A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
RESUMO COMPLETO PARA PROVA, VAMOS ESTUDAR

Pré-visualização | Página 1 de 2

As CÉLULAS possuem 3 regiões: Membrana, Citoplasma e Núcleo. A célula é a unidade básica da estrutura e função de todos os seres vivos. Todos os seres vivos, independentemente da sua complexidade são constituídos por células. Nas células ocorrem reações químicas necessárias à manutenção da vida. Todas as células são geradas a partir de células preexistentes, através de divisão celular (mitose ou meiose). A célula é a unidade hereditária de todos os seres vivos, transmitindo as informações entre as gerações, pelo processo de divisão celular, permitindo a continuidade das espécies. Transporte - As diversas substâncias que devem ser transportadas através da membrana o fazem basicamente por: OSMOSE - DIFUSÃO SIMPLES - TRANSPORTE ATIVO Citoplasma - Componente gelatinoso da célula, tendo como substância fundamental o citosol ou hialoplasma constituído por 90% de água, vários íons e moléculas orgânicas (aminoácidos, ácidos graxos, nucleotídeos e proteínas). Organelas - São os órgãos das células que realizam funções vitais para a célula, abordaremos a seguir as principais: Retículo endoplasmático (Retículo endoplasmático rugoso, Retículo endoplasmático liso) Ribossomo, Mitocôndrias, Complexo de Golgi e Lisossomo. Núcleo - Local onde se encontram o material genético responsável por toda atividade celular, e ele possui algumas estruturas importantes: Nucléolo local de fabrição do RNA (ácidoriboxinucleico). E DNA: programa genético da célula, contido nos cromossomos da célula. O RNA contém as informações genéticas que podem deixar o núcleo em direção ao citoplasma, para que sejam processadas pelas organelas, pois o DNA não pode deixar o núcleo. REPRODUÇÃO CELULAR Mitose - Processo de reprodução celular que assegura a transferência da informação genética dos cromossomos à célula que se originará. (Prófase, Metáfase, Náfase e Telófase). Meiose - Duas divisões sucessivas mitóticas em que há redução para metade do número de cromossomos. Exemplo: a fecundação do óvulo pelo espermatozóide, formando uma nova célula com características tanto do gameta masculino quanto do gameta feminino. ANATOMIA HUMANA BÁSICA POSIÇÃO ANATÔMICA - Por questões de padronização para descrição das peças anatômicas, para relatos de pesquisas, dentre outros objetivos, foi convencionada a posição anatômica, na qual o indivíduo está em pé com a face voltada para frente, olhar para o horizonte, membros superiores estendidos, com as palmas das mãos voltadas para frente, membros inferiores unidos, com a ponta dos pés orientadas para frente. PLANOS DE DELIMITAÇÃO E SECÇÃO DO CORPO HUMANO - O corpo humano pode ser dividido em planos a partir da posição anatômica: (Plano frontal: estende-se longitudinalmente, divide o corpo em um plano ventral ou anterior e um plano dorsal ou posterior.)(Plano sagital: estende-se verticalmente ao longo do corpo, divide o corpo em um plano lateral direito e um plano lateral esquerdo.)(Plano transversal: estende-se horizontalmente, divide o corpo em um plano cranial ou superior e um plano podálico ou inferior.) EIXOS DO CORPO HUMANO - O corpo humano é cruzado por eixo imaginários que orientam os movimentos corporais, eles cruzam perpendicularmente os planos. (Eixo Sagital: anteroposterior, cruzando o plano frontal.)(Eixo longitudinal: craniocaudal, cruzando o plano transversal.)(Eixo transversal: laterolateral, cruzando o plano sagital.) TERMOS DE POSIÇÃO E DIREÇÃO - Ainda na busca por padronização para relatos envolvendo a anatomia, alguns termos foram criados para facilitar o estudo e a descrição corporal. Plano mediano: plano de secção imaginário que divide o corpo em metades direita e esquerda; Linha mediana: Medial: Lateral: Intermédio: Palmar: Plantar: Superficial: Profundo: Interno: Externo: Proximal: Distal: Superior: Inferior: Ventral: Dorsal: Cranial: Caudal: SISTEMA ESQUELÉTICO - CONCEITO DE SISTEMA ESQUELÉTICO O sistema esquelético é formado por ossos e cartilagens. Aproximadamente 206 ossos consistem o sistema esquelético. Ossos, Ele é composto por vários tecidos: Tecido ósseo, Tecido cartilaginoso, Tecido conjuntivo denso, Tecido epitelial, Tecido adiposo, Tecido nervoso e Tecidos formadores de sangue. Células ósseas (Células osteogênicas, Osteoblastos, Osteócitos, Osteoclastos, Células de revestimento ósseo). A maioria dos ossos contém tecidos compacto e esponjoso. Já a cartilagem é uma forma elástica de tecido conectivo semirrígido e não possui vascularização, sendo que a obtenção de oxigênio e nutrientes é realizada por difusão. FUNÇÕES DO SISTEMA ESQUELÉTICO: Sustentação do organismo (apoio para o corpo) ;Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões, cérebro); Base mecânica para o movimento Armazenamento de sais (cálcio, por exemplo); Hematopoiética (suprimento contínuo de células sangüíneas novas). DIVISÃO DO ESQUELETO: O esqueleto humano é divido em axial e apendicular. Esqueleto axial: ossos da cabeça, pescoço e tronco (eixo do corpo) (Crânio; Ossículos da audição; Osso hioide “caixa da voz”; Coluna vertebral; Caixa torácica; Esqueleto apendicular: ossos dos membros superiores e inferiores. (Cíngulo do membro superior; Membros superiores; Cíngulo do membro inferior; Membro inferior.) CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS: Ossos Longos; Ossos curtos; Ossos planos (laminares); Ossos Alongados; Ossos pneumáticos; Ossos Irregulares; Ossos Sesamóides; Ossos Suturais ESTRUTURAS ÓSSEAS DO ESQUELETO AXIAL: CABEÇA; FACE EXTERNA; COLUNA VERTEBRAL; TÓRAX; ESTERNO. ESQUELETO APENDICULAR: O esqueleto apendicular é composto pelos membros superiores e membros inferiores. MEMBROS SUPERIORES: Os membros superiores podem ser divididos em 4 partes: Cintura escapular, Braço, Antebraço e Mão CINTURA ESCAPULAR: A cintura escapular é formada pelo osso da escápula e clavícula, unindo o membro superior ao tronco. CINTURA PÉLVICA: A cintura pélvica é formada pelos ossos do quadril, pela fusão do ílio, ísquio e púbis. SISTEMA ARTICULAR Os ossos “unem-se“ entre si para constituir o esqueleto, tendo como objetivo maior das articulações conferir aos ossos movimentos levados pela ação muscular. CLASSIFICAÇÃO DAS ARTICULAÇÕES São vários os critérios adotados para se classificar as articulações do esqueleto. Uma maneira seria considerar o tipo de tecido interposto entre os ossos articulares. (Articulação fibrosa; Articulação cartilaginosa e Articulação sinovial.) CARTILAGÍNEAS: Nestas articulações, os ossos são interligados através de cartilagem hialina ou fibrosa. Em consequência disto classificamos as junturas cartilagíneas. SISTEMA MUSCULAR: DEFINIÇÃO: Os músculos são estruturas individualizadas que cruzam uma ou mais articulações e pela sua contração são capazes de transmitir-lhes movimento, através de células especializadas chamadas fibras musculares, cuja energia latente é ou pode ser controlada pelo sistema nervoso. São capazes de transformar energia química em energia mecânica. FUNÇÕES DOS MÚSCULOS: Dentre as principais funções dos músculos temos: Produção dos movimentos corporais. Estabilização das posições corporais. Regulação do volume dos órgãos. Movimento de substâncias dentro do corpo. Produção de calor. TIPOS DE MÚSCULOS Existem três tipos de músculos no nosso sistema muscular. Músculos Estriados Esqueléticos: Contraem-se por influência da nossa vontade, ou seja, são voluntários (ex. bíceps braquial). Músculo Estriado-cardíaco: Contração forte, rápida, rítmica e involuntária (ex. contração do coração). Músculo Liso: Possuem contração fraca, lenta e involuntária (ex. intestinos, ureteres, bexiga). CLASSIFICAÇÃO DOS MUSCÚLOS: Quanto a situação (Superficiais ou Cutâneos e Profundos ou subaponeuróticos) Quanto à forma (Longos, Curtos e Largos) Quanto à disposição das fibras (Reto, Transverso e Oblíquo) Quanto a Origem e Inserção: Quando se originam de mais de um tendão. Ex. Bíceps, Quadríceps. Quanto a função: (Agonistas, Antagonistas, Sinergistas e Fixadores) Quanto a Nomenclatura: Ação: Extensor dos dedos. Ação Associada à Forma: Pronador redondo e pronador quadrado, Ação Associada à Localização: Flexor superficial dos