A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Aquecimento Terapêutico

Pré-visualização | Página 1 de 1

Recursos terapêuticos Físicos 
@fisiocatarinaalmeida 
 
Recursos Terapêuticos Físicos 
@fisiocatarinaalmeida
 
Por que estudar sobre o calor? 
O aquecimento tem sido usado durante 
séculos para o alívio da dor, redução de 
espasmos musculares, relaxamento 
muscular, facilita a cicatrização, 
vasodilatação, aumenta fluxo sanguíneo, 
prepara articulações e tecido muscular 
para o exercício. 
Você sabe o que é espasmo 
muscular? Como que o calor pode ajudar 
na melhora do espasmo muscular? 
O espasmo muscular é uma contração 
muscular involuntária. 
 Existe o ciclo: Espasmo que 
leva a dor que leva a diminuição de 
amplitude. 
E o calor interfere quebrando esse ciclo 
porque relaxa a musculatura. 
 
Calor Superficial e Profundo – qual a 
diferença? 
 Calor Superficial: aumenta a 
temperatura do tecido entre 1 a 3cm de 
profundidade e ATINGE APELAS PELE. 
 
Exemplos de recursos que emitem calor 
superficial: 
- Compressas quente e úmidas 
- Turbilhão 
- Banho de cera de parafina (não tem 
muita evidência científica) 
- Manta Térmica eletrica 
 
Objetivos do calor superficial: 
- Aquecer tecido mole como tendão, 
cápsula articular superficial, músculo, 
com o objetivo de aumentar sua 
extensibilidade. 
 Calor Profundo: aumenta a 
temperatura dentro do tecido entre 1 a 
5cm de profundidade e ATINGE 
MÚSCULO. 
Exemplos de recursos que emitem calor 
Profundo: 
- Ultrassom 
- Diatermia por Ondas Curtas 
- Microondas 
-Radiofrequência 
 
Recursos terapêuticos Físicos 
@fisiocatarinaalmeida 
 
Sempre lembrar que para atingir 
músculo, capsula articular e ventre 
muscular é necessário intervenção com 
recurso que atinge calor profundo! 
 
 ATENÇÃO! A temperatura ideal 
para gerar um aquecimento 
terapêutico eficaz é entre 40ºC e 
45ºC. 
Atingindo essa temperatura pode 
ocorrer HIPEREMIA ( vermelhidão na 
pele) que é indicativo de aumento do 
fluxo sanguíneo. 
ATENÇÃO! ENTRE 45ºC E 
50ºC PODE GERAR 
QUEIMADURA! 
 
Reação Metabólica: 
- As reações químicas em células do corpo 
são influenciadas pela temperatura. 
- A atividade química e taxa metabólica 
aumenta de 2 a 3x para cada 10ºC. 
- Com aumentos leves de temperatura é 
possível disponibilizar mais oxigênio local 
para a reparação tecidual. 
 Aumento da taxa de reação química 
celular levando ao aumento da absorção 
de O2, levando a mais nutrientes 
estarem disponíveis para cicatrização. 
 
 
Efeitos Vasculares: 
Geralmente o aumento da temperatura é 
associada a vasodilatação e com isso tem 
aumento no fluxo sanguíneo para as 
regiões, mas.... essa informação é 
equivoca as vezes. 
Porque na PELE ocorre: 
- O calor vai produzir uma reação 
inflamatória leve que com isso vai liberar 
Prostaglandina e Histamina que são 
mediadores químicos e vasodilatadores. 
- Com a elevação da temperatura vai ser 
provocada a secreção de suor que vai 
liberar enzima calicreína que vai 
interagir com a proteína cininogênio que 
vai liberar bradicinica que também é um 
vasodilatador. 
Resumindo: +Dilatação + sangue 
+ absorção de O2 e com isso mais células 
nutridas. 
Já no músculo: 
- Ele demostra melhor resposta aos 
aumentos e diminuição nos níveis de 
exercício. 
- No aquecimento superficial a mudança 
é mínima no fluxo sanguíneo. 
Algumas precauções que devemos 
ter é quando for aplicar seja 
quente ou frio em áreas com falta de 
senção térmica e diminuição de 
sensibilidade é perguntar ao paciente o 
que está sentindo e fazer teste de 
sensibilidade, porque é extremamente 
 
Recursos terapêuticos Físicos 
@fisiocatarinaalmeida 
 
importante para evitar queimaduras e 
outras complicações. Outro cuidado é 
com doenças vasculares. 
 
Lembre-se sempre: O gelo vai 
ser sempre utilizado em fase 
aguda! Usa sempre após uma 
lesão, porque vai ajudar a anestesiar a 
área e ele faz vasoconstricção ao 
contrário do calor.