Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
49 pág.
Slides de Aula - Unidade II

Pré-visualização | Página 1 de 3

Profa. Ma. Priscila Zinczynszyn
UNIDADE II
Estudos Disciplinares
Os Direitos do Consumidor nas 
Compras On-line e no Dia a Dia
 Primeiramente, não se esqueça de guardar a nota fiscal ao fazer uma compra, pois ela será 
exigida em caso de troca.
Unidade II: Troca de produto
Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/
File:Atenção.jpg
Troca de produto com defeito
 A reclamação deve ser feita junto à loja ou fabricante, observando os prazos previstos na lei.
Artigo 26 do CDC
Unidade II: Troca de produto
Troca de produto com defeito Aparente
 Produtos não duráveis 
30 dias
 Produtos duráveis
90 dias
Unidade II: Troca de produto
Fonte: https://opas.org.br/
leite-faz-bem-ou-faz-mal/
Fonte: https://pixabay.com/fr/
vectors/télévision-tv-écran-voir-
regarder-148223/
Troca de produto com defeito Aparente
 Produto essencial 
Imediata
Unidade II: Troca de produto
Fonte: 
https://www.kaneconsulting.
biz/blog/2012/time-to-get-
social-with-your-toaster/
Quando inicia-se a contagem do prazo?
A partir da entrega efetiva do produto
(artigo 26, § 1º, do CDC)
Unidade II: Troca de produto
Quando o defeito é oculto, quando o prazo inicia-se?
Inicia-se no momento em que ficar evidenciado o defeito
(artigo 26, § 3º, do CDC)
Unidade II: Troca de produto
Troca de produto sem defeito
 Não existe previsão legal.
 Mas, havendo uma política interna de troca pelo fornecedor, ela deve ser cumprida.
 Frise-se que as regras têm de ser apresentadas de forma clara ao consumidor no
momento da compra.
Unidade II: Troca de produto
Fonte: https://gartic.com.br/
douglasrafael/desenho-jogo/a-troca
Caso o fornecedor não respeite as condições estabelecidas pela sua própria 
política interna, no que o consumidor pode se basear para exercer seu direito?
O consumidor poderá se socorrer ao artigo 35 do CDC, que dispõe:
Unidade II: Troca de produto
“Art. 35. Se o fornecedor de produtos ou serviços recusar cumprimento à oferta, apresentação 
ou publicidade, o consumidor poderá, alternativamente e à sua livre escolha:
I. exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, 
apresentação ou publicidade;
II. aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente;
III. rescindir o contrato, com direito à restituição de quantia eventualmente 
antecipada, monetariamente atualizada, e a perdas e danos.”
Unidade II: Troca de produto
Não gostei do produto, posso trocar? 
Assinale a alternativa correta.
a) Não pode trocar porque não há previsão legal. 
b) Pode trocar no prazo de 30 dias, tratando-se de bens não duráveis.
c) Pode trocar desde que o fornecedor tenha uma política interna neste sentido.
d) O estabelecimento é obrigado a realizar a troca.
e) A troca é um direito previsto no Código de Defesa do Consumidor. 
Interatividade
Resposta
Não gostei do produto, posso trocar? 
Assinale a alternativa correta.
a) Não pode trocar porque não há previsão legal.
b) Pode trocar no prazo de 30 dias, tratando-se de bens não duráveis.
c) Pode trocar desde que o fornecedor tenha uma política interna neste sentido.
d) O estabelecimento é obrigado a realizar a troca.
e) A troca é um direito previsto no Código de Defesa do Consumidor. 
Qual é o prazo do fornecedor para trocar um produto com defeito?
Prazo máximo de 30 dias
(artigo 18, § 1º, CDC)
Unidade II: Troca de produto
Se passados 30 dias e o fornecedor não trocar o produto, o que o consumidor pode exigir?
O consumidor terá três opções (artigo 18, incisos I, II e III do CDC):
a) Substituição do produto;
b) Restituição da quantia paga;
c) Abatimento proporcional do preço.
Unidade II: Troca de produto
Fonte: https://www.electionscience.org/
voting-methods/runoff-election-the-limits
-of-ranked-choice-voting/
O consumidor pode desistir da compra e pedir o dinheiro de volta?
O direito de arrependimento está previsto no artigo 49 do CDC, 
mas apenas para as compras realizadas pela internet.
Unidade II: Direito de arrependimento
 O Código de Defesa do Consumidor proíbe a publicidade enganosa ou abusiva (artigo 37).
 O desacordo das normas de proteção às relações de consumo ensejará ao sujeito causador 
do dano o dever de reparação, ou seja, o dever de indenizar.
Unidade II: Propaganda enganosa ou abusiva
Fonte: https://commons.wikimedia.org/
wiki/ File:Emoji_u1f4b0.svg
Os contratos devem conter: 
a) Letras em tamanho de fácil leitura;
b) Linguagem clara e simples, de fácil entendimento; 
c) As cláusulas limitativas de direitos do consumidor são até possíveis, 
mas desde que lhes seja dado o devido destaque.
Unidade II: Proteção contratual
 Os contratos que regulam as relações de consumo não obrigarão os 
consumidores se forem redigidos de modo a dificultar a compreensão 
de seu sentido e alcance (artigo 46 do CDC).
 “As cláusulas contratuais serão interpretadas de maneira mais 
favorável ao consumidor” (artigo 47 do CDC).
Unidade II: Proteção contratual
Contrato de adesão
 É aquele que o fornecedor entrega já pronto ao consumidor, sem que este possa discutir 
ou modificar substancialmente seu conteúdo.
Artigo 54 do CDC
Unidade II: Contrato de adesão
Fonte: https://echapsicologia.es/
estres-y-ansiedad-en-nuestras-
vidas/manos-atadas-2/
Cláusulas abusivas
 São aquelas que geram desvantagem ou prejuízo para o consumidor, em benefício 
do fornecedor, ferindo os princípios da boa-fé e da equidade.
 São cláusulas nulas de pleno direito.
Unidade II: Cláusulas abusivas
Hipóteses de cláusulas abusivas no CDC
a) Cláusula de não indenizar (artigo 51, I);
b) Impedimento de Reembolso (artigo 51, II);
c) Transferência de Responsabilidade (artigo 51, III);
d) Cláusulas que estabeleçam obrigações desproporcionais (artigo 51, IV);
e) Ônus da prova transferido ao consumidor (artigo 51, VI);
f) Arbitragem (artigo 51, VII);
g) Imposição de Representante (artigo 51, VIII);
Unidade II: Hipóteses de cláusulas abusivas
h) Inversão de Papéis (artigo 51, IX);
i) Variação Unilateral de Preço (artigo 51, X);
j) Cancelamento Unilateral do Contrato (artigo 51, XI);
k) Ressarcimento de Custos (artigo 51, XII);
l) Modificação Unilateral do Contrato (artigo 51, XIII);
m) Violação de Normas Ambientais (artigo 51, XIV);
n) Desconformidade com o Sistema Protetivo (artigo 51, XV);
o) Benfeitorias Necessárias (artigo 51, XVI);
p) Multa de Mora e Liquidação Antecipada (artigo 52, §§ 1º e 2º).
Unidade II: Hipóteses de cláusulas abusivas
Assinale a alternativa incorreta.
a) Publicidade enganosa é a que contém informações falsas e também a que esconde 
ou deixa faltar informação importante sobre um produto ou serviço.
b) Tudo o que for anunciado deve ser cumprido. 
c) No contrato de adesão, os direitos, deveres e condições são estabelecidos pelo fornecedor, 
sem que o consumidor possa discutir ou modificar substancialmente seu conteúdo.
d) As cláusulas contratuais serão interpretadas de maneira mais favorável ao consumidor. 
e) As cláusulas abusivas não são nulas.
Interatividade
Assinale a alternativa incorreta.
a) Publicidade enganosa é a que contém informações falsas e também a que esconde 
ou deixa faltar informação importante sobre um produto ou serviço.
b) Tudo o que for anunciado deve ser cumprido. 
c) No contrato de adesão, os direitos, deveres e condições são estabelecidos pelo fornecedor, 
sem que o consumidor possa discutir ou modificar substancialmente seu conteúdo.
d) As cláusulas contratuais serão interpretadas de maneira mais favorável ao consumidor. 
e) As cláusulas abusivas não são nulas.
Resposta
Outorga de crédito ou concessão de financiamento
 O fornecedor deverá, entre outros requisitos, informar 
o consumidor prévia e adequadamente sobre:
a) O preço do produto ou serviço em moeda corrente nacional;
b) O montante dos juros de mora e da taxa efetiva anual de juros;
c) Os acréscimos legalmente previstos;
d) O número e periodicidade das prestações;
e) A soma total a pagar, com e sem financiamento.
Unidade
Página123