A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
QUESTIONARIO DIAGNOSTICO SÍFILIS

Pré-visualização | Página 1 de 2

Iniciado em
	terça, 9 nov 2021, 14:10
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	terça, 9 nov 2021, 14:28
	Tempo empregado
	17 minutos 11 segundos
	Avaliar
	7,00 de um máximo de 10,00(70%)
Parte superior do formulário
Questão 1
Completo
Atingiu 0,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
A principal via de transmissão do agente causador da sífilis é o contato sexual, seguido pela transmissão vertical durante o período de gestação de uma mãe com sífilis não tratada ou tratada inadequadamente para o feto. Embora raro nos dias de hoje, também pode ser transmitida por transfusão sanguínea.
Assinale a alternativa correta em relação ao agente causador da sífilis.
Escolha uma:
A. A sífilis é causada por Treponema pallidum, uma bactéria em forma de uma espiral fina com espiras regulares e pontas afiladas.
B. Treponema pallidum tem baixa resistência ao meio ambiente, ressecando-se rapidamente. É também muito sensível à ação do sabão e de outros desinfetantes, podendo sobreviver por até 10 horas em objetos úmidos.
C. Essa bactéria não cresce em meios artificiais e, desse modo, o diagnóstico é realizado pela pesquisa direta do agente em materiais biológicos ou por testes sorológicos.
D. Todas as alternativas estão corretas.
Questão 2
Completo
Atingiu 0,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Em gestantes não tratadas ou tratadas inadequadamente, a sífilis pode ser transmitida para o feto, mais frequentemente intraútero, embora a transmissão também possa ocorrer na passagem do feto pelo canal do parto. A probabilidade da infecção fetal é influenciada pelo estágio da sífilis na mãe e pela duração da exposição fetal. Assinale a alternativa correta em relação a sífilis congênita:
Escolha uma:
A. Se a gestante iniciar a gestação com sífilis já na fase de latência, não haverá risco para o feto;
B. Ao nascer, a criança com sífilis congênita pode apresentar lesões bolhosas em diversos locais do corpo, porém, são lesões não infectantes porque não contêm T. pallidum;
C. A transmissão é maior quando a mulher apresenta sífilis primária ou secundária durante a gestação;
D. A infecção congênita sempre apresenta sinais e sintomas característicos, que definem o diagnóstico clínico;
Questão 3
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Os kits de testes rápidos são apresentados em uma embalagem que contêm diversos insumos. Tanto a embalagem externa, quanto os insumos, podem apresentar lotes e datas de validade diferentes.
Qual data de validade deve ser considerada para utilização do kit?
Escolha uma:
A. A data de validade do capilar.
B. A data de validade do dispositivo de teste.
C. A data de validade localizada na parte externa da embalagem do kit.
D. A data de validade do tampão.
Questão 4
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Os testes rápidos (TR) para sífilis são mais uma opção de testes treponêmicos para serem utilizados nos fluxogramas recomendados pelo Ministério da Saúde para o diagnóstico e consequente tratamento da doença. 
Assinale a alternativa correta em relação aos TR para sífilis distribuídos no Brasil pelo MS:
Escolha uma:
A. São testes não treponêmicos que utilizam, como antígeno, colesterol ligado a membrana de nitrocelulose para capturar os anticorpos presentes na amostra.
B. Utilizam o princípio metodológico da imunocromatografia com fluxo lateral para detecção do treponema.
C. Apresenta uma área de teste, na qual os antígenos treponêmicos presentes na amostra, irão  ligar-se ao conjugado e aos anticorpos ligados à membrana de nitrocelulose.
D. Apresentam uma área denominada controle (C) que valida a migração da amostra por toda a membrana de nitrocelulose do dispositivo de teste.
Questão 5
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
A sífilis é uma enfermidade sistêmica exclusiva do ser humano. 
A apresentação dos sinais e sintomas da doença é muito variável e complexa. O seu diagnóstico pode ser realizado por pesquisa direta da bactéria ou por meio dos testes sorológicos treponêmicos e não treponêmicos.  Cada um deles tem sua importância nas diferentes fases de evolução da sífilis.
Assinale a alternativa correta em relação ao desempenho do teste nas fases da sífilis:
Escolha uma:
A. A sífilis latente é caracterizada pela ausência de sinais e sintomas e nessa fase, observa-se diminuição dos títulos nos testes  treponêmicos quantitativos e ausência de bactérias nos cancros genitais.
B. Na sífilis secundária somente os testes treponêmicos são reagentes. Embora haja um grande número de lesões na pele, elas não são infectantes, porque não contêm T. pallidum.
C. Na sífilis terciária, os testes treponêmicos apresentam altos títulos e os não treponêmicos  habitualmente sâo negativos. É recomendado fazer a pesquisa direta de T.pallidum nas gomas sifilíticas.
D. Na sífilis primária, pode ser realizada pesquisa direta de T. pallidum em amostras de lesões, aspirado de linfonodo e/ou material de biopsia. As bactérias podem ser observadas por microscopia de campo escuro, por coloração de Fontana Tribondeau ou por imunofluorescência direta. Os testes sorológicos podem apresentar-se não reagente no início da doença.
Questão 6
Completo
Atingiu 0,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
O fenômeno de prozona ocorre com os teste não treponêmicos e trata-se da ausência de reatividade em uma amostra que, embora contenha anticorpos, apresenta resultado não reagente quando é testada sem diluir – ou mesmo em baixas diluições.
Assinale a alternativa correta em relação a esse fenômeno.
Escolha uma:
A. É observado somente na sífilis primária, fase em que há produção de grande quantidade de anticorpos.
B. Esse fenômeno decorre da relação desproporcional entre as quantidades de antígenos e anticorpos presentes na reação. Pode ocorrer nas amostras de pessoas com sífilis que apresentam elevada quantidade de antígenos treponêmicos.
C. É observado principalmente na sífilis latente e na sífilis terciária, servindo como critério de diferenciação das demais fases.
D. Esse fenômeno decorre da relação desproporcional entre as quantidades de antígenos e anticorpos presentes na reação. Pode ocorrer nas amostras de pessoas com sífilis que apresentam elevada quantidade de anticorpos.
Questão 7
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Se não houver tratamento, após o desaparecimento dos sinais e sintomas da sífilis secundária a infecção entrará no período latente, considerado recente no primeiro ano e tardio após esse período. A sífilis latente não apresenta qualquer manifestação clínica. 
Assinale a alternativa correta em relação aos testes utilizados para diferenciar a fase de latência das demais fases da sífilis.
Escolha uma:
A. Para diferenciar esta fase da infecção primária, deve-se pesquisar no líquor a presença de anticorpos, utilizando-se RPR ou FTA-Abs.
B. Na fase de latência da sífilis todos os testes não treponêmicos e os treponêmicos são não reagentes.
C. Na fase de latência da sífilis todos os testes não treponêmicos são não reagentes e os treponêmicos são reagentes em altos títulos.
D. Para diferenciar esta fase da infecção primária, deve-se pesquisar no líquor a presença de anticorpos, utilizando-se o VDRL.
Questão 8
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
No Manual Técnico para o Diagnóstico da Sífilis aprovado pela Portaria n°2.012, de 19 de outubro de 2016, o Ministério da Saúde recomenda a utilização de diferentes fluxogramas para o diagnóstico da sífilis de acordo com a estrutura de cada unidade de saúde. Assinale a alternativa que contempla pelo menos um dos fluxogramas propostos pelo Ministério da Saúde.
Escolha uma:
A. VDRL inicial confirmado por teste não treponêmico;
B. Diagnóstico da sífilis com a utilização de testes rápido treponêmico como primeiro teste;
C. Diagnóstico da sífilis com um teste não-treponêmico;
D. Teste rápido inicial confirmado por teste treponêmico;
Questão 9
Completo
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Paulo realizou, no laboratório em que trabalha, os testes para diagnóstico