Buscar

O que significam as fases da Interfase? Onde ocorrem as duas principais checagens (Checkpoints)?

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Tarefa de TIC
Nome: Jailton Gomes Monteiro Junior
Tema da Semana: Interfase
Data: 12/08/2023
O que significam as fases da Interfase?
Onde ocorrem as duas principais checagens (Checkpoints)?
Quais as diferenças?
RESPOSTA: 
A interfase é uma importante fase do ciclo celular caracterizada pela ausência da 
divisão celular, nesta fase podemos dizer que a célula se prepara para iniciar a divisão 
celular, nesse momento ira ocorrer o aumento do volume celular bem como das 
organelas presentes ela se subdivide em 3 partes: G1, S e G2.
 G1: também chamada de primeira fase de intervalo, a célula cresce e torna-se 
fisicamente maior, copia organelas, e fabrica os componentes moleculares que 
precisará nas etapas posteriores.
 S: Na fase S, a célula sintetiza uma cópia completa do DNA em seu núcleo. Ela 
também duplica uma estrutura organizadora de microtubulos chamada de 
centrossomo. Os centrossomos ajudam a separar o DNA durante a fase M.
 G2: Durante a segunda fase de intervalo, ou fase G2, a célula cresce mais, 
produz proteínas e organelas, e começa a reorganizar seu conteúdo em 
preparação para a mitose. Esta fase termina com o início da mitose.
O checkpoint G1 ocorre durante a fase G1, o sinal de continuidade nesse ponto 
garante que a célula inicie o ciclo celular. Se a célula não receber o sinal, ela 
permanece em G0. Em casos de danos no DNA, proteínas responsáveis pelo sistema de 
reparo do DNA irão promover a ativação de uma proteína denominada p53. A p53 atua 
como um fator de transcrição (proteína responsável por induzir a expressão de um 
determinado gene), levando à expressão da proteína p21. Esta proteína forma um 
trímero com o complexo ciclina D/cdk4 ou 6, inibindo a atividade quinase da cdk. 
Desta forma, o ciclo celular é interrompido até que o dano possa ser reparado. caso 
não haja recuperação para tal dano existem proteínas que induzem a apoptose celular.
Já no que se refere ao checkpoint G2 ele está ligado aos eventos iniciais da mitose 
levando a uma pausa pré mitótica que funciona como mecanismo para controlar 
possíveis erros de duplicação de acordo com Santos (2011 p. 126) "A passagem da fase 
G2 para a mitose é mediada por um fator promotor de mitose (MPF). Esse fator ativa 
uma quinase dependente de ciclina Cdk) e os mecanismos moleculares associados à 
mitose são iniciados"
REFERÊNCIAS:
1º MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N.; MATHILES, Andréa Leal Affonso. Embriologia 
básica.
2º Thompson & Thompson Genética Médica. 7 ed. Rio de Janeiro
3º Santos L. Biologia e fisiologia celular. Paraíba. Editora ufpb. 2011.

Continue navegando

Outros materiais