Buscar

Avaliação da Força Muscular

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

1 -  Em uma situação de lombociatalgia, o paciente pode apresentar compressão de raiz nervosa com irradiação de dor e perda de força nos membros inferiores.
Pensando em uma hérnia discal que afeta a raiz nervosa entre L5 e S1, o paciente apresentará:
dor lombar, na face posterior da coxa, face posterior de perna e calcanhar; parestesias na borda lateral do pé e nos dois últimos dedos; déficit motor na flexão plantar do pé; diminuição ou Abolição do reflexo calcâneo.
2- dor lombar é frequente em diversas modalidades esportivas, podendo estar relacionada a distintas causas e trazer diferentes impactos na funcionalidade dos atletas. Por isso, avaliar a força muscular de atletas é importante, de modo a identificar precocemente quadros de desequilíbrios musculares que possam estar causando queixas de dor.
Considerando os desequilíbrios musculares e os testes de força muscular da coluna lombar, analise as afirmativas a seguir:
I. O músculo reto abdominal é responsável pelo movimento de extensão da coluna lombar e sua fraqueza impede que o paciente eleve o tronco do solo quando em decúbito ventral.
II. O teste muscular manual está indicado para determinar a extensão dos desequilíbrios musculares na coluna lombar.
III. O déficit no desempenho dos paravertebrais lombares pode resultar em instabilidade, alteração no controle muscular, dor e predisposição à fadiga.
É correto o que se afirma em:
II E III 
3 - 
Para testar a força muscular, é necessário conhecer os músculos pertencentes a cada região e responsáveis por sua respectiva ação. Na região lombar, encontram-se tanto músculos superficiais como músculos profundos que atuam em diferentes movimentos.
Considerando os músculos e suas respectivas funções, relacione as colunas a seguir:
1. Extensores da cervical
2. Flexores da cervical
3. Extensores da lombar
4. Flexores da lombar
( ) Esternocleidomastóideo, longo da cabeça, reto anterior da cabeça, longo do pescoço.
( ) Trapézio, eretores da espinha, multífidos, esplênios da cabeça e do pescoço, e semiespinhais.
( ) Eretores da espinha (espinhal, dorsal longo e íliocostal), multífidos, interespinhais.
( ) Músculos reto abdominal, iliopsoas (psoas maior e ilíaco) psoas menor.
Assinale a ordem correta de preenchimento
 
2, 1, 3, 4.
4- 
A execução adequada dos testes de força relacionam-se com a posição correta da articulação em teste.
Sobre os testes de força muscular da região da coluna cervical e/ou lombar, assinale a alternativa correta.
 
Para testar flexores de cabeça, o paciente deve estar em decúbito dorsal e a resistência do examinador deve ser aplicada na região do osso frontal.
5-Na fisioterapia, os testes de força muscular são muito empregados na avaliação cinético-funcional do paciente. Todavia, para ser válido, o teste de força muscular deve evocar a contração máxima do músculo que está sendo testado.
Pensando no teste manual para se avaliar a força dos músculos da coluna cervical, analise as afirmativas a seguir e julgue-as como verdadeiras (V) ou falsas (F):
I. ( ) O paciente é classificado com força muscular grau 1 se, durante a testagem, só for possível visualizar uma contração, mas sem a realização do movimento de flexão da cabeça.
II. ( ) O paciente classificado com força muscular grau 5 apresenta incapacidade em realizar o movimento solicitado e a contração não é visível.
III. ( ) O paciente classificado com força muscular grau 3 na escala de força apresenta a capacidade de realizar o movimento completo, sem aplicação de resistência do examinador.
IV. ( ) O paciente classificado com força muscular grau 5 consegue realizar o movimento na amplitude completa e contra a resistência do examinador.
Assinale a sequência correta
VFVV

Mais conteúdos dessa disciplina