A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Epidemiologia do aleitamento materno e suas ações no brasil e no mundo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Epidemiologia do aleitamento materno e suas ações no brasil e no mundo.Amamentação no mundo
· A amamentação é culturalmente construída, não apenas algo fisiológico. 
· Apenas 4 em cada bebe no mundo são alimentados exclusivamente ate os 6 meses – pacto internacional para que o índice chegue a 50% ate o ano de 2025.
· Somente 43$ das crianças recém-nascidas são amamentadas na primeira hora de vida (gold hour). 
· Apenas 12% dos países do mundo oferecem licença adequada para incentivo do AM. Licença adequada é aquela que não compromete questões de renda familiares. 
· Países de alta renda tem menor duração da amamentação que países de renda baixa e media e isso deve-se em geral pela alta inserção da mulher no mercado de trabalho que retornam ao trabalho mais cedo.
· No período de 1986 a 2006 houve aumento dos indicadores de aleitamento materno e exclusivo seguido de estabilização ate 2013. No entanto a amamentação continuada manteve-se estável entre 1986 a 2006 e aumento de 2006 a 2013. (aumento das políticas públicas)
· Desaceleração dos ganhos do aleitamento materno principalmente dos 3 a 5 meses, período ainda mais importante. 
· A promoção do aleitamento materno caminha junto com as politicas publicas para mulher e criança. 
· Ações no brasil: 
1. Estratégia amamenta e alimenta brasil 
2. Banco de leite humano (reserva, espaço de educação em saúde e apoio a amamentação)
3. Iniciativa hospital amigo da criança: 39 hospitais com esse selo. Visa no apoio de todo o hospital para o aleitamento materno com capacitação para que o profissional seja efetivado.
4. Lei 11.265\06 que regulamenta a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância 
5. Semana mundial do aleitamento materno