Contrarrazões, desentranhamento, trânsito em julgado e ação rescisória
1 pág.

Contrarrazões, desentranhamento, trânsito em julgado e ação rescisória


DisciplinaPrincípio do Devido Processo Legal5 materiais133 seguidores
Pré-visualização1 página
Contrarrazões
Contrarrazões é a resposta ofertada pela parte contrária àquele que interpôs recurso. Visa combater as 
alegações invocadas pela outra parte, com a apresentação de novos argumentos que fundamentam sua 
defesa. A contrarrazões é a oportunidade de a parte contrária responder às alegações interpostas no 
recurso, buscando o indeferimento do recurso, uma contestação ao recurso. A resposta ofertada pela parte 
contrária àquela que interpôs recurso.
Desentranhamento
Ato ou fato de desentranhar dos autos, retirar dos autos, extrair, com autorização do juiz, peça ou 
documento a requerimento da parte a quem pertença, ou da parte adversa, quando esta permitir.
Trânsito em julgado
Trânsito em julgado é uma expressão usada para uma decisão judicial da qual não se pode recorrer, seja 
porque já passou por todos os recursos possíveis, seja porque o prazo de recorrer terminou ou por acordo 
homologado por sentença entre as partes. Daí em diante a obrigação se torna irrecorrível e certa. O trânsito 
em julgado caracteriza coisa julgada formal.
Ação rescisória
A ação rescisória é uma ação autônoma, ou remédio, que tem por objetivo desfazer os efeitos de sentença já 
transitada em julgado, ou seja, da qual já não cabia recurso, tendo em vista vício existente na sentença, 
tornando-a anulável. Tem natureza desconstitutiva, ou seja, tirar os efeitos de uma decisão que está em 
vigor, ou, para alguns autores, declaratória de nulidade de sentença, ou seja, reconhecer que a sentença não 
pode gerar efeitos por possuir vícios.
Contrarrazões, desentranhamento, trânsito em julgado e 
ação rescisória
sábado, 16 de abril de 2016 01:24
 Página 1 de faculdade