Buscar

Prévia do material em texto

Paulo Freire foi um educador, filósofo e pedagogo brasileiro, nascido em 1921 e 
falecido em 1997. Ele é reconhecido mundialmente por sua contribuição 
significativa para a pedagogia crítica e a educação popular. Freire é mais 
conhecido por seu método de alfabetização, chamado de "Método Paulo Freire" 
ou "Método Freiriano", que se tornou uma referência fundamental para o 
ensino de adultos em todo o mundo. 
O cerne da abordagem de Freire era a conscientização, um processo pelo qual 
as pessoas adquirem uma compreensão crítica de sua realidade social e, 
consequentemente, se engajam ativamente na transformação dessa realidade. 
Em suas obras mais conhecidas, como "Pedagogia do Oprimido" e "Educação 
como Prática da Liberdade", Freire critica o modelo tradicional de educação 
bancária, no qual o professor deposita conhecimento nos alunos passivamente. 
Em vez disso, ele propõe uma educação dialógica, na qual alunos e professores 
participam de um processo de aprendizagem colaborativo e crítico, onde o 
conhecimento é construído em conjunto. 
Além de sua atuação como educador, Paulo Freire foi também um ativista 
político e social engajado na luta contra a opressão e a favor da justiça social. 
Ele defendia uma educação que não apenas transmitisse conhecimento, mas 
também capacitasse os alunos a compreenderem e transformarem suas 
realidades, lutando por uma sociedade mais igualitária e democrática. 
A influência de Paulo Freire transcendeu as fronteiras do Brasil e teve um 
impacto significativo em diversas áreas do conhecimento, incluindo a educação, 
a sociologia, a filosofia e os estudos culturais. Seu trabalho continua sendo 
objeto de estudo e inspiração para educadores e ativistas em todo o mundo 
que compartilham de sua visão de uma educação libertadora e transformadora.

Mais conteúdos dessa disciplina