A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
37 pág.
83661520-Requisitos-Funcionais-viabilidade-Tecnica-2

Pré-visualização | Página 1 de 7

Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
1 
 
 
Requisitos Funcionais e 
Viabilidade Técnica 
Unidade Curricular de Projeto 
 
Universidade de Aveiro 
Departamento de Comunicação e Arte 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Docentes: 
Benjamin Júnior 
Hélder Caixinha 
Ivo Fonseca 
Pedro Amado 
 
Orientador: 
Mário Vairinhos 
 
Discentes: 
Ana Couceiro - 46056 
Ana Martins - 41688 
Joana Caetano - 39957 
 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
2 
 
 
Índice 
 
Requisitos Funcionais: ................................................................................................................... 4 
Requisitos não funcionais: ............................................................................................................ 9 
Marketing Digital: Divulgação através de redes sociais .............................................................. 10 
Viabilidade Técnica: .................................................................................................................... 19 
 
Índice de tabelas: 
 
Tabela 1 - Tabela referente aos requisitos funcionais do documentário; .................................... 8 
Tabela 2 – Tabela referente às plataformas de ajuda para o marketing no Facebook; ............. 18 
Tabela 3 - Tabela da viabilidade técnica referente as plataformas online de vídeo; .................. 20 
Tabela 4 – Tabela referente à viabilidade técnica: programas necessários na edição de vídeo, 
tratamento de áudio, imagem e linguagens de programação utilizadas na pré-produção; ...... 25 
Tabela 5 -Tabela da viabilidade técnica referente aos materiais necessários para a gravação; 36 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
3 
 
 Introdução: 
 
Qualquer projeto, independentemente da área em que se insere, tem que 
passar, obrigatoriamente, por uma análise de requisitos funcionais e não funcionais 
assim como um estudo de viabilidade técnica de modo a atingir um melhor 
desempenho. 
 Uma vez que o nosso trabalho é um documentário foi necessário adaptar esta 
análise às nossa necessidades. Deste modo, elaboramos uma lista de requisitos 
funcionais para o desenvolvimento do documentário e também para o plano de 
marketing que vamos implementar para a sua divulgação nas redes sociais. 
 Relativamente à viabilidade técnica foi realizada uma pesquisa sobre quais os 
equipamentos mais adequados para o trabalho de filmagem, quais os softwares mais 
apropriados para a edição e montagem do vídeo. 
 Uma vez que pretendemos divulgar o documentário para além das redes 
sociais, também foi feito um estudo sobre qual a melhor plataforma de partilha de 
vídeos para a divulgação do nosso trabalho. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
4 
 
Requisitos Funcionais: 
 
Na tabela que se segue são apresentado os requisitos funcionais necessários 
para a criação do documentário. 
 
Fases 
 
Tarefa 
 
 
Subtarefa 
 
Requisitos 
 
Descrição 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pré-produção 
 
Definição da estrutura 
do documentário 
 
É importante conhecer 
o tema a abordar em 
profundidade e, para 
tal, é importante 
investigar os assuntos, 
encontrar contatos de 
referência e analisar a 
documentação 
recolhida. 
Depois da conclusão 
desta tarefa está feita 
a primeira seleção de 
assuntos, situações, 
intervenientes e locais 
que vão fazer parte do 
documentário e 
contarão uma história. 
 
 
É a primeira tarefa a 
realizar pois sem esta 
estrutura bem definida é 
impossível construir um 
trabalho sólido. É 
necessário identificar os 
fatores condicionantes 
da estrutura do 
documentário. Definir 
quais serão os 
protagonistas, os locais 
de filmagem, preparar 
questionários, construir 
entrevistas. 
 
Guião 
 
Guião literário 
 
 
Guião técnico 
 
Para que a planificação 
do guião possa ser 
efetuada corretamente 
deverá ter lugar um 
reconhecimento prévio 
das condições que os 
locais de registo 
oferecem para o 
trabalho de filmagem. 
Não pode ser encarado 
como um documento 
rígido mas sim como 
um guia. 
 
 
 
 
 
 
O guião tem duas 
componentes no mesmo 
documento (a parte 
literária e a parte 
técnica). 
O guião literário consiste 
na narração completa 
ordenada em sequências 
e cenas. Aqui serão 
indicadas as ações 
protagonizadas pelos 
personagens no tempo e 
no espaço, a priori 
definidos bem como 
referência a elementos 
visuais e sonoros. 
O guião técnico consiste 
em acrescentar as 
especificações técnicas 
que possibilitam a 
transição do texto 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
5 
 
literário ao texto 
narrativo audiovisual. 
Esta fase antecede ao 
storyboard. 
 
Storyboard 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Os conteúdos deverão 
ser produzidos 
manualmente 
recorrendo a folha e 
lápis para a sua 
conceção. 
É importante que as 
ilustrações sejam 
muito elucidativas. 
 
É uma forma ilustrada 
de planificação das 
sequências em quadros 
desenhados e, é uma 
maneira eficaz de obter 
uma imagem rápida do 
conteúdo total do 
projeto. Para iniciar esta 
tarefa é necessário 
definir o conteúdo de 
todas as cenas do 
documentário. 
Pode ser um 
instrumento valioso na 
visualização do 
documentário antes da 
filmagem pois permite 
ver algumas coisas de 
forma mais clara. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Produção 
 
Captação de vídeo 
 
 
 
 
Iluminação 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Vídeo 
 
 
 
Iluminação agradável, 
caso necessário 
manipular o ambiente 
para que consigamos 
transmitir a mensagem 
pretendida. 
 
 
 
 
 
Captação de vídeo em 
formato HD para um 
aumento da qualidade. 
 
A boa iluminação, tanto 
natural como artificial é 
um ponto crucial na 
criação de um bom 
ambiente para a 
gravação. Com um 
estabilidade entre luz e 
sombras aliado ao facto 
da resolução de vídeo 
ser substancialmente 
maior do que a dos 
sistemas tradicionais, 
HD, é pretendido que o 
resultado seja uma 
imagem límpida e de 
alta qualidade. 
 
 
 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
6 
 
 
Captação de áudio 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Captação de áudio 
límpido, sem 
interferências e ruído, 
para que tal aconteça 
serão usados dois tipos 
de microfones: 
Omnidireccional e 
Hipercardioide. 
 
Para que a mensagem 
transmitida seja a 
correta e para que a 
mesma chegue ao 
utilizador da forma 
pretendida é necessário 
que não haja distorções 
no som captado. Os 
microfones escolhidos, 
ominidireccional 
 (capta sons num raio de 
360º graus e é ideal para 
captar sons que se 
encontram em 
movimento, exemplo: 
criança no recreio, no 
centro comercial, em 
atividades familiares) e 
hipercardioide (capta 
fontes sonoras 
discriminando 
totalmente outras 
fontes indesejadas) 
serão os responsáveis 
pela captação de um 
bom áudio. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pós-produção 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Conversão para 
 formato digital 
 
 
 
 
 
Áudio 
 
 
 
 
Vídeo 
 
Conversão de áudio do 
formato analógico para 
o formato digital sem 
perdas expressivas. 
 
Conversão de vídeo do 
formato analógico para 
o formato digital sem 
perdas expressivas. 
 
 
Para a conversão do 
áudio e do vídeo para 
formato digital serão 
necessários codecs. 
“Um codec é um 
dispositivo ou programa 
de computador capaz de 
codificação ou 
decodificação de uma 
digital de fluxo de dados 
ou sinal.” [1] 
 
Criação de infografias 
 
Produzir 
 
 
 
 
 
Sonorizar 
 
 
 
 
 
Para realizar esta 
tarefa é necessária a 
realização de 
inquéritos e 
entrevistas. 
 
É necessário utilizar 
bibliotecas de bons 
para pesquisar os sons 
pretendidos. Também 
podem ser utilizados 
 
Os conteúdos devem ser 
produzidos com 
recursos a ferramentas 
de desenho vetorial. 
 
 
Encontrar sons que se 
adequem e sejam 
apelativos para dar mais 
interesse às infografias. 
 
Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica 2012 
 
7 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Animar (criar motion 
graphics) 
 
 
 
sons capturados 
durante