A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Respostas - Lista 1 Redes

Pré-visualização | Página 1 de 1

Lista 1 Redes
 Dado Sinal Codif Transm Decod
1-
2- Informação: É o que se deseja transmitir (resultado da interpretação dos dados).
 Dado: É a representação (binária) da informação que se deseja transmitir.
 Sinal: Como o dado é transmitido => como o dado foi modificado para se adequar ao meio
 de transmissão.
3- Interfaceamento: Comunicação física de um dispositivo com o sistema de comunicação.
 Geração de sinais: Sinal criado e codificado para ser propagado pelo sistema e ser
 interpretado pelo receptor como dado.
 Sincronização: Determinação pelo receptor do início e fim do sinal e da duração de cada
 elemento do sinal.
 Gerenciamento: Tarefa que estabelece: uma comunicação bidirecional, simultânea; a
 quantidade de dados a ser transferida em cada unidade e a atitude a tomar na presença de
 erros.
4- Endereçamento: A indicação do dispositivo fonte em relação ao dispositivo o qual ele
 deseja se comunicar.
 Roteamento: A rota escolhida pelo dispositivo fonte para acessar o dispositivo destino.
 Os níveis de endereçamento englobam o endereço do computador na rede e o endereço de
 cada aplicação dentro de um computador.
5- Não, a comunicação de dados somente diz respeito a transferência de dados a dois pontos. Entretanto a comunicação de computadores envolve todo um conjunto de medidas a fim de assegurar uma comunicação segura e confiável entre o emissor e o receptor.
6- Protocolo de comunicação é o conjunto de regras que especificam o que, como e quando será feita a comunicação entre os dispositivos. Seus elementos chaves são:
 Sintaxe: Formato do dado e intensidade de sinal.
 Semântica: Formação de controle para coordenação e tratamento de erros.
 Temporização: Especifica velocidade e seqüenciamento da transmissão.
7- 
8 - A camada de enlace detecta e, opcionalmente, corrige erros que possam acontecer no nível físico. É responsável pela transmissão e recepção de quadros e pelo controle de fluxo. Ela também estabelece um protocolo de comunicação entre sistemas diretamente conectados (ponto a ponto). Alguns exemplos de protocolos nessa camada são PPP, LAPX.
9- 
Camada física – Interface física entre o dispositivo de transmissão de dados e o meio de 
 transmissão (rede).
Camada de acesso a rede – Fornece a troca de dados entre um sistema e a rede ao qual está
 conectado. Nessa camada é feita o roteamento para o dispositivo
 destino. É possível também solicitar serviços como prioridade ao
 acesso.
Camada de internet – Interface que permite que os sistemas estejam conectados a diferentes
 Redes. Fornece também os procedimentos necessários para que os
 dados atravessem múltiplas redes, bem como executa o roteamento
 necessário a isto.
Camada de transporte – Realiza a transferência de dados fim-a-fim, bem fornece mecanismos
 para tornar esta transferência de forma confiável e correta,
 independente do tipo de rede utilizada.
Camada de aplicação – Realiza a comunicação entre os processos ou aplicações dos sistemas.
 Contém a lógica necessária para o suporte de várias aplicações
 Diferentes.
10 - 
11- OSI – Open Systems Interconnection - Interconexão de Sistemas Abertos.
 ISO - International Organization for Standardization - Organização Internacional para
 Padronização.
 CCITT – Comité Consultatif Internationale de Telegraphie et Telephonie – Comitê
 Consultativo Internacional de Telegrafia e Telefonia.
 ANSI – American National Standards Institute - Instituto Nacional Americano de Padrões.
 IEEE – Institute of Electrical and Electronics Engineers - Instituto de Engenheiros
 Eletricistas e Eletrônicos.
 EIA - Electronic Industries Alliance - Aliança das Indústrias Eletrônicas .
12- 
13 – A não existência de um modelo oficial da arquitetura TCP/IP, diferentemente do modelo
 OSI;
 O TCP/IP combina os aspectos das camadas de apresentação e de sessão dentro da sua
 camada de aplicação;
 O TCP/IP combina as camadas física e de enlace do OSI em uma camada;
 O protocolos TCP/IP é o padrão em torno dos quais a Internet se desenvolveu
14 – Falso.
15 – Verdadeiro.
16 – Falso.
17 – 5 camadas.
18 – É possível. O meio físico é comum a ambas, mas o TCP/IP combina os aspectos das 
 camadas de apresentação e de sessão dentro da sua camada de aplicação, combina os
 aspectos das camadas de ligação de dados e rede, com suas camadas de acesso e internet
 e por fim sua camada de transporte combina as camadas de transporte e sessão do OSI.
19 – IP – Internet Protocol – Protocolo de internet.
 TCP – Transmission Control Protocol – Protocolo de controle de transmissão.
 FTP – File Transfer Protocol – Protocolo de transferência de arquivos.
 TELNET - Telnet é um protocolo cliente-servidor usado para permitir a comunicação entre
 computadores ligados a uma rede, baseado em TCP.
20 - É a faixa de freqüências que um sinal contém.
21 – É a largura do espectro de um sinal.
22 – Atenuação de sinal – Perda de potência de sinal, durante o percurso.
 “Delay Distortion” – Distorção causada pelo fato de que a velocidade de propagação de
 um sinal no meio guiado varia com a freqüência. 
 Ruído - Sinais elétricos indesejáveis inseridos entre o transmissor e o receptor.
 Intermodulação - Ocorre quando sinais de diferentes freqüências compartilham o meio de
 transmissão.
23 – Pulsos irregulares não contínuos, de curta duração e relativamente alta amplitude,
 causados por distúrbios eletromagnéticos ou falhas no sistema de comunicação.
24 - Taxa máxima com que pode se transmitir dados através de um canal, sob certas
 condições.
25 – C = 2W log2M, onde
 C - capacidade do canal
 W – largura de banda
 M – Número de símbolos diferentes a serem codificados
26 – É a relação, dado um sinal em um meio com ruído, da potência de um sinal com a
 potência do ruído causado. O decibel (dB) é uma unidade logarítmica que indica a 
 proporção de uma quantidade física em relação a um nível de referência especificado ou 
 implícito. Uma relação em decibéis é igual a dez vezes o logaritmo de base 10 da razão 
 entre duas quantidades de energia.
27 – Estão relacionados através da equação: Cmáx = W log2 (1 + S/N), onde
 C - capacidade do canal
 W – largura de banda
 S/N – relação sinal-ruído
28 - Meio guiado - o meio é mais importante na limitação da transmissão.
 Meio Não-Guiado - bandwidth do sinal é mais importante.
29 - É um dispositivo eletrônico que modula um sinal digital numa onda analógica, pronta a ser 
 transmitida pela linha telefônica, e que demodula o sinal analógico e reconverte-o para o 
 formato digital original, Utilizado para conexão à Internet, ou diretamente a outro 
 computador.
30 - É a abreviação de Codificador/Decodificador. É um dispositivo que codifica e decodifica 
 sinais.
31 -