Buscar

COMPLEMENTO SOBRE O PODER DO PERDAO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

COMPLEMENTO SOBRE O PODER DO PERDAO.
Etimologicamente, a palavra “perdão” vem do latim “perdonare” que significa a ação de perdoar, ou seja, aceitar ou pedir desculpas; se redimir em relação a algo de errado. A expressão “pedir perdão” é usada quando alguém reconhece o seu erro e pede desculpas para as pessoas com quem foi injusto.
Na Bíblia, a palavra grega traduzida “perdão” quer dizer, literalmente, “abrir mão, deixar ir embora”. É como se alguém perdoasse uma dívida.
A reconciliação não é algo a ser praticado somente entre nós e Deus, mas também para com nossos irmãos.
Primeiro, o perdão não é um sentimento, é uma decisão e também uma atitude de fé.
Introdução: Existem vários exemplos de perdão na Bíblia, como o de José e seus irmãos, Jacó e Esaú, Davi com Saul, Jesus que também ensinou do Filho pródigo,
O PERDÃO É UMA NECESSIDADE NO RELACIONAMENTO FAMILIAR
O PERDÃO PRODUZ RESTAURAÇÃO NO RELACIONAMENTO FAMILIAR.
QUANTOS CASAMENTOS SÃO DESTRUIDOS POR FALTA DE PERDAO.
QUANTOS FILHOS NÃO CONSEGUEM PERDOA SEUS PAIS.
QUANTOS PAIS NÃO CONSEGUEM PERDOAR SEUS FILHOS.
Perdão Verdadeiro 
O verdadeiro perdão recebe a pessoa que o ofendeu de volta à sua vida (Filemom 10-12).
O verdadeiro perdão reconhece que Deus está agindo mesmo por meio de uma ofensa (Filemom 11, 15, 16).
O verdadeiro perdão libera a pessoa da obrigação para conosco (Filemom 17-19).
O verdadeiro perdão reconhece a obrigação pessoal que devemos aos outros (Filemom 19).
O verdadeiro perdão refresca os outros, exibindo prontidão para perdoar (Filemom 20–21)
NÃO HÁ LIMITE DE VEZES PARA PERDOAR
Certa ocasião, o apóstolo Pedro quis saber o limite de vezes que existe para perdoar alguém. E foi surpreendido pela resposta que Cristo lhe deu:
“Então Pedro, aproximando-se, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete”. (Mateus 18.21,22)
JESUS não só pregava, como praticava o que pregava
De todos os ensinamentos de Jesus, aqueles sobre o perdão TROUXE UM impacto na história do pensamento humano. E Ele não só pregava o perdão como ainda o demonstrava, inclusive para com aqueles que o crucificavam. “Perdoai-os, Pai, porque eles não sabem o que fazem”.
 O perdão pode ser extremamente difícil de viver, mas é essencial para a vida cristã.
JESUS ENSINOU SEUS DISICIPULOS ACERCA DO PERDAO COMO TAMBEM PRATICOU O DOM DE PERDOAR.
Mc 11, 25-26:
“E quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém, para que também vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe os vossos pecados. Mas se não perdoardes, tampouco vosso Pai que está nos céus vos perdoará os vossos pecados”.
Lc 17, 3-4:
“Se teu irmão pecar, repreende-o; se se arrepender, perdoa-lhe. Se pecar sete vezes no dia contra ti e sete vezes no dia vier procurar-te, dizendo: Estou arrependido, perdoar-lhe-ás”.
Lc 23, 34:
“E Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem. Eles dividiram as suas vestes e as sortearam”
Mt 18, 21-22:
“Então Pedro se aproximou dele e disse: Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete”.
Mt 6, 13-15:
“Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofenderam; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará. Mas se não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai vos perdoará”.

Outros materiais