Buscar

POTENCIAL DE AÇÃO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

POTENCIAL DE AÇÃO E POTENCIAL DE MEMBRANA (REPOUSO)
POTENCIAIS ELÉTRICOS DAS CÉLULAS
POTENCIAL DE REPOUSO:
- Potencial de membrana é a diferença de potencial existente entre o meio intra e extra celular de uma célula; 
- O potencial da membrana é -90 mV, isto é, no interior da fibra é 90 mV mais negativo que o potencial no líquido extracelular
POTENCIAL DE MEMBRANA
(origem)
-Potencial de Repouso da Membrana 
-Permeabilidade da membrana é menor ao Na que ao k quando a célula está em repouso; 
-Bombeia sódio para fora da fibra e ao mesmo tempo, bombeia potássio para dentro dela (3 Na+ para fora em troca de 2 K+ para o interior), deixando um déficit real de íons positivos no interior, isso produz uma carga negativa no interior da membrana celular 
-Íons proteicos negativos que não se difundem de dentro para fora da célula; 
POTENCIAL DE AÇÃO
AÇÃO NEURAL:
-Os sinais nervosos são transmitidos por potenciais de ação que são variações rápidas do potencial da membrana;
-Começa por uma alteração do potencial de repouso, normalmente negativo, para um potencial de membrana positivo;
FASES DO PA
Para conduzir o sinal neural, um potencial de ação se desloca, ao longo da fibra nervosa, até atingir sua extremidade.
DESPOLARIZAÇÃO
-A membrana fica subitamente permeável aos íons sódio, permitindo o fluxo de grande quantidade de íons sódio com carga positiva para o axônio. O estado normal (-90mV) desaparece. Isso é chamado de despolarização;
REPOLARIZAÇÃO
-Após a membrana ter ficado muito permeável aos íons sódio, os canais de sódio começam a se fechar, enquanto os canais de potássio se abrem mais do que o fazem normalmente, permitindo a rápida difusão de íons potássio para o exterior da fibra, o que restabelece o potencial negativo de repouso.
RETORNO AO ESTADO DE REPOUSO
- Corresponde ao potencial de repouso da membrana antes que comece o potencial de ação. Diz-se que a membrana esta polarizada devido à presença de grande potencial negativo da membrana;
FASES DO POTENCIAL DE AÇÃO
- Estado de repouso
- Etapa de despolarização
- Etapa de repolarização
CANAIS DE SÓDIO
Apresenta duas comportas: comporta de ativação e inativação. 
-No estado normal de repouso, a comporta de ativação está fechada, o que impede a entrada de íons sódio para dentro da célula. Porém a comporta de inativação esta aberta para a saída de íons sódio. 
- Quando o potencial da membrana fica menos negativo do que no estado de repouso, provoca uma alteração conformacional da comporta de ativação, levando-a à posição aberta. Durante este estado, os íons sódio, literalmente, “despencam” pelos canais. 
-Após ter ficado aberto por “pouco” tempo, ele se fecha e os íons sódio não mais podem passar para dentro da membrana e, portanto, começa a retornar ao estado do potencial de repouso.
CANAIS DE POTÁSSIO
-Durante o estado de repouso, a comporta do canal de potássio está fechada e os íons potássio ficam impedidos de passar por este canal para o exterior; 
-Quando varia o potencial da membrana, produz uma lenta alteração conformacional, abrindo a comporta e permitindo a difusão de grande quantidade de potássio por esse canal para o exterior; 
-A diminuição do influxo de sódio para dentro da célula e o aumento simultâneo do efluxo de potássio da célula aceleram muito a repolarização, levando à plena recuperação do potencial de repouso da membrana.

Outros materiais