A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
Aula_01

Pré-visualização | Página 1 de 1

Metodologia Científica
Caroline Petian
Aula 1
O Conhecimento Científico
Conhecimento como processo inacabado e em constante transformação.
O homem transforma o mundo da mesma forma que é transformado.
A ciência é uma das formas de conhecimento.
2
© Olivier Le Queinec | Dreamstime.com
O Conhecimento Científico
Ciência e exclusividade / ciência para poucos.
A ciência carrega uma dinâmica reveladora.
 
Confiabilidade da ciência e avaliação por pares.
Estado da arte.
3
O Conhecimento Científico
Na Idade Média, diversos detentores de “conhecimentos”, não aceitos pelo status quo, foram considerados hereges ou feiticeiros e pereceram em masmorras ou fogueiras.
Interferência religiosa. 
4
© Alexmillos | Dreamstime.com
Galileu Galilei
Um exemplo dessa interferência foi o caso do físico e astrônomo italiano Galileu Galilei (Pisa 1564 – Arcetri 1642).
Foi preso, torturado e condenado pela Inquisição a negar suas descobertas científicas e a ler em voz alta e em público um manuscrito que o condenava.
5
Contestando os dogmas da Igreja acerca da filosofia natural, fundamentalmente assentes na autoridade indiscutível de Aristóteles, Galileu  pretendia investigar a Natureza diretamente, com base nos dados fornecidos pelos sentidos, isto é,  na observação e  na experiência empírica. 
6
ID:19443761
Galileu Galilei
© Georgios Kollidas | Dreamstime.com
Considerava que, para observar a Natureza, era necessário conhecer a língua em que estava escrito o "Grande Livro do Mundo": a Matemática. 
Para Galileu, a matemática era como um instrumento de obtenção de certeza superior à própria lógica. Defendia que se deve medir tudo o que pode ser medido e tornar mensurável o que não pode ser medido.
7
Vídeo
Conhecimento
8
O Conhecimento Científico
Pós-modernidade, construtivismo social ou relativismo
Defensores alegam não haver critérios objetivos para decidir a respeito do valor das teorias.
9
O Conhecimento Científico
Thomas Kuhn (1922-1996) - substituição de uma teoria científica por outra.
As teorias são deixadas de lado por não serem capazes de resolver suas “anomalias”.
10
O Conhecimento Científico
O relativismo radical afirma que se os fatos são estabelecidos pelas teorias e estas são de livre escolha dos cientistas, então não há critérios lógicos ou racionais para decidir 
acerca da validade das teorias, 
todas têm o mesmo valor.
11
© Natis76 | Dreamstime.com
O Conhecimento Científico
A escolha da teoria está condicionada pelas crenças dos pesquisadores.
 As teorias defendidas em uma época são deixadas de lado em outra.
12
O Conhecimento Científico
Uma teoria é composta por um conjunto organizado de argumentos, alguns são mais centrais, os ditos fundamentais, sobre os quais os demais se sustentam. 
Por isso, não há como contraditar teorias, mas se pode contradizer os seus argumentos, especialmente os fundamentais. É o problema da validação.
13
Princípios organizadores dos 
raciocínios ou argumentos
Princípio da identidade, o qual requer que o sujeito acusado de um ato seja perfeitamente identificável.
Princípio da não contradição. Esse princípio aplica-se nas definições formalizadas ou lógicas que são diferentes das argumentações acerca do que se faz ou das práticas sociais, como as que se dão no âmbito da ética (política). 
14
Princípios organizadores dos 
raciocínios ou argumentos
Princípio do terceiro excluído - determina que apenas duas qualidades podem ser atribuídas ao sujeito da proposição, não há uma terceira em disputa.
15
Situações sociais e suas técnicas 
para estabelecer o verossímil
Situação dialética é um debate que pode se dar entre duas pessoas, por um tempo extenso, ou mesmo por uma pessoa quando pensa os prós e os contras a respeito de algum problema, é a que predomina na produção de conhecimentos científicos. 
16
Situações sociais e suas técnicas 
para estabelecer o verossímil
Situação retórica, que é a contraparte da dialética, requer técnicas que têm por objetivo persuadir ou convencer um público amplo, em um tempo curto, a adotar os posicionamentos apresentados pelo orador, os quais serão admitidos ou não pelo auditório que é o juiz do que dizem os oradores.
17
Situações sociais e suas técnicas para estabelecer o verossímil
Situação de exposição (didascália) tem por objetivo apresentar o considerado conhecimento confiável aos que precisam ou querem aprendê-lo; logo, é uma comunicação unilateral, os aprendizes não estão autorizados a decidir a respeito do exposto.
18
Conhecimento científico e Senso comum
Senso comum se manifesta através das crenças do povo. 
É um saber não sistematizado mas muito útil para guiar o homem na sua vida cotidiana.
19
© Andres Rodriguez | Dreamstime.com
20
Conhecimento científico e Senso comum
Música: Daquilo que eu Sei
Autor: Ivan Lins
Daquilo que eu sei
Nem tudo me deu clareza
Nem tudo foi permitido
Nem tudo me deu certeza...
 
Daquilo que eu sei
Nem tudo foi proibido
Nem tudo me foi possível
Nem tudo foi concebido...
Não fechei os olhos
Não tapei os ouvidos
Cheirei, toquei, provei
Ah Eu!
Usei todos os sentidos
Só não lavei as mãos
E é por isso que eu me sinto
Cada vez mais limpo!
Cada vez mais limpo!
Cada vez mais limpo!
Para saber mais
ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas Ciências Naturais e Sociais. São Paulo: Pioneira, 1998 (1ª Edição).
GOULD, S. J. A falsa medida do homem. Tradução: Valter Lellis Siqueira. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
21
Metodologia Científica
Caroline Petian
Atividade 1
A construção do conhecimento científico caracteriza-se quando:
a pesquisa procura construir resultados práticos;
a pesquisa só pode ser considerada científica quando procura conhecimento que se refere às observações empíricas;
a ciência procura construir um modelo inteligível, simples, preciso, verificável e eficaz da realidade;
a ciência procura construir um modelo inteligível, complexo, preciso, definitivo e aplicável à realidade;
a pesquisa só pode ser considerada científica quando busca conhecimento que se refere a teorias preexistentes.
23