A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
850 pág.
Quadro Comparativo dos Projetos do CPC 1973 e 2015

Pré-visualização | Página 22 de 50

a indenização de viagem, diária 
de testemunha e remuneração do 
assistente técnico. 
 
Art. 86. As despesas abrangem não só 
as custas dos atos do processo, como 
também a indenização de viagem, a 
remuneração do assistente técnico e a 
diária de testemunha. 
 
Art. 84. As despesas abrangem as custas 
dos atos do processo, a indenização de 
viagem, a remuneração do assistente 
técnico e a diária de testemunha. 
 
Art. 84. As despesas abrangem as custas 
dos atos do processo, a indenização de 
viagem, a remuneração do assistente 
técnico e a diária de testemunha. 
Quadro comparativo do Código de Processo Civil 
Projeto de Lei do Senado nº 166, de 2010 (nº 8.046, de 2010, na Câmara dos Deputados) 
Obs.: A comparação tem como base a última coluna (Texto Consolidado). 
 
Elaborado pelo Serviço de Redação da Secretaria-Geral da Mesa do Senado Federal. • (Elaboração: 16.12.2014 – 20:39) • (Última atualização: 16.12.2014 – 20:39) 
54
Legislação 
Projeto de Lei do Senado nº 166, de 
2010 
(texto aprovado pelo Senado Federal) 
Substitutivo da Câmara dos 
Deputados 
 (nº 8.046, de 2010, na Câmara dos 
Deputados) 
Texto Consolidado 
com os ajustes promovidos pela 
Comissão Temporária do Código de 
Processo Civil 
Art. 20. A sentença condenará o vencido 
a pagar ao vencedor as despesas que 
antecipou e os honorários advocatícios. 
Esta verba honorária será devida, 
também, nos casos em que o advogado 
funcionar em causa própria. 
Art. 87. A sentença condenará o vencido 
a pagar honorários ao advogado do 
vencedor. 
Art. 85. A sentença condenará o vencido 
a pagar honorários ao advogado do 
vencedor. 
Art. 85. A sentença condenará o vencido 
a pagar honorários ao advogado do 
vencedor. 
§ 1º O juiz, ao decidir qualquer incidente 
ou recurso, condenará nas despesas o 
vencido. 
 
Art. 34. Aplicam-se à reconvenção, à 
oposição, à ação declaratória incidental e 
aos procedimentos de jurisdição 
voluntária, no que couber, as disposições 
constantes desta seção. 
§ 1º A verba honorária de que trata o 
caput será devida também no pedido 
contraposto, no cumprimento de 
sentença, na execução resistida ou não e 
nos recursos interpostos, 
cumulativamente. 
§ 1º São devidos honorários advocatícios 
na reconvenção, no cumprimento de 
sentença, na execução, resistida ou não, 
e nos recursos interpostos, 
cumulativamente. 
§ 1º São devidos honorários advocatícios 
na reconvenção, no cumprimento de 
sentença, provisório ou definitivo, na 
execução, resistida ou não, e nos 
recursos interpostos, cumulativamente. 
Art. 20. 
§ 3º Os honorários serão fixados entre o 
mínimo de dez por cento (10%) e o 
máximo de vinte por cento (20%) sobre 
o valor da condenação, atendidos: 
§ 2º Os honorários serão fixados entre o 
mínimo de dez e o máximo de vinte por 
cento sobre o valor da condenação, do 
proveito, do benefício ou da vantagem 
econômica obtidos, conforme o caso, 
atendidos: 
§ 2º Os honorários serão fixados entre o 
mínimo de dez e o máximo de vinte por 
cento sobre o valor da condenação, do 
proveito econômico obtido ou, não 
sendo possível mensurá-lo, sobre o valor 
atualizado da causa, atendidos: 
§ 2º Os honorários serão fixados entre o 
mínimo de dez e o máximo de vinte por 
cento sobre o valor da condenação, do 
proveito econômico obtido ou, não 
sendo possível mensurá-lo, sobre o valor 
atualizado da causa, atendidos: 
a) o grau de zelo do profissional; I – o grau de zelo do profissional; I - o grau de zelo do profissional; I - o grau de zelo do profissional; 
b) o lugar de prestação do serviço; II – o lugar de prestação do serviço; II - o lugar de prestação do serviço; II - o lugar de prestação do serviço; 
c) a natureza e importância da causa, o 
trabalho realizado pelo advogado e o 
tempo exigido para o seu serviço. 
III – a natureza e a importância da causa; III - a natureza e a importância da causa; III - a natureza e a importância da causa; 
IV – o trabalho realizado pelo advogado 
e o tempo exigido para o seu serviço. 
IV - o trabalho realizado pelo advogado 
e o tempo exigido para o seu serviço. 
IV - o trabalho realizado pelo advogado 
e o tempo exigido para o seu serviço. 
 
§ 3º Nas causas em que a Fazenda § 3º Nas causas em que a Fazenda § 3º Nas causas em que a Fazenda 
Quadro comparativo do Código de Processo Civil 
Projeto de Lei do Senado nº 166, de 2010 (nº 8.046, de 2010, na Câmara dos Deputados) 
Obs.: A comparação tem como base a última coluna (Texto Consolidado). 
 
Elaborado pelo Serviço de Redação da Secretaria-Geral da Mesa do Senado Federal. • (Elaboração: 16.12.2014 – 20:39) • (Última atualização: 16.12.2014 – 20:39) 
55
Legislação 
Projeto de Lei do Senado nº 166, de 
2010 
(texto aprovado pelo Senado Federal) 
Substitutivo da Câmara dos 
Deputados 
 (nº 8.046, de 2010, na Câmara dos 
Deputados) 
Texto Consolidado 
com os ajustes promovidos pela 
Comissão Temporária do Código de 
Processo Civil 
Pública for parte, os honorários serão 
fixados dentro seguintes percentuais, 
observando os referenciais do § 2º: 
Pública for parte, a fixação dos 
honorários observará os critérios 
estabelecidos nos incisos I a IV do § 2º e 
os seguintes percentuais: 
Pública for parte, a fixação dos 
honorários observará os critérios 
estabelecidos nos incisos I a IV do § 2º e 
os seguintes percentuais: 
 
I – mínimo de dez e máximo de vinte 
por cento nas ações de até duzentos 
salários mínimos; 
I – mínimo de dez e máximo de vinte 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido até 
duzentos salários mínimos; 
I – mínimo de dez e máximo de vinte 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido até 
duzentos salários mínimos; 
 
II – mínimo de oito e máximo de dez por 
cento nas ações acima de duzentos até 
dois mil salários mínimos; 
II – mínimo de oito e máximo de dez por 
cento sobre o valor da condenação ou do 
proveito econômico obtido acima de 
duzentos salários mínimos até dois mil 
salários mínimos; 
II – mínimo de oito e máximo de dez por 
cento sobre o valor da condenação ou do 
proveito econômico obtido acima de 
duzentos salários mínimos até dois mil 
salários mínimos; 
 
III – mínimo de cinco e máximo de oito 
por cento nas ações acima de dois mil 
até vinte mil salários mínimos; 
III – mínimo de cinco e máximo de oito 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido acima 
de dois mil salários mínimos até vinte 
mil salários mínimos; 
III – mínimo de cinco e máximo de oito 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido acima 
de dois mil salários mínimos até vinte 
mil salários mínimos; 
 
IV – mínimo de três e máximo de cinco 
por cento nas ações acima de vinte mil 
até cem mil salários mínimos; 
IV – mínimo de três e máximo de cinco 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido acima 
de vinte mil salários mínimos até cem 
mil salários mínimos; 
IV – mínimo de três e máximo de cinco 
por cento sobre o valor da condenação 
ou do proveito econômico obtido acima 
de vinte mil salários mínimos até cem 
mil salários mínimos; 
 
V – mínimo de um e máximo de três por 
cento nas ações acima de cem mil 
salários mínimos. 
V – mínimo de um e máximo de três por 
cento sobre o valor da condenação ou do 
proveito econômico obtido acima de 
cem mil salários mínimos. 
V – mínimo de um e máximo de três por 
cento sobre o valor da condenação ou do 
proveito econômico obtido acima de 
cem mil salários mínimos. 
 § 4º Em qualquer das hipóteses do § 3º: § 4º Em qualquer das hipóteses do § 3º: 
Quadro comparativo do Código de Processo Civil 
Projeto de Lei do Senado nº 166, de 2010 (nº 8.046, de 2010, na Câmara