Buscar

relatorio estagio

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

NOME COMPLETO
RELATÓRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV
FISIOTERAPIA
NÚCLEO DE SAÚDE
Professora: MANOELA ELIHIMAS ARCOVERDE
Recife, 18/06/2022.
Sumário
RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
1. INTRODUÇÃO
O estágio supervisionado IV é uma atividade que tem como objetivo principal inspirar os alunos a vivenciar os conteúdos teóricos estudados em sala de aula, colocando-os em situações práticas. Além disso, é uma atividade que mostra como o profissional deve se comportar no ambiente de trabalho e qual a importância de se respeitar a ética profissional. Por meio dessa experiência, é possível obter competências de responsabilidade com os horários e com os pacientes, além de possibilitar o aprimoramento dos conhecimentos através da supervisão de um profissional já formado. 
O estágio foi realizado com duração de 2 meses realizado na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Maurício de Nassau (UNINASSAU) da Unidade Acadêmica das Graças, no setor de Dermatofuncional e pilares, nas terças e quartas-feiras.
O segundo rodízio, no setor de saúde do trabalho, foi realizado na Clínica Escola de Fisioterapia (UNINASSAU) e na Clínica Centro Desportivo e Fisioterapêutico (CDF) nos mesmos dias do primeiro rodízio. No campo de Dermatofuncional, a preceptora Ana Patrícia teve o maior cuidado de nos passar seus conhecimentos acerca de como se deve olhar o paciente de maneira global. Na área de Pilates, as práticas eram supervisionadas pela preceptora Letícia Lima, que tinha a dinâmica de avaliar os estagiários perguntando qual o objetivo daquele exercício a ser realizado e como ele irá contribuir para a saúde do paciente. Por motivos pessoais, a preceptora Letícia Lima teve de sair do cargo e deixou em seu lugar Raissa Medeiros, que mostrou-nos a sua visão de planejamento na aplicação dos exercícios. Em saúde do trabalho, o preceptor Helder Leal nos ensinou como organizar os exercícios executados durante a ginástica laboral. Por fim, na Clínica CDF, que possuía dois preceptores, sendo eles Henrique Apolinário e Ilse Borba, havia a dinâmica de transmitir organização e agilidade, até mesmo por ser uma clínica de fluxo intenso de pacientes. Dessa forma, foram trabalhadas as habilidades de responsabilidade, organização e conhecimento, e tudo isso será levado para nossa carreira profissional.
Desenvolver três parágrafos, descrevendo a importância, objetivos e a dinâmica da disciplina de Estágio Supervisionado (DO ESTÁGIO EM SI).
Descrever o período de duração do rodízio no campo de estágio relatando sucintamente como o estágio contribuiu para sua formação.
O relatório de Estágio é um documento, É necessário que seja bem elaborado, respeitando os requisitos como objetividade, linguagem culta, utilizando para isso texto dissertativo e regras da ABNT. Utilize suas palavras.
O ‘copia e cola’ de colegas acarretará nota ZERO para ambos, assim como descrito no capitulo III das sanções do MIDDI do Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU na seção I.
2. AINSTITUIÇÃO
Falar da Instituição de atuação
PODE SER COLOCADO UMA FOTO DA FACHADA OU DE ALGUM AMBIENTE, SEM EXPOR PACIENTES
· Fazer uma análise crítica do local do estágio,
· realizar uma breve apresentação com descrição do modelo de assistência realizado no serviço, assim como perfil dos atendimentos. 
Nesse momento, podem ser realizados apontamentos e sinalizações que tenham como intuito contribuir para melhoria do exercício do estágio.
(limitando-se a no máximo meia página)
Um dos motivos para esse espaço é para que você possa contribuir de forma ativa e efetiva na melhoria da prestação dos serviços de saúde ofertados pela instituição aos pacientes. 
Aponte as melhorias, ajustes e reformulações que poderiam ser adotadas no campo de estágio.
Assim também, como sinalizar possibilidades de evolução no processo de ensino-aprendizagem pelo qual o discente percorre na sua trajetória acadêmica, em especial na prática do estágio.
3. PRÁTICADESENVOLVIDA
As atividades realizadas em cada rodízio foram de extrema importância para a efetiva aplicação dos conhecimentos adquiridos em estágio anterior e os da sala de aula, pois cada área dispunha de diferentes práticas e, além disso, as formas com que os preceptores ensinaram também foram variadas e extremamente enriquecedoras. 
A Clínica SS fisioterapia abrange diversas áreas da fisioterapia, porém com foco em reumatologia e traumato. As patologias mais comuns na clínica eram as fraturas, patologias do sistema nervoso e que acometem o sistema osteoarticular: articulações, músculos, ligamentos e tendões. O perfil dos pacientes atendidos era, em grande parte, ligado a doenças reumatológicas como: lombalgia, cervicalgia e artrose nas mãos, menisco rompido, fraturas, luxação, entorse, tendinite, dentre outras.
Para a efetivação do tratamento eram usado com freqüência durante os atendimento, os equipamentos theraband com diferentes níveis de rigidez para exercícios de aumento de Amplitude de Movimento (ADM) em abdução, à exemplo da articulação do quadril; halter para fortalecimento e aumento de ADM dos membros superiores; bola overball utilizada principalmente para adução do quadril e dos joelhos; bastão sem carga para a mobilidade do ombro; meia bola bosu para fortalecer o equilíbrio com posição unipodal; espaldar para o apoio físico do paciente nas primeiras sessões e utilização da bola suíça para fazer dissociação pélvica. Para reabilitação pós-cirúrgica na fase aguda era aplicada a eletroterapia (ultrassom, TENS, FES), e em seguida o fisioterapeuta, a depender da situação, usava o step para fazer agachamento ou salto; jump para fortalecer o equilíbrio, que também pode ser associado a outra atividade. Além das práticas descritas acima, foram vistas também técnicas manuais de liberação miofascial e avaliação postural que foram de extrema importância para o relaxamento muscular dos pacientes. Recomenda-se sempre a leitura de artigos científicos como sobre o equipamento ondas curtas e artroscopia do quadril para melhor entendimento do caso e confiança durante o atendimento, além de rodízio para avaliação, mas não se limitando à avaliação apenas por fisioterapeutas capacitados.
Dessa forma, todos os conhecimentos e técnicas desenvolvidos na clínica contribuíram imensamente para a formação e aprimoramento do olhar clínico dos envolvidos, além de todo o aprendizado referente à aplicação e reaplicação de avaliações aos pacientes, de forma completa e que possibilite a compreensão de como são desenvolvidos os relatórios de evolução do paciente em tratamento, preenchendo-os corretamente e tornando possível, assim, a aplicação efetiva de um tratamento de qualidade.
· Conduta realizada no dia 20 de Setembro de 2023
Paciente (sexo feminino) diagnostico cervicalgia e lombalgia 
O paciente compareceu à clínica apresentando relato de dor na região cervical, no ombro direito e na região lombar. 
Conduta: Foi aplicada a técnica de liberação miofascialna cervical, no trapézio, na região abdominal e na lombar. No ombro direito foi aplicada a mobilidade articular e tração. Para a aplicação da mobilidade no quadril foi utilizada a bola suíça, sobre a qual o paciente sentou-se, em frente ao espaldar, apoiando-se nele e realizando dissociação pélvica 3x10 e dissociação escapular 3x10.
4. ESTUDO DECASO
 A doença de Parkinson é uma doença que surge da degeneração dos gânglios basais chamada de substâncias cinzenta, a qual é responsável pela liberação dos neurotransmissora dopamina cujo objetivo é gerar impulsos nervosos para os músculos. Devido essa degeneração a produção de dopamina é reduzida   e o número de conexões entre as células nervosas nos gânglios basais diminui, tendo como consequência redução desses neurotransmissores, desse modo redução do controle dos movimentos muscular, assim provocando tremor, movimento lento (bradicinesia), uma tendência a se mover menos (hipocinesia), problemas com postura e ao caminhar, e alguma perda de coordenação. É uma doença progressiva e lenta, e caracterizadapelo tremor quando os músculos estão em repouso (tremor de repouso), aumento no tônus muscular (rigidez), lentidão dos movimentos voluntários, dificuldade de manter o equilíbrio (instabilidade postural) e podendo desenvolve-se demência.
Paciente de 54 anos sexo feminino, realiza tratamento na clínica ss fisioterapia desde de janeiro de 2023, foi diagnóstico com Parkinson no final do ano de 2022. A paciente chegou na clinica relatando sentido lentidão nos movimentos do trabalho doméstico, rigidez e diminuição da destreza para escrever, sendo acometido no hemicorpo esquerdo. A avaliação postural mostrou: cabeça inclinada para o lado direito; elevação do ombro esquerdo; pelve do lado esquerdo anteriorizado; fascite plantar no pé direito e o pé esquerdo plano.
Por o paciente mostra esse quadro clinico, os objetivos fisioterapeutico foi: reduzir as dores, melhorar a postura, melhorar funções ativas e melhorar a coordenação motora,
· Descrever a disfunção (no máximo em 2 parágrafos) com referências bibliográficas segundo normas da ABNT usando artigos científicos para a patologia ou disfunção;
· Descrever histórico do paciente (se paciente antigo da clínica escola, registrar com quantas sessões ou tempo você atendeu esse paciente/ se paciente recém admitido registrar, comorbidades,o quadro clínico completo, tempo de patologia, instrumentos utilizados para avaliação (EVA, grau de força) tratamentos anteriores;
· Quantas sessões realizadas no tratamento até ali e com você, quais condutas adotadas com: tipo de exercícios, freqüência, repetição, séries; se fez uso de eletrotermofototerapia especificar equipamentos e parâmetros
· Exemplo: Alongamento (de quais músculos? Qual série realizada?)
· Exames complementares devem ser mencionados;
· Citar os objetivos fisioterapêuticos específicos, condutas realizadas (séries realizadas) ou propostas para tal e orientações que poderiam ser dadas ao paciente [se construiu algum material de orientação anexar].
· Paciente com previsão de Alta?
5. CONCLUSÃO
Compreende as deduções obtidas ao longo do estágio de acordo com os objetivos apresentados. Inclui a análise do estágio supervisionado, dos conhecimentos adquiridos e das habilidades desenvolvidas, relacionadas com o estágio curricular, apresentando considerações, vantagens e dificuldades encontradas.
6. REFERÊNCIAS
É a relação das obras citadas no texto. Utilize: artigos científicos e livros, seguindo as normas vigentes da ABNT.
7. ANEXOS E/OUAPÊNDICES
· Os anexos devem conter elementos não elaborados pelo autor (ficha de avaliação do campo de estágio).
· Os apêndices são elementos elaborados pelo próprio autor (fotografias de equipamentos utilizados ou técnicas realizadas, gráficos, tabelas, entreoutros) se existirem.
 (
5
)
OBSERVAÇÕES
REDAÇÃO E LINGUAGEM
A linguagem utilizada deve ser clara, coerente, culta, concisa e impessoal, ou seja, verbos na terceira pessoa (Por exemplo: Trata-se, Percebia-se, Necessita-se...), empregando os termos técnicos e científicos, inerentes a área de saúde.
O termo “etc” não deve ser usado ao fim de uma enumeração, pois nada acrescenta ao texto. As abreviaturas, quando citadas pela primeira vez, devem ser citadas por extenso, seguida de suaabreviatura.
ORIENTAÇÕES GERAIS
· Deve-se utilizar espaçamentosimples;
· Letra Times NewRoman;
· Tamanho12.
· Os	títulos	dos	capítulos	devem	apresentar-se	totalmente	em	letras maiúsculas, negrito e enumerado, o que facilita sua localização notexto.
· As páginas devem ser enumeradas a partir da introdução, porém contadas a partir da CAPA (canto superiordireito).
· Se utilizar figuras deve constar além da numeração, a legenda, ou título, precedida da palavra FIGURA e do númerocorrespondente.
· O relatório é individual e deverá ser entregue encadernado juntamente com a ficha de avaliação (a ficha de avaliação deve está assinada e carimbada pelo preceptor e pelo supervisor de estágios, sem uso de corretivos).
AVALIAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL
Os relatórios que não obedecerem aos critérios acima serão recusados, tendo nota mínima ou ZERO atribuída;
A entrega do relatório deverá ocorrer próximo ao cumprimento das horas de estágio exigidas pela disciplina, em data pré-estabelecida pela professora da disciplina de estágio, Paula Mendes.
A pontuação do relatório será de zero (0,0) a dez (10,0), avaliada pela Professora Paula Mendes;

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Perguntas Recentes