAS FINANCEIRA
HOSPITAL DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO
 CLINICO DE VENDAS FINANCEIRO
 CLUBE DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO
 DE ESPORTES SOCIAL FINANCEIRO
 
FERROVIA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO
 DE TRAFEGO DE VENDAS FINANCEIRO
Departamentalização por produtos ou serviços.
Este tipo de departamentalização faz uma abordagem divisional, que envolve a diferenciação e o agrupamento das atividades e tarefas de acordo com os produtos ou serviços realizados, ou seja, os resultados esperados da empresa.
 A divisão do trabalho é feita por linhas de produtos ou de serviços, que se desempenham em todas as funções necessárias para a realização do produto ou serviço.
Todas as principais atividades e tarefas, similares ou não, relacionadas com um produto ou um serviço são reunidos e alocadas em um específico departamento no sentido de coordenar as atividades requeridas para cada tipo de resultado.
 A departamentalização por produtos ou serviços é indicada para circunstâncias ambientais instáveis e mutáveis, pois induz à cooperação e à coordenação entre especialistas, atividades e tarefas, para um melhor desempenho do produto ou serviço.
Vantagens e desvantagens da departamentalização funcional.
Vantagens:
A responsabilidade é totalmente imposta ao nível de cada divisão dos departamentos para cada produto ou serviço, ou seja, o administrador no cargo de chefia de cada