Buscar

Projeto Integrador 2S N1

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

PROJETO INTEGRADOR 
DE CIÊNCIAS 
CONTÁBEIS 
UNIVERSIDADE BRASIL 
Vivian de Carvalho 
RA: 19116096-9
2º Semestre de Ciências Contábeis
 LANÇAMENTOS CONTÁBEIS 
Suponhamos que a empresa Vivis Modas ., empresa com sede no Município de 
Campinas/SP, adquira de uma concessionária, também localizada nesse mesmo Município, um caminhão novo
 no valor de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais) para uso do seu departamento de logística, 
dando como parte do pagamento outro caminhão usado pertencente a seu Ativo Imobilizado (AI) 
avaliado nessa negociação pelo valor de R $130.000,00 (cento e trinta mil reais).
 
Suponhamos, também, que o valor do caminhão dado em pagamento esteja registrado na 
contabilidade (valor de compra) da empresa Vivis Moda pelo valor de R$ 220.000,00 
(duzentos e vinte mil reais) e a depreciação acumulada do mesmo seja de R$ 100.000,00 
(cem mil reais), assim, teremos a seguinte apuração do valor residual do bem:
Considerando essas informações hipotéticas, teríamos os seguintes 
lançamentos contábeis a serem realizados pela empresa Vivis Modas por 
ocasião da aquisição de bem do Ativo Imobilizado (AI), mediante pagamento 
com bem usado:
 Efetuado esses lançamentos contábeis, os razonetes das respectivas contas devem apresentam a seguinte configuração:
Conforme podemos observar, os razonetes acima demonstram:
1. Conta Veículos (AÍ): Demonstra um saldo de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais), correspondente ao 
valor do caminhão novo recém adquirido;
2. Conta Ganhos ou Perdas de Capital (CR): Demonstra um saldo de R$ 10.000,00 (dez mil reais), 
correspondente ao ganho de capital apurado na operação, que nada mais é do que a diferença entre o valor 
residual do caminhão (R$ 120.000,00) e o valor pelo qual este foi negociado (R$ 130.000,00);
3. Conta Fornecedores (PC): Demonstra um saldo de R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais), correspondente 
ao valor da dívida assumida com a concessionária, que nada mais é do que a diferença entre o valor do veículo 
novo (R$ 350.000,00) e o valor pelo qual o veículo usado foi negociado (R$ 130.000,00).
Por fim, lembramos que se na apuração dos Ganhos ou Perdas de Capital resultar ganho, esse valor deverá ser 
computado como receita não operacional na determinação do Lucro Real e na apuração da Base de Cálculo (BC) da 
Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). Da mesma forma, se da apuração resultar perda de capital, seu valor 
deverá ser computado como despesa não operacional para fins de apuração do Lucro Real e da Base de Cálculo (BC) da 
CSLL.
Por outro lado, no caso de alienação por troca ou permuta de bens sem tornar de valores para qualquer das partes, não 
será apurado nem ganho nem perda de capital, pois o valor da receita a ser reconhecida deverá corresponder ao valor de 
entrada do bem recebido.
 
 Fontes de Pesquisa 
- https://estudanteestuda.com.br
https://www.youtube.com/redirect?event=video_description&redir_token=QUFFLUhqa1V2XzJTWGU4empCZHZfNHRLMVJqRXcwR0UyZ3xBQ3Jtc0tsWjV0VlVuY0lUZUkxU2I2LXRKQm1oRlpZX21xcUhfU0Q1NzRfQXV0VnNyU3c4eU5DUllhckhROUYyMlZaeS1jNEo3ZnNib3JRU3MyLS1qM3hiQVVuMHh1aGhmX1BDR3hGY1AyX1MtVncyQzIwZ25BSQ&q=https%3A%2F%2Festudanteestuda.com.br%2Fguia&v=jYyHax3sBKc

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes