Buscar

Hepatite Aguda por Paracetamol


Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Continue navegando


Prévia do material em texto

Marketing Digital 
(Caixa Alta, fonte Arial 14, negrito, centralizado, na cor preta e sem ponto final. Deixar duas linhas em branco após iniciar o título).
Nome Completo
Matrícula
Curso
(Nome por extenso com as iniciais em letras maiúsculas, fonte Arial 11, cor preta, sem negrito ou itálico, e justificado a direita).
TEXTO: Fonte Arial 12, sem negrito ou itálico, alinhamento justificado e na cor preta. Deixar uma linha em branco após o parágrafo do texto. Além de ser digitado em espaçamento simples entre linhas, não deve haver nenhum tipo de espaçamento do tipo “antes e depois”, nem entre parágrafos. Somente serão aceitos textos encaminhados nesta formatação. Salvar o resumo em formato .DOC ou .DOCX. Lembre-se de referenciar devidamente após a escrita!
O que pode ter levado J.P.S a desenvolver hepatite aguda foi o uso indiscriminado de paracetamol em uma dosagem maior que o indicado para uso diário.
Paracetamol é um medicamento hepatotóxico, o que faz com que o remédio atinja diretamente as células do fígado. Outra hipótese, é que  J.P.S apresente hipersensibilidade a esse medicamento.
As atitudes de J.P.S que contribuíram para que ele desenvolvesse uma hepatite aguda seria o uso indiscriminado de paracetamol em uma dosagem maior que o indicado para uso diário, associado ao uso de bebida alcoólica.
A hepatite medicamentosa é causada principalmente pelo uso de anabolizantes, produtos tóxicos utilizados em ambiente industrial e medicamentos como o paracetamol e a nimesulida.  
A automedicação é um problema de saúde publica visto que o uso indiscriminado de medicação pode causar hipersensibilidade e resistência.
O Farmacêutico deveria ter orientado o indivíduo quanto ao uso da medicação, conforme a bula do medicamento: Adultos e crianças acima de 12 anos: A dose máxima é de 4 gramas em um dia.
Ademais, ele deveria ter sugerido que J.P.S procurasse por auxílio médico já que o mesmo relatou que a sinusite é um problema recorrente.
Caso você queira saber mais sobre intoxicação por medicamentos, acesse: brainly.com.br/tarefa/10865069
Os medicamentos são a principal causa de intoxicação no Brasil, segundo 
dados do Sistema Nacional de Informações Tóxicas Farmacológicas (Sinitox), 
da Fundação Oswaldo Cruz, ficando à frente de produtos de limpeza, 
agrotóxicos e alimentos danificados.
Os principais medicamentos utilizados na automedicação são os 
antiinflamatórios e analgésicos, para alívio dos sintomas de dor e febre. Como 
qualquer outro medicamento, no entanto, deve-se atentar aos riscos .
Algumas recomendações para se evitar riscos de intoxicação seriam:
Tomar medicamentos apenas quando necessário, sob uma orientação médica 
e farmacêutica; nunca fazer uso simultâneo de álcool e remédios.
Referencias bibliográficas 
http://blog.saude.mg.gov.br/2020/05uso-racional-de-medicamentos-
riscos-da-automedicacao/
https://www.diariodoaco.com.br/noticia/0024759-dicas-para-evitar-
intoxicacao-por-medicamentos
https://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/255_automedicacao.html
· 
· Gostou desse material? Compartilhe! 🧡
· 
· 
· 
· 
· 
· 
·