Buscar

Sistema Único de Assistência Social - SUAS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Prof. Douglas Gomes
@profdouglasgomes
Sistema 
Único de 
Assistência 
social
Escolher escrever é rejeitar o 
silêncio.
Chimamanda Ngozi Adichie
1. Formação histórica dos regimes
de proteção social [Europa
ocidental];
2. Formação histórica e política da
assistência social no Brasil
➢ Da noção de caridade para o direito;
➢ Política social pública.
3. Constituição Federal de 1988;
➢ Seguridade Social x assistência social.
4. Lei Orgânica de Assistência Social
– LOAS;
➢ Sistema único de Assistência Social
– SUAS.
5. Política Nacional de Assistência
Social – PNAS;
6. NOB/SUAS – 2005;
7. NOB-RH/SUAS – 2006;
8. Tipificação dos serviços
socioassistenciais – Res. 109
CNAS;
9. NOB/SUAS – 2012.
REFERÊNCIAS
ASSISTENCIALISMO / FILANTROPIA / POLÍTICAS PATERNALISTAS
SEGURIDADE SOCIAL
SAÚDE (Arts. 196 – 200);
PREVIDÊNCIA SOCIAL (Art. 201 – 202); 
ASSISTÊNCIA SOCIAL (Art. 203 – 204).
Art. 203. A assistência social objetivos:
I. a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice;
II. o amparo às crianças e adolescentes carentes;
III. a promoção da integração ao mercado de trabalho;
IV. a habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e a
promoção de sua integração à vida comunitária;
V. a garantia de um salário mínimo de benefício mensal à pessoa portadora de
deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover à própria
manutenção ou de tê-la provida por sua família, conforme dispuser a lei.1942 - LEGIÃO BRASILEIRA DE ASSISTÊNCIA
✓ Um passado marcado pela benemerência, pela ausência da
responsabilidade do Estado e por ações circunstanciais [pontuais];
✓ Passos devem ser dados para consolidar o SUAS, em seus grandes
eixos de organização devendo ser observados:
ASSISTÊNCIA SOCIAL
O território ganha uma
expressiva importância na
definição, planejamento e
execução dos serviços, programa,
projetos e benefícios.
Centraliza atenção na família, e
nos indivíduos que a formam,
assegurando por meio de suas
ações o direito à convivência
familiar e comunitária.
✓O SUAS representa uma forma de organizar e GERIR a Assistência
Social brasileira;
✓Planejado e executado pelos governos federal, estaduais, e
municipais e do Distrito Federal, em estreita parceria com a
sociedade civil, garante a Assistência Social devida a milhões de
brasileiros;
✓Características: Descentralizado, participativo, articulado,
centralidade na família, território.
PROTEÇÃO SOCIAL: SERVIÇOS + PROGRAMAS + PROJETOS + BENEFÍCIOS
SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SUAS
O Brasil é igual em todas as regiões?
Por isso que as respostas da PNAS deve considerar 
as especificidades dos territórios nacional.
TERRITÓRIO e
EXPRESSÕES DA QUESTÃO SOCIAL
FONTE: https://fnpeti.org.br/media/publicacoes/arquivo/O_Trabalho_Infantil_no_Brasil_com_Foco_na_Regi%C3%A3o_Norte.pdf
✓ A TERRITORIALIZAÇÃO é o reconhecimento da presença de múltiplos
fatores sociais e econômicos [políticos] que levam o indivíduo e a família a
uma situação de vulnerabilidade ou risco social;
✓Uma das formas de conhecer o território é dispor de informações e dados
sócio-econômicos, culturais, de forma a orientar a ação preventiva:
▪ VIGILÂNCIA SOCIOASSISTENCIAL/SOCIAL: essa se responsabiliza pela
identificação dos territórios de incidência de vulnerabilidades e riscos no
âmbito da cidade, do estado, do País para que a Assistência Social desenvolva
política de prevenção [enfrentamento] e monitoramento de riscos.
SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 
Território
Nas Orientações Técnicas sobre o Serviço de Proteção e
Atendimento Integral à Família (2012), os autores que
reconhecem vulnerabilidade e risco trata-se de um
complexo conceito:
• A VULNERABILIDADE uma condição relacionada à
inserção e estabilidade no mercado de trabalho, à
fragilidade de suas relações sociais e à regularidade e
qualidade de acesso aos serviços públicos ou outras
modalidades de proteção social;
• O RISCO é tido, assim, como decorrente da não
prevenção das situações de vulnerabilidade social.
CONCEITOS
Vulnerabilidade e risco
Os Centros de Referência de
Assistência Social (CRAS) e os
Centros de Referência
Especializado de Assistência
Social (CREAS) figuram hoje no
País como unidades estatais de
grande valor para todos os
brasileiros.
O SUAS é um capítulo especial na
história da política de Assistência
Social, por tantos motivos,
sobretudo porque é uma
conquista de muitos para muitos.
✓ O SUAS está em processo de
consolidação [conquistas e desafios];
✓ A Gestão propostas pelo SUAS pauta-se
no Pacto Federativo onde devem ser
atribuídas e detalhadas as
competências e responsabilidades dos
três níveis de governo na provisão das
ações socioassistenciais.
▪ O Gestor Estadual e do Distrito Federal
celebram compromissos e responsabilidades
com o Gestor Federal do SUAS, sendo um dos
requisitos para a adesão ao sistema.
SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SUAS
Instâncias de pactuação
1. Comissão Intergestores TRIPARTITE (CIT);
a) União;
b) Estados e DF: Fórum Nacional de Secretários
Estaduais de Assistência Social (FONSEAS);
c) Município: Colegiado Nacional de Gestores
Municipais de Assistência Social
(CONGEMAS).
2. Comissões Intergestores BIPARTITES (CIBs);
a) Estados: Órgão Gestor Estadual;
b) Municípios: Colegiado Estadual de Gestores
Municipais de Assistência Social (COEGEMAS).
✓ O CONTROLE SOCIAL tem sua concepção advinda da
CF/1988, enquanto instrumento da participação popular
no processo de gestão político-administrativa-financeira
e técnico-operativa, com caráter democrático e
descentralizado [...] é exercido pela sociedade na
garantia dos direitos fundamentais e dos princípios
democráticos balizados nos preceitos constitucionais;
✓ No SUAS, os espaços onde se efetivará essa participação
são os conselhos e as conferências, porém, não são os
únicos [fóruns, comissão de bairros, coletivo de usuários].
REFERÊNCIA GRÁFICA: http://sindsaudepr.org.br/noticias/2/noticias/5984/sindsaude-firme-no-controle-social/
SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SUAS/PNAS
https://ideia.dataprev.gov.br/
Art. 6º A gestão das ações na área de assistência social fica organizada
sob a forma de sistema descentralizado e participativo, denominado
Sistema Único de Assistência Social (SUAS), com os seguintes objetivos:
I. consolidar a gestão compartilhada, o cofinanciamento e a cooperação técnica entre
os entes federativos que, de modo articulado, operam a proteção social não
contributiva;
II. integrar a rede pública e privada de serviços, programas, projetos e benefícios de
assistência social (Conforme art. 6º-C);
III. estabelecer as responsabilidades dos entes federativos na organização, regulação,
manutenção e expansão das ações de assistência social;
IV. definir os níveis de gestão, respeitadas as diversidades regionais e municipais
V. implementar a gestão do trabalho e a educação permanente na assistência social;
VI. estabelecer a gestão integrada de serviços e benefícios;
VII. afiançar a vigilância socioassistencial e a garantia de direitos.
LOAS
Assistência Social
Art. 6º A gestão das ações na área de assistência social fica organizada sob
a forma de sistema descentralizado e participativo, denominado Sistema
Único de Assistência Social (SUAS), com os seguintes objetivos:
LOAS
Assistência Social
§ 1o As ações ofertadas no âmbito do SUAS têm por
objetivo a proteção à família, à maternidade, à infância, à
adolescência e à velhice e, como base de organização, o
território.
§ 2o O SUAS é integrado pelos entes federativos, pelos
respectivos conselhos de assistência social e pelas
entidades e organizações de assistência social abrangidas
por esta Lei.
§ 3o A instância coordenadora da Política Nacional de
Assistência Social é o Ministério do Desenvolvimento
Social e Combate à Fome.
§ 4º Cabe à instância coordenadora da Política Nacional
de Assistência Social normatizar e padronizar o emprego
e a divulgação da identidade visual do SUAS.
§ 5º A identidade visual do SUAS deverá prevalecer na
identificação de unidadespúblicas estatais, entidades e
organizações de assistência social, serviços, programas,
projetos e benefícios vinculados ao SUAS.
SUAS [Art. 6º]:
Descentralizado; Participativo; Gestão compartilhada; Cofinanciada; Cooperação técnica; 
Rede pública e privada; [...]
RESUMO ESTRATÉGICO 
[LOAS]
Def.[Art. 1º]: 
• DIREITO do cidadão;
• DEVER do Estado;
• POLÍTICA de Seguridade Social (Ñ $).
Objetivos [Art. 2º]:
PRO SO / VI SO / DE DI
Princípios [Art. 4º]:
S.U.R.I.DA
Diretrizes [Art. 5º]:
DE PA / PA PO / PRI
Arts. 3º E 6º C
[A] ENT. E ORGANIZAÇÕES [1] Atendimento; [2] Assessoria; [3] DEfesa e GArantia de Direitos.
[B] UNIDADES PÚBLICAS
[1] CRAS [MUNICIPAL];
[2] CREAS [MUNICIPAL, ESTADUAL OU REGIONAL].
Arts. 20, 21, 22, 23 E 24
SERVIÇOS Atividades para a população – necessidades básicas / Resolução nº 109/CNAS;
PROGRAMAS PAIF [CRAS], PAEFI [CREAS], PETI;
PROJETOS Iniciativas - Projetos de enfrentamento a pobreza;
BENEFÍCIOS
BPC: PCD [2 anos] / Idoso [65 anos] / inferior a ¼ de renda per capita familiar
mensal – em alguns casos ½ de renda per capita familiar mensal;
EVENTUAIS: CAlamidade; FUnerário; TEMporária vulnerabilidade; NATALidade
PROTEÇÃO SOCIAL [Art. 6º A]
BÁSICA Prevenir situações de vulnerabilidade e risco social [FAMÍLIA]
ESPECIAL Reconstrução de vínculos familiares e comunitários [FAMÍLIAS e INDIVÍDUOS]
[A] MDS [Art. 19]: 
COORDENA a PNAS [Fundo Nacional de 
Assistência Social].
[B] CNAS (Arts. 16, 17 e 18 LOAS)
Órgão superior de DELIBERAÇÃO 
colegiada e PARITÁRIA [8742/1993].
RESOLUÇÕES DE 
ITENS
Q01. CESPE/CEBRASPE, 2018 – STM.
Acerca da Lei n.º 8.212/1991, que dispõe sobre a seguridade social, julgue o 
item a seguir.
A previdência social e a assistência social visam assegurar aos seus beneficiários
meios indispensáveis de manutenção, por motivo de incapacidade, idade
avançada, tempo de serviço, desemprego involuntário, encargos de família e
reclusão ou morte daqueles de quem dependiam economicamente.
ERRADO
Q02. FCC, 2019 – PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP. No que tange
às bases previstas na Política Nacional de Assistência Social (PNAS/2004) sobre
a relação entre Estado e sociedade civil, considere as assertivas abaixo.
I. Somente o Estado dispõe de mecanismos fortemente estruturados para
coordenar ações capazes de catalisar atores em torno de propostas
abrangentes, que não percam de vista a universalização das políticas,
combinada com a garantia de equidade.
II. A Administração pública deve desenvolver habilidades específicas, com
destaque para a formação de equipes multidisciplinares.
III. Na proposta do SUAS, é condição fundamental a reciprocidade das ações
da rede de proteção social básica e especial, com centralidade na família.
Q02. FCC, 2019 – PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP.
Está correto o que se afirma em:
a) I, II e III.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) III, apenas.
Q03. VUNESP, 2020 – PREFEITURA DE CANANÉIA/SP. Na Política Nacional de Assistência
Social (PNAS), desenvolvida por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), os
espaços privilegiados onde se efetiva a participação popular são os conselhos e as
conferências. Avaliar a situação da assistência social, definir diretrizes para essa política,
verificar os avanços ocorridos num espaço de tempo determinado é papel das conferências.
Já os conselhos têm como principais atribuições a deliberação e a fiscalização da execução da
política e de seu financiamento. Os conselhos, ainda, disciplinam, acompanham, avaliam e
fiscalizam:
a) Os usuários.
b) As iniciativas privadas.
c) O conselho tutelar.
d) A rede socioassistencial.
e) As políticas setorias.
Q04. FGV, 2018 – PREFEITURA DE NITERÓI/RJ. Uma das atribuições da
Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), no âmbito do
SUAS NITERÓI, é:
a) estabelecer critérios e condicionalidades para acesso aos projetos e
programas ofertados;
b) elaborar diagnósticos, estudos, normas e projetos de interesse da
assistência social;
c) promover atividades participativas e de controle social, estimulando
usuários e familiares;
d) efetuar o pagamento dos auxílios natalidade, funeral e reclusão;
e) buscar estabelecer parcerias público-privadas para executar programas
educacionais.
Q05. VUNESP, 2019 – PREFEITURA DE CERQUILHO/SP. O Sistema Único de
Assistência Social (SUAS) organiza de forma articulada as responsabilidades e a
hierarquia de serviços, benefícios e ações de assistência social. De caráter
permanente ou eventual, e orientados pelo critério da universalidade, tais serviços
são executados por pessoas jurídicas de direito público, em articulação com
iniciativas da sociedade civil. A sua consolidação, como sistema, implica a oferta
contínua e sistemática de uma rede constituída e integrada, com padrões de
atendimento qualificados e pactuados, com planejamento, financiamento e:
a) Equilíbrio.
b) Avaliação.
c) Suplementação.
d) Revisão.
e) Flexibilidade.
Q06. VUNESP, 2019 – SEMAE DE PIRACICABA/SP. O Estado ocupa centralidade na
condução da política pública na medida em que deve garantir o atendimento a quem
dela necessitar, observados os princípios da igualdade de acesso, da transparência
administrativa e da probidade na utilização do recurso. As organizações da sociedade civil
que compõem a rede socioassistencial devem participar do atendimento às demandas,
mas é responsabilidade do Estado estruturar o sistema e resguardar o atendimento às
necessidades sociais. Nessa perspectiva, o sistema se beneficia da experiência
acumulada pelas entidades sociais, mas é preservado, no sentido de garantir que a rede
seja formada com base na inclusão de todos e:
a) Na seletividade dos acessos.
b) Na sua legitimidade técnica.
c) Na ampliação da demanda.
d) Na sua natureza humanitária.
e) No seu caráter público.
Q07. VUNESP, 2020 – EBSERH. A construção do SUAS supõe que o
disciplinamento de sua gestão, sua implantação, efetivação e alcance em todo o
território brasileiro seja um processo que respeite as diferenças dos entes
federativos em cada nível e entre si. São diretrizes estruturantes da gestão do
SUAS, entre outras, a primazia da responsabilidade do Estado na condução da
política de assistência social e a descentralização político-administrativa e o
comando único das ações:
a) dos Conselhos de Assistência Social.
b) pela instância federal.
c) a critério dos gestores locais.
d) em cada esfera de governo.
e) dos órgãos gestores dos Estados.
Q08. VUNESP, 2019 – PREFEITRURA DE DOIS CÓRREGOS/SP. Os riscos pessoais e sociais
decorrem da vivência de situações de violação de direitos humanos, que ameaçam a
integridade física, psíquica e relacional dos indivíduos e das famílias. Os conceitos de
vulnerabilidade social e de risco constituem parâmetros para a organização das proteções no
campo da assistência social, considerando a perspectiva de prevenção e redução de tais
situações. Embora sejam conceitos distintos, a ocorrência da vulnerabilidade está associada
à possibilidade de ocorrência de risco, se não enfrentada a tempo e de forma precisa; já a
vivência das situações de risco pode propiciar novas vulnerabilidades em um processo em
que os indivíduos ou as famílias se tornam mais:
a) Ajustados.
b) Valorizados.
c) Organizados.
d) Fragilizados.
e) Ignorados.
GABARITO
01. 02. 03. 04. 05. 06. 07. 08.
E C D B B E D D
Sucesso em seus 
projetos.
Conte comigo!
Prof. Douglas Gomes

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes