Buscar

Divisão celular

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

1 
 
 @jumorbeck 
 
Divisão celular 
↠ A divisão celular é observável ao microscópio de luz 
no processo denominado mitose, durante o qual uma 
célula (célula-mãe) se divide em duas, recebendo cada 
nova célula (célula-filha) um jogo cromossômico igual ao 
da célula-mãe. 
↠ Esse processo consiste, essencialmente, na duplicação 
dos cromossomos e na sua distribuição para as células-
filhas. 
↠ Quando não está em mitose, a célula está na interfase. 
A mitose é um processo contínuo que pode ser dividido 
em fases, as quais são identificadas ao microscópio. 
Ciclo celular 
↠ O ciclo celular está dividido em quatro etapas, 
identificadas como G1, S, G2 e M. 
↠ As três primeiras constituem a interfase, distinguindo-
se da mitose, quando ocorre a divisão celular. 
↠ Durante a fase G1 ocorre a síntese de RNA e de 
proteínas, e aumento do volume da célula. As células dos 
tecidos que não se renovam saem do ciclo celular na fase 
G1 e entram na chamada fase G-zero. 
↠ Na fase G1 localiza-se o ponto de restrição, que impede 
a passagem de células que ainda não acumularam uma 
quantidade crítica de proteínas importantes para a 
continuação do ciclo. 
↠ Durante a fase S ocorrem a síntese do DNA e a 
duplicação dos centrossomos e centríolos. 
↠ Na fase G2 há outro ponto de checagem; se não 
houver correção de eventuais erros da etapa anterior, a 
célula pode ser direcionada à morte. Durante a G2, as 
células acumulam energia para ser usada durante a mitose 
e sintetizam tubulina para formar os microtúbulos do fuso 
mitótico. 
Fases da mitose 
PRÓFASE 
↠ Caracteriza-se pela condensação gradual da cromatina 
(o DNA foi duplicado na interfase), que constituirá os 
cromossomos mitóticos. 
↠ O envoltório nuclear fragmenta-se no final da prófase 
em virtude da fosforilação da lâmina nuclear, originando 
vesículas que permanecem no citoplasma e reconstituem 
o envelope nuclear no final da mitose. 
↠ Os centrossomos e seus centríolos, que se duplicaram 
na interfase, separam-se, migrando um par para cada polo 
da célula. 
↠ Começam a aparecer microtúbulos entre os dois 
pares de centríolos, iniciando-se a formação do fuso 
mitótico. 
↠ Durante a prófase, o nucléolo se desintegra. 
METÁFASE 
↠ Os cromossomos migram graças à participação dos 
microtúbulos e se dispõem no plano equatorial da célula. 
↠ Cada cromossomo divide-se longitudinalmente em 
duas cromátides, que se prendem aos microtúbulos do 
fuso mitótico por meio de uma região especial, o 
cinetocoro, localizado próximo ao centrômero. 
ANÁFASE 
↠ Por um processo complexo, os cromossomos filhos 
separam-se e migram para os polos da célula, seguindo a 
direção dos microtúbulos do fuso. 
↠ Nesse deslocamento, os centrômeros seguem na 
frente e são acompanhados pelo restante do 
cromossomo. O centrômero é uma região mais estreita 
(constrição) do cromossomo, que mantém as cromátides 
juntas até o início da anáfase. 
TELÓFASE 
↠ Caracteriza-se pela reconstrução dos envoltórios 
nucleares das células-filhas, em consequência da 
JUNQUEIRA, 13ª ed. 
2 
 
 @jumorbeck 
 
desfosforilação (remoção dos radicais PO43–) dos 
filamentos da lâmina nuclear e da fusão das vesículas 
originadas do envoltório nuclear no final da prófase. 
↠ Os cromossomos tornam-se gradualmente menos 
condensados e são puxados para os polos extremos da 
célula, o que leva ao reaparecimento da cromatina. À 
medida que o núcleo interfásico se refaz, os nucléolos se 
reconstituem. 
↠ A divisão do material nuclear é acompanhada pela 
divisão do citoplasma, por um processo denominado 
citocinese, que se inicia na anáfase e termina após a 
telófase. 
↠ A citocinese consiste no aparecimento de um anel que 
contém actina e miosina, abaixo da membrana celular, na 
zona equatorial da célula. 
↠ A diminuição gradual do diâmetro desse anel acaba 
dividindo o citoplasma em duas partes iguais, cada uma 
com um núcleo novo, originando as duas células-filhas. 
Obs.: A maioria dos tecidos está em constante renovação 
celular por divisão mitótica, para substituição das células 
que morrem. Essa renovação é muito variável de um 
tecido para outro. Todavia, há exceções, como o tecido 
nervoso e o músculo do coração, cujas células perderam 
a capacidade de realizar a mitose. Uma vez destruídos, 
esses tecidos não se regeneram. 
3 
 
 @jumorbeck