72_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

72_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006


DisciplinaClimatologia1.925 materiais34.526 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva
Versão digital 2 \u2013 Recife, 2006
58
a) a distância correspondente ao incremento de 1o de longitude ao longo do equador e do
paralelo de 30o S; e
b) a velocidade tangencial de rotação de um observador, localizado no equador e à latitu-
de de 30o S.
2 - O raio médio do Sol está estimado em 6,96x1010 cm. Para que se tenha uma idéia melhor
das proporções do sistema Terra-Sol, considere-se aquele astro representado por uma bola
com 6,96 cm de raio. Mantidas as mesmas proporções, pede-se determinar:
a) qual o raio da esfera que representaria a Terra; e
b) a que distância esta esfera deveria ser colocada da que representa o Sol, para que
traduzisse a distância média Terra-Sol.
3 - Usando papel milimetrado, desenhar a curva que representa a variação da declinação do
Sol ao longo do ano e determinar, graficamente, para o caso da cidade onde reside, quais as
datas aproximadas em que a culminação deste astro é zenital.
4 - Desenhar as curvas que representam a variação anual do fotoperíodo no Recife (8o 11'S,
34o 55'W) e em Porto Alegre (30o 02'S, 51o 13'W).
5 - Um passageiro deseja viajar do Recife (8o 11'S, 34o 55'W) para São Caetano (8o 18'S, 36o
09'W), no ônibus que parte às 11 horas, ocupando uma cadeira junto à janela (para apreciar a
paisagem). Considerando que a rodovia se estende praticamente de leste para oeste, de que
lado do ônibus deveria sentar-se o passageiro a fim de não ser muito importunado pelo Sol,
caso essa viagem ocorresse
a) em junho ?
b) em dezembro ?
6 - Para um observador localizado no Recife (8o 11'S, 34o 55'W) deseja-se saber, por ocasião
do nascimento, do ocaso e da culminação do Sol (meio-dia solar verdadeiro), em 22 de junho e
em 21 de dezembro,
a) o ângulo de elevação e o azimute do Sol; e
b) a hora indicada no relógio (supostamente correta).
7 - Calcular o valor teórico da aceleração da gravidade para a altitude de 20 km, à latitude de
20o S e verificar o erro relativo cometido ao se considerar g praticamente constante ao longo da
vertical.
8 - Determinar a altitude equatorial na qual a aceleração da gravidade torna-se nula, para um
satélite geoestacionário.
9 - Mostrar que, se 
r
R e rr representam os raios da Terra e de um paralelo, respectivamente,
então:
r\u2126 ^ ( r\u2126 ^ rR) = r\u2126 ^ ( r\u2126 ^ rr )
10 - Estabelecer o módulo e a direção da aceleração de Coriolis quando o vento procede de
sul, a uma velocidade de 10 m s-1,