Buscar

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIR

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

1. 
 
Além do ICJ LAJI e o ICJ LAJIDA, um outro índice de cobertura 
considerado bastante robusto é o índice de cobertura do serviço da 
dívida, que se diferencia dos demais por: 
 
 adicionar ao denominador do ICJ LAJIDA o pagamento do principal 
dos empréstimos e financiamentos da empresa efetuado no período 
analisado. 
 deduzir do denominador do ICJ LAJIDA o pagamento do principal 
dos empréstimos e financiamento da empresa efetuado no período 
analisado. 
 adicionar ao numerador do ICJ LAJI o pagamento do principal dos 
empréstimos e financiamento da empresa efetuado no período 
analisado. 
 deduzir ao numerador do ICJ LAJI o pagamento do principal dos 
empréstimos e financiamento da empresa efetuado no período 
analisado. 
 adicionar ao numerador do ICJ LAJIDA o pagamento do principal 
dos empréstimos e financiamento da empresa efetuado no período 
analisado. 
 
 
 2. 
 
Os índices de dispêndios de capital consistem numa categoria de 
indicadores do fluxo de caixa que permitem analisar o montante de 
investimentos em ativos permanentes (imobilizado, investimentos e 
intangíveis) comparado a geração de caixa e as fontes de financiamento 
da empresa. Nesse sentido podemos afirmar que o indicador de 
aquisições de capital consiste: 
 
 na razão entre o fluxo de caixa investimento deduzido dos 
dividendos (numerador) e fluxo de caixa de 
financiamento (denominador). 
 na razão entre o fluxo de caixa operacional deduzido dos dividendos 
(numerador) e o investimento de capital (denominador). 
 na razão entre o fluxo de caixa financiamento (numerador) e o 
investimento de capital (denominador). 
 na razão entre o fluxo de caixa investimento (numerador) e fluxo 
de caixa de financiamento (denominador). 
 na razão entre o fluxo de caixa investimento (numerador) e o fluxo 
de caixa de financiamento acrescido do fluxo de caixa operacional 
(denominador). 
 
 
 
 
ENSINEME: ANÁLISE FINANCEIRA DE CURTO PRAZO 
 
 
 3. 
 
Além de auxiliar no dimensionamento do montante de recursos onerosos 
para financiamento do ciclo financeiro, os indicadores de capital de giro 
permitem analisar a composição das fontes de recursos e avaliar a 
dependência de dívidas de curto prazo para financiamento da NCG. Nesse 
sentido, considere as seguintes informações provenientes do estudo dos 
demonstrativos do último exercício da GDA: 
 POCP = $375 
 Disponível = $150 
 Patrimônio Líquido (PL) = $400 
 Empréstimos e Financiamentos de Curto Prazo = $100 
 Ativo Não Circulante (ANC) = $500 
 Empréstimos e Financiamentos de Longo Prazo (PNC) = $200 
Com bases nessas informações, em relação a composição do uso de 
fontes de recursos onerosas para financiar a NCG utilizadas pela GDA, é 
possível afirmar que: 
 
 a empresa não apresenta dependência de recursos onerosos de 
curto prazo, pois seu saldo de tesouraria é de $50. 
 a empresa não apresenta uma dependência de recursos onerosos 
de curto prazo, considerando que possui um disponível de $150. 
 a empresa apresenta uma dependência de recursos onerosos de 
longo prazo de $600, que é a soma do PL e do PNC. 
 a empresa apresenta uma dependência de recursos onerosos de 
curto prazo correspondente aos empréstimos e financiamento do 
passivo circulante de $100. 
 a empresa apresenta uma dependência de recursos onerosos de 
curto prazo, pois seu saldo de tesouraria é de -$50. 
 
 
 4. 
 
A BJO é uma empresa varejista que vem obtendo um grande sucesso no mercado e 
experimentando um forte crescimento de suas vendas. A empresa é financiada totalmente 
por capital próprio, mas em função de seu desempenho seus sócios estão atentos a saúde 
financeira da companhia e preocupados com uma eventual necessidade de captação de 
recursos com terceiros para financiamento de estoques e clientes. Sabendo que a BJO 
possui atualmente AOCP de $300, uma receita líquida anual de $1.600 e um POCP de 450, 
seria correto afirmar que: 
 
 mantendo as atuais políticas de crédito, pagamento e estoque, o risco de a BJO 
necessitar de recursos onerosos para financiamento de clientes e estoque é baixo, 
considerando que seu CF* é negativo em 34 dias. 
 
mantendo as atuais políticas de crédito, pagamento e estoque, o risco de a BJO 
necessitar de recursos onerosos para financiamento de clientes e estoque é baixo, 
considerando que seu CO* de apenas 15 dias. 
 
mantendo as atuais políticas de crédito, pagamento e estoque, o risco de a BJO 
necessitar de recursos onerosos para financiamento de clientes e estoque é alto, 
considerando que seu PMP* é de aproximadamente 101 dias. 
 mantendo as atuais políticas de crédito, pagamento e estoque, o risco de a BJO 
necessitar de recursos onerosos para financiamento de clientes e estoque é alto, 
considerando que seu CF* é 68 dias. 
 
mantendo as atuais políticas de crédito, pagamento e estoque, o risco de a BJO 
necessitar de recursos onerosos para financiamento de clientes e estoque é alto, 
considerando que seu CF* é 169 dias. 
 
 
 
 
ENSINEME: INDICADORES DA RENTABILIDADE E SITUAÇÃO ECONÔMICA DE EMPRESAS 
 
 
 5. 
 
Margens de lucro são consideradas o tipo de indicadores mais populares 
na análise da situação econômica de empresas. Isso se deve 
principalmente a habilidade das margens de detectar características da 
estrutura de custos das empresas. Nesse sentido é possível afirmar que a 
margem LAJIDA de uma empresa comercial considera em seu cálculo: 
 
 as despesas financeiras, as despesas administrativas e comerciais 
(exceto depreciação e amortização) e o custo das mercadorias 
vendidas. 
 o custo das mercadorias vendidas, todas as despesas 
administrativas e comerciais e os impostos de renda e contribuição 
social. 
 as despesas financeiras, os impostos de renda e contribuição social, 
a depreciação e a amortização. 
 todas as despesas administrativas e comerciais, a depreciação e a 
amortização, e os impostos sobre o faturamento. 
 as despesas administrativas e comerciais (exceto depreciação e 
amortização), os impostos sobre o faturamento e o custo das 
mercadorias vendidas. 
 
 
 6. 
 
A análise do ROIC de empresas pode ser efetuada de maneiras distintas. 
Além da comparação histórica e com empresas do mesmo setor e 
possível analisar o retorno contrastando seu resultado com o custo de 
capital. Dessa forma, suponha as seguintes informações financeiras 
relativas a GIJO e seu segmento de atuação nos anos 20X1 e 20X2: 
 ROIC GIJO 20X1 = 14% 
 ROIC GIJO 20X2 = 9% 
 ROIC Médio Setor 20X1 = 15% 
 ROIC Médio Setor 20X2 = 14% 
 Ke GIJO 20X1 e 20X2 = 12% 
 WACC GIJO 20X1 e 20X2 = 7% 
Com bases nessas informações, é possível afirmar que: 
 
 o desempenho da GIJO piorou em 20X2, mas a 
empresa apresentou em 20X1 e 20X2 um retorno satisfatório. 
 o desempenho da GIJO melhorou em 20X2 e a empresa apresentou 
em 20X1 e 20X2 retornos satisfatórios. 
 em 20X1 o retorno da GIJO era insatisfatório, mas 
devido à melhora do desempenho em 20X2 a empresa passou a 
apresentar um retorno satisfatório. 
 o desempenho da GIJO não variou nos períodos analisado e, em 
ambos os anos empresa apresentou um retorno satisfatório. 
 em 20X1 o retorno da GIJO era satisfatório, mas devido à piora do 
desempenho em 20X2 a empresa passou a apresentar um retorno 
insatisfatório. 
 
 
 7. 
 
A POP é uma empresa que atua no segmento de distribuição de bebidas e 
apresentou os seguintes resultados nos anos 20X1 e 20X1. 
Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) da POP em 20X1 e 
20X2: 
 
Com base nos dados financeiros, podemos afirmar que a variação do NOPAT da 
POP entre os anos de 20X1 e 20X2 foi de: 
 
 menos 38,0% 
 mais 51,0% 
 mais 61,1% 
 menos 2,5% O Lucro Econômico 
 menos 33,8% 
 
 
 
 
ENSINEME: INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS 
 
 
 8. 
 
Após o cômputo do lucro antes dos juros e impostos (LAJI), é 
considerado na demonstração do resultado do exercício (DRE) o resultadofinanceiro, que irá influenciar o montante de impostos (IR & CS) pagos 
pela companhia (caso essa seja optante do regime tributário conhecido 
como lucro real), tornando fundamental sua correta apuração. Dessa 
forma, em relação ao resultado financeiro é correto afirmar que: 
 
 considera somente as despesas financeiras (juros pagos) referentes 
ao período analisado. 
 compreende despesas e receitas financeiras relativas ao período 
contábil analisado. 
 consiste somente das despesas financeiras e amortizações das 
dívidas referentes ao exercício analisado. 
 inclui juros pagos, juros recebidos e o pagamento do principal de 
dívidas no decorrer do exercício analisado. 
 contempla somente as receitas financeiras (juros recebidos) 
referentes ao período analisado. 
 
 
 9. 
 
Após a apuração das receitas líquidas, são consideradas na demonstração 
de resultado do exercício (DRE) os custos relacionados as vendas da 
empresa, cujos as denominações variam em função do tipo de atividade 
da companhia. Nesse sentindo é correto afirmar que o custo das 
mercadorias vendidas: 
 
 considera os gastos com matéria prima, mão de obra da área fabril, 
custo com energia elétrica, depreciação das máquinas, entre 
outros. 
 corresponde ao custo de aquisição (pago aos fornecedores da 
empresa) das mercadorias vendidas em determinado período. 
 contempla os gastos relativos a salários e outros gastos comerciais 
(marketing e vendas) e administrativos em determinado período. 
 refere-se aos gastos efetuados na execução dos serviços que foram 
realizados e faturados pela empresa em determinado período. 
 mensura os gastos associados ao processo de fabricação das 
mercadorias vendidas pela empresa em determinado período. 
 
 
 10. 
 
O primeiro e mais tradicional tipo de análise de demonstrativos 
financeiros é a análise horizontal e vertical, que permite um rápido 
entendimento da situação econômico financeira das empresas e o 
levantamento de "pontos de atenção" que deverão ser explorados em 
maior profundidade em análises posteriores. Suponha que a empresa ATP 
apresentou os seguintes resultados financeiros nos anos 20X1 e 20X2: 
 Receita Líquida: $2.203 (20X1) e $2.490 (20X2) 
 Total do Ativo: $3.352 (20X1) e $3.402 (20X2) 
 Lucro Líquido: $262 (20X1) e $322 (20X2) 
Aplicando a análise vertical no lucro líquido da ATP no ano de 20X2, 
vamos obter um índice de: 
 
 12,9% 
 9,5% 
 7,8% 
 11,9% 
 22,9%

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

88 pág.

Perguntas Recentes