A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
Slides_5 [Modo de Compatibilidade]

Pré-visualização | Página 3 de 3

financeiros
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
A idéia sobre como fatores financeiros podem exercer
influência sobre a taxa de câmbio pode ser mais bem entendida a
partir da denominada condição de paridade de juros.
Essa condição, em versão mais simples, diz que, num mundo
com livre mobilidade financeira, sem expectativa de desvalorização
cambial e sem risco, os movimentos de capitais financeiros irão
ocorrer enquanto houver diferencial de taxas de juros entre países.
Logo, o capital irá se movimentar para o país que oferece
maiores taxas de juros em suas aplicações financeiras; e o
movimento de capitais em direção a este país irá cessar quando a
taxa de juros local se igualar às taxas de juros dos demais países.
5.4 Taxa de Câmbio e Regimes Cambiais
5.4.3 Taxa de câmbio: fatores financeiros
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
5.4 Taxa de Câmbio e Regimes Cambiais
5.4.3 Taxa de câmbio: fatores financeiros
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
5.4 Taxa de Câmbio e Regimes Cambiais
5.4.4 A Paridade do Poder de Compra
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
A abordagem da paridade do poder de compra baseia-se na
idéia de que, na ausência de custos de transportes, de informação e
outros custos de transação, os preços tendem, com o decorrer do
tempo, a se igualar em diferentes mercados.tempo, a se igualar em diferentes mercados.
“Lei do preço único”
P = e . P*
A taxa de câmbio e que garante a igualdade proposta é
denominada de taxa de câmbio de equilíbrio de longo prazo,
também denominada de “taxa PPP”.
5.5 Ajustando o Balanço de Pagamentos
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
Existem inúmeros instrumentos para o ajuste do 
balanço de pagamentos de um país, dentre os quais 
os mais importantes são:
i. Desvalorização cambiali. Desvalorização cambial
ii. Elevação das tarifas de importação
iii. Estabelecimento de cotas de importação
iv. Concessão de subsídios às exportações
v. Imposição de restrições à saída de capitais e à 
remessa de recursos ao exterior
vi. Redução no nível de atividade da economia
vii. Elevação da taxa interna de juros
5.6 O Balanço de Pagamentos no Brasil
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos
A estrutura do balanço de pagamentos apresentada
anteriormente é apenas uma referência didática.
Apresentamos a seguir a estrutura do balanço de
pagamentos do Brasil com as alterações adotadas a
partir de 2001.
Dentre as alterações realizadas, destaca-se a inclusão
dos antigos itens operações de regularização e
atrasados no saldo total do balanço de pagamentos.
Capa
da Obra
Capítulo V
O Balanço de Pagamentos